Léo de Almeida Neves renuncia a vice no PDT | Fábio Campana

Léo de Almeida Neves renuncia a vice no PDT

Duas baixas na executiva do PDT de Curitiba. O ex-deputado Léo de Almeida Neves renunciou ao cargo de vice-presidente e Sylvio Sebastiani também pediu para sair. Almeida Neves disse que sua decisão e em caráter irrevogável. Entre os motivos está a exclusão de Nardi Casanova da Secretaria Executiva da sigla e da própria comissão provisória municipal, sem que ele fosse consultado ou comunicado.


7 comentários

  1. Maria Tereza Cunha
    sexta-feira, 27 de setembro de 2013 – 11:13 hs

    Mais uma digna atitude do Dr Léo de Almeida Neves, pois não decepcionou ” a companheirada ” que prima por exercitar seus
    valores humanitários e partidários, em uma lida que respeita o
    ” D ” do PARTIDO DEMOCRÁTICO TRABALHISTA !

  2. Itamar Mitcheko
    sexta-feira, 27 de setembro de 2013 – 11:15 hs

    NINGUEM MAIS AGUENTAVA AQUELES CARAS DE LENÇO VERMELHO E BOMBACHA FALANDO DE BRIZOLA E GETULIO DURANTE HORAS.

    É UM TÉDIO.

    COVERSA PARA PSICOLOGO SOBRE O CHAMADO ETERNO RETORNO.

    CHAMEM UM PADRE PARA BENZER O PARTIDO.

  3. lucasfernandes
    sexta-feira, 27 de setembro de 2013 – 11:21 hs

    Na opinião o Grande Léo de Almeida Neves nunca deveria ter ido para PDT,partido este bem diferente do tempo de Brizola,se ressumiu em mais um partido de acomodação de “politicos” sem propostas e compromissos populares e sim de pessoas que tem outros objetivos……

  4. Brizolista de 4 costados
    sexta-feira, 27 de setembro de 2013 – 12:53 hs

    Saiu tarde.
    Não estava contribuindo com nada, só arrumando constrangimentos .
    Esses discursos batidos de João Goulart, Getúlio Vargas e cia já não tem espaço na política moderna, só cabem nos livros de história.
    A política está mais dinâmica, ao invés de perder tempo com discursos bajuladores e auto promoção, temos que ter mais objetividade, pensar pra frente e tentar construir uma política inovadora, ouvindo a voz que vem das ruas .

  5. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 27 de setembro de 2013 – 19:08 hs

    Pela biografia de Léo de Almeida Neves, o que a gente pode perguntar a respeito da sua atitude, é: Por que demorou tanto?

  6. Kleber Wolf
    domingo, 29 de setembro de 2013 – 22:54 hs

    A história e os trabalhos realizados pelo Dr. Léo de Almeida Neves estavam iniciando uma reestruturação no PDT na Capital e no Estado, porém a hereditariedade da forma da “administração pública” não reabriram espaços para as políticas nos tempos nacionalistas e sucumbiram aos interesses monetários extrangeiros, pois nos não queriamos, mas o dólar deles continua pagando o nosso mingau e o caviar de alguns. Um falta que será sentinda com peso nó PDT!

  7. Aldo Bressan
    quarta-feira, 27 de novembro de 2013 – 18:50 hs

    Até parece que boa parte desses comentarios são elaborados por malufistas, arenistas e filhotes da ditadura. Algum mostra ter ódio dos gaúchos,sabendo que esses contribuiram com desenvolvimento do Paraná.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*