Mulher acusa 4 jogadores do Vitória de estupro dentro do hotel Bourbon | Fábio Campana

Mulher acusa 4 jogadores do Vitória de estupro dentro do hotel Bourbon

De Denise Mello, Elizangela Jubanski e Antonio Nascimento, Banda B:

Uma mulher de 44 anos acusa quatro jogadores do time do Vitória de estupro. Chorando muito, a mulher se jogou em frente a um carro na Rua Cruz Machado, em frente ao Hotel Bourbon, no centro de Curitiba, por volta das 6h30 desta segunda-feira (30), para pedir socorro. Ela disse ao motorista que havia sido violentada pelo grupo de jogadores dentro do quarto do hotel. A delegação do Vitória venceu o time do Atlético-PR neste domingo por 5 a 3, e está hospedada neste hotel. A polícia foi chamada e a mulher disse que não sabe os nomes dos quatro jogadores.

A suposta vítima diz que estava em uma boate na rua Coronel Dulcídio, com os jogadores. De lá, o grupo foi de táxi até o hotel, na madrugada desta segunda-feira. A mulher diz que estava acompanhada de uma amiga, que seria namorada de um dos jogadores do Vitória. O casal foi para um dos quartos e ela teria ido até o bar do hotel com os pais da jovem. De lá seguiu para o quarto com quatro atletas. No quarto, segundo a mulher, teria acontecido o estupro. “Eles me estupraram. Ficavam revezando. Um saía do quarto e outro entrava”, disse a mulher na Banda B, chorando muito. “Tinha uns seguranças com eles. No quarto, fiquei com os quatro desde as 4 horas da manhã. Não sei o nome de ninguém. Quando vi que não tinha ninguém na porta, consegui fugir”.

Com o cartão do quarto de hotel nas mãos, a mulher diz que correu para a rua e pediu socorro para o motorista Hamilton Carvalho, que passava em frente a caminho do trabalho. “Ela se jogou na frente do meu carro. Perguntei se estava louca e ela falou que tinha sido estuprada pelos jogadores do Vitória. Daí vi que era sério. Ela chorava muito e mostrou um hematoma no peito. Quando vi o cartão do hotel na mão dela fui até o Bourbon ver o que estava acontecendo”, contou o motorista.

Segundo Hamilton, que trabalha como mensageiro, a direção do hotel chamou um representante da equipe baiana. “O representante do Vitória disse que era normal, que prostitutas entravam nos quartos e não havia nada a fazer. Fiquei muito revoltado e chamei a polícia. A viatura chegou rápido”, contou.

Policiais militares estão conversando com jogadores e dirigentes do Vitória neste momento. Ninguém do clube ou do hotel quis gravar entrevista. A direção do Bourbon apenas informou que a suposta vítima e uma amiga se hospedaram no hotel às 2 horas desta segunda-feira, pagaram R$ 300 com cartão de débito, e fizeram o check-out (saída) às 5 horas.

A mulher deve ser encaminhada para exames no Instituto Médico Legal. O caso deve ser investigado pela Delegacia da Mulher.


11 comentários

  1. JAMES
    segunda-feira, 30 de setembro de 2013 – 9:31 hs

    Da frente do BURBON se jogar na CRUZ MACHADO não é fácil

  2. PAULO MATTOS
    segunda-feira, 30 de setembro de 2013 – 9:32 hs

    MARIA CHUTEIRA.

  3. tadeu rocha
    segunda-feira, 30 de setembro de 2013 – 9:36 hs

    SÓ PORQUE PERDEU AGORA ESTAO ACHANDO COISas PARA O JOGO SER CANCELADO JA ERA, OLHE COXA QUE TIME PODRE QUE PRESIDENTE LLLLLLLL , TOMARA QUE SE TECNICO TIRE TODOS ESSAS FERIDAS , K9 DEIVED ENFIM VAI SER DIFICIL PARA ESSES TECNICO PORQUE SÓ TEM FERIDA, SALVA ALGUNS. BEM POUCO

  4. Anônimo
    segunda-feira, 30 de setembro de 2013 – 9:47 hs

    MARIA chuteira bêbada

  5. PÉ VERMEIO
    segunda-feira, 30 de setembro de 2013 – 10:07 hs

    MARCHA DAS VADIAS
    Isto é reflexo da pregação da marcha das vadias, ou seja, tudo santas.
    A mulher está numa boate com jogadores de futebol no batel. Aceita ir com eles pro hotel borboun, uma é namorada, a outra acompanhante vai pro quarto com 4 jogadores, e nem sabia o que iria fazer lá. Provavelmente não pagaram (lembra do caso Ronaldo?) e aí ela sai desesperada, jurando vingança, “vcs me pagam, vou ‘f… ‘ com vcs, me aguardem”.

    Ninguem tem o direito de estuprar ninguem, por mais “santa do pau oco seja”, mas tbém ninguem pode sair procurando minutos de fama e prazer e depois desdizer, se fazer de pura e imaculada.

  6. Street
    segunda-feira, 30 de setembro de 2013 – 10:37 hs

    Haaaaa santinha ela hein!!!, com certeza não pagaram o preço que ela pediu, e ai fez todo esse barraco, 44 anos de madrugada em uma boate???? gente buena!!!

  7. RISADINHA
    segunda-feira, 30 de setembro de 2013 – 12:00 hs

    Faltou um. Tinham que ser 5 igual aos gols. A mulher vai ao quarto com 4 caras e acha que era para jogar baralho. Deve estar brava porque não pagaram.

  8. toninho
    segunda-feira, 30 de setembro de 2013 – 12:39 hs

    Fabio, busque mais informações a respeito desse assunto que está muito mal postado. Que tipo de mulher é uma dessas, que sobe para transar com alguém e os pais ficam no bar bebendo? E a outra que foi estuprada e não sabe por quem e nem em qual andar. Que história maluca e fácil de denegrir imagem de pessoas. Esse pessoal da Banda B deve esclarecer a notícia. É muita irresponsabilidade.

  9. segunda-feira, 30 de setembro de 2013 – 16:17 hs

    Mais uma, TADINHAAAA

    Tem de levar essa santinha inocente a um templo muçulmano para ser benzida é SANTA e MARTIR. kkkkkkkkkkk

  10. zezinho
    segunda-feira, 30 de setembro de 2013 – 22:45 hs

    Essa notícia está deturpada…A vítima do estupro foi o atlético na vila capanema mas os jogadores do vitória dizem que foi com o consentimento da defesa rubro negra…Só o ex-coxa Airton executou vezes…william , dinei e Renato Cajá são os outros acusados…

  11. Frida
    terça-feira, 1 de outubro de 2013 – 13:18 hs

    Tadinha da inocente, vai no quarto de jogadores e quer ser pedida em namoro antes … rs.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*