PT foi o partido que mais boicotou a cassação de Donadon | Fábio Campana

PT foi o partido que mais boicotou a cassação de Donadon

De Ana Paula Leitão, Diário do Poder:

Assim como os três réus no processo do mensalão, 95 deputados também boicotaram a votação da cassação do mandato do deputado ladrão Natan Donadon (sem partido-RO), que foi absolvido pela Câmara na noite desta quarta-feira (28), mesmo estando preso no Complexo Penitenciário da Papuda após condenação transitada em julgado no Supremo Tribunal Federal (STF).

Levantamento feito pelo Diário do Poder revela que o PT foi o partido que mais se absteve na votação. De 88 deputados, 20 simplesmente se recusaram a dar seu voto sobre o processo contra Natan Donadon. Em segundo lugar, está o PMDB, com 15 faltosos. Depois, seguem PP, PSD, PR, PSD, PSB, todos aliados da presidente Dilma Rousseff.

Os oposicionistas PSDB e DEM também colaboraram para o boicote que absolveu o presidiário, somando 12 faltosos.

Segundo governistas, a absolvição de Donadon abre precedente para salvar o mandato dos deputados José Genoino (PT-SP), João Paulo Cunha (PT-SP) e Valdemar da Costa Neto (PR-SP), réus condenados no processo do mensalão, cujo julgamento deverá ser finalizado ainda este ano no STF.

Confira, a seguir, a lista por partido dos deputados que não votaram na cassação de Natan Donadon:

PT – 20
Weliton Prado PT /MG
Iriny Lopes PT/ES
Joao Paulo Cunha PT/SP
Vicentinho PT/SP
Bohn Gass PT/RS
Josias Comes PT/ BA
Luiz Alberto PT/BA
Miguel Correa PT/MG
Odair Cunha PT/MG
Rogerio Carvalho PT/SE
Marina Santana PT/GO
Biffi PT/MS
Angelo Vanhoni PT/ PR
Pedro Uczai PT/SC
Marcon PT/RS
Ronaldo Zulke PT/RS
Beto Faro PT/PA
Anselmo de Jesus PT/RO
Artur Bruno PT/CE
Pedro Eugenio PT/PE

PMDB – 15
Gabriel Chalita PMDB/ SP
Carlos Bezerra PMDB/MT
Andre zacharaw PMDB/PR
Darcisio Perondi PMDB/RS
Eliseu Padilha PMDB/RS
Alceu Moreira PMDB/RS
Asdrubal Bentes PMDB/PA
Jose Priante PMDB/PA
Junior Coimbra PMDB/ TO
Renan Filho PMDB/AL
Arthur O Maia PMDB/BA
Mario Feitoza PMDB/CE
Genecias Noronha PMDB/CE
Leonardo Quintao PMDB/MG
Newton Cardoso PMDB/MG

PP – 12
Toninho Pinheiro PP/MG
Beto Mansur PP/SP
Guilherme Mussi PP/ SP
Paulo Maluf PP/SP
Pedro Henry PP/MT
Afonso Hamm PP/ RS
J. Otavio Germano PP/RS
Renato Moling PP/RS
Vilson Covatti PP/RS
Renzo Braz PP/MG
Luiz Fernando PP/MG
Jose Linhares PP/CE

PSD – 10
Joao Lira PSD/AL
Manoel Salviano PSD/CE
Marcos Montes PSD/MG
Edson Pimenta PSD/BA
Fernando Torres PSD/BA
Jose C Araujo PSD/BA
Sergio Brito PSD/BA
Eliene Lima PSD/ MT
Heuler Cruvinel PSD/GO
Eduardo Sciarra PSD/PR

PR – 8
Laercio Oliveira PR/SE
Bernardo Santana PR/MG
Manuel Rosa Nega PR/RJ
Zoinho PR/RJ
Waldemar Costa Neto PR/SP
Ze Vieira PR/MA
Vicente Arruda PR/CE
Inocencio Oliveira PR/PE

PSB – 6
Paulo Foletto PSB/ES
Camarinha PSB/SP
Alexandre Roso PSB/RS
Beto Albuquerque PSB/RS
Antonio Balkmann PSB/CE
Sandra Rosado PSB/RN

PSDB – 6
Carlos Roberto PSDB/SP
Vanderlei Macris PSDB/SP
Marco Tebaldi PSDB/SC
Pinto Itamaraty PSDB/MA
Sergio Guerra PSDB/PE
Marcus Pestana PSDB/MG

DEM – 6
Eli Correa Filho DEM /SP
Jorge Tadeu Mudalem DEM/SP
Abelardo Lupion DEM/PR
Lira Maia DEM/PA
Betinho Rosado DEM/RN
Claudio Cajado DEM/BA

PDT – 3
Enio Bacci PDT/RS
Giovani cherini PDT/RS
Geovanni Queiroz PDT/PA

PCdoB – 2
Jandira Feghali PCdoB/RJ
Alice Portugal PCdoB/BA

PPS – 2
Arnaldo Jardim PPS /SP
Almeida Lima PPS/SE

PSC – 2
Marco Feliciano PSC/SP
Nelson Padovani PSC/PR

PTB – 2
Sabino C Branco PTB/AM
Jovair Arantes PTB/GO

PV – 1
Eurico Junior PV/RJ

PMN – 1
Jaqueline Roriz PMN/DF

PRB – 1
Vilalba PRB/PE

PTdoB – 1
Rosinha da Adefal PTdoB/AL


18 comentários

  1. Netto
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 9:50 hs

    É bom divulgar mesmo os nomes, será que eles não votaram por algum motivo pessoal?

  2. Pedreira
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 9:51 hs

    Angelo Vanhoni, André Zacharow, Eduardo Sciarra, Abelardo Lupion, e Nelson Padovani são os paranaenses que se abstiveram de votar no condenado/presidiário, segundo se vê da relação acima divulgada. Sinto alívio por nunca ter votado em qualquer um deles, mas lamento pelo Paraná estar tão mal representado na Casa do Espanto. Efetiva e lamentavelmente não são bons exemplos de representação popular.

  3. A A CASAGRANDE
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 10:28 hs

    A PARTIR DE HOJE FICA CRIADO O PPDOB(PARTIDO DA PAPUDA DO BRASIL)

  4. Do Interior....
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 11:04 hs

    E os que compareceram votaram pela manutenção do mandato do condenato!
    Votaram assim para livrar os condenados do mensalão e para boicotar o STF. Como se a condenção na justiça fosse culpa do judiciário!. A culpa pela condenação foi deles mesmos que enveredaram para o lado imoral e para a ladroagem.

    O Brasil ainda está longe de melhorar. Para chegar onde alguns países chegaram há 100 anos ainda vai muito tempo….

  5. antonio carlos
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 12:00 hs

    Que horror, até o presidente do PSDB participou desta maracutaia, porque ele também foi dos que não votaram pela cassação de deputado ladrão. Estou com grande vergonha du cumpádi, Vanhoni e Lupion também estão nesta de apoiar ladrão. Já não tinham o meu voto, e agora não terão nunca mais.

  6. arielson ferreira sorrentino
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 12:16 hs

    Toda casa dividida não subsistirá, portanto, parabéns aos senhores deputados por se unirem para salvaguardar um companheiro que se encontra em dificuldades. Isso mostra somente uma coisa, que a união faz a força, devemos seguir este exemplo sublime de união a qualquer custo, mesmo que as circunstâncias caminhem contra, precisamos ser enérgicos e agir de acordo como que acreditamos ser o certo a fazer, mesmo que muitos sejam contra. novamente reitero minhas congratulações aos EXCELENTÍSSIMOS SENHORES DEPUTADOS! Como Brasileiro que sou, me orgulho e poder dizer que tenho em vocês um exemplo a seguir!

  7. Analista
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 12:51 hs

    S E M C O M E N T A R I O S………………….CHAVE DE OURO DA ERA PT

  8. Adilson Henrique
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 13:00 hs

    Esses caras dão mais uma prova de que não são dignos de estarem
    no congresso nacional. VOTO ABERTO JÁ!

  9. PARANÁ
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 13:13 hs

    Os mensaleiros também não serão cassados. Coisas do PT.

  10. Mané do sudoeste
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 15:04 hs

    Por quê será que a PTzada ajudou aliviar o safado do DONADON ?Creio que não é muito díficil de entender,daqui uns dias tem os amiguinhos do mensalão.Aí sabe, uma mão lava a outra.

  11. quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 16:11 hs

    Mais palhaçada foi os 131 que votaram a favor da não cassação. Realmente a votação em secreto deve acabar de imediato, isto é uma vergonha nacional, o povão tem que sair nas ruas de novo e principalmente nas Camaras de Vereadores, Assembleias Legislativas e Congresso Nacional nas casa de Leis que criam Leis para proteger bandidos.

  12. Gardel
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 16:36 hs

    Copiei a relação dos nomes que votam contra a população, para não correr o risco de um dia conceder meu voto.Tenho certeza de que valores éticos não existem no seu imaginário dessas pessoas. A onda de descontentamento da população volta a crescer pois agora tem certeza que os parlamentares brasileiros não os representa. A indiferença com o povo fica gritante, quando deixam de agir conforme o clamor popular. Na verdade, quem trata o povo como simples subalterno não devia estranhar a contrapartida. O ato é que raros políticos se preocupam com a aquisição de valores morais. Preferem o ilicito a nortear pelo caminho do bem.

  13. JUSTIÇA
    quinta-feira, 29 de agosto de 2013 – 20:10 hs

    NÃO CONSIGO ENTENDER PORQUE O FERNANDINHO BEIRA MAR ESTA PRESO , É TOTAL INCOERENCIA ELE NÃO DESVIA DINHEIRO PUBLICO, VENDE ARMAS E DROGAS PARA MANTER MUITOS NARIZES DE POLITICOS E FILHOS DE POLITICOS QUE SUSTENTAM O NARCO TRAFICO ASSIM COMO MUITOS RICOS FICAM ALEGRES COM O PRODUTO VENDIDO POR ELE. ACHO QUE PRENDERAM POR MEDO DA CONCORRENCIA. O QUE É PIOR UM TRAFICANTE OU UM POLITICO CORRUPTO QUE ROUBA O POVO DEVIA DINHEIRO DA SAUDE M DA EDUCAÇÃO DA SEGURANÇA PUBLICA QUE HOJE NOS FAZ PRESIDIARIOS EM REGIME ABERTO, VIVEMOS REFENS DO MEDOPORQUE OS POLITICOS CORRUPTOS DESVIARAM OS RECURSOS PARA INVESTIMENTOS NAS AREAS BASICAS(SAUDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA)

  14. OTIMISTA
    sexta-feira, 30 de agosto de 2013 – 7:10 hs

    O que esperar de um Brasil recheados de políticos ladrões que vo-
    tam às escondidas (voto secreto) para justificar a manutenção do
    mandato de um cara que está preso !? Pura bandidagem. Um Con-
    gresso assim tem que ser fechado mesmo. Eu sou otimista sim. Sou
    otimista a tal ponto que infelizmente começo a achar que a ditadura
    estava melhor do que democracia…

  15. Clarimundo
    sexta-feira, 30 de agosto de 2013 – 8:12 hs

    Lamentável!!!!

  16. Josi
    sexta-feira, 30 de agosto de 2013 – 8:49 hs

    Esses Safados jamais terão o meu voto.

  17. Roberto Fernandes da Silva
    sexta-feira, 30 de agosto de 2013 – 11:15 hs

    Poderiam divulgar todos os votos: a favor da cassação; contra e os que se abstiveram… aí sim teríamos um panorama de quem fez o que?…

  18. sexta-feira, 13 de setembro de 2013 – 14:52 hs

    NOTA DE ESCLARECIMENTO – PORQUE NÃO VOTEI NA SESSÃO DONADON:

    Sou advogado, com escritório estabelecido no centro da cidade de Porto Alegre e com grande número de clientes.
    Figuro como o primeiro suplente de Deputado Federal pelo PMDB / RS.

    No dia 12 de agosto de 2013 reassumi o mandato de Deputado Federal, em razão do titular, Deputado Mendes Ribeiro, haver requerido licença para tratamento de saúde.

    Como Advogado, representando o interesse de muitos clientes, quando reassumi o mandato, já havia, antes, firmado compromissos profissionais personalíssimos. Uma vez que ser advogado de alguém é uma eleição de caráter exclusivo.

    No dia 29 de agosto – quinta feira – aconteceria, como aconteceu, julgamento para o qual me comprometi em fazer sustentação oral e a fiz, pois meu cliente não aceitava minha substituição. Trata-se de Processo tramitando junto a Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul.

    Para atender meu compromisso profissional, assumido quando não sabia que poderia vir a ser chamado a reassumir o cargo de Deputado Federal em tal data, pois na suplência voltei às minhas atividades privadas, viajei às 20:02 horas, do dia 28 de agosto – quarta feira – pelo voo 3071 da TAM, de Brasília para Porto Alegre.

    No dia 28 marquei presença e atuei durante toda sessão ordinária, até o seu final, orientando a posição da bancada do meu partido na Câmara dos Deputados. Como viajei às 20:02 horas do mesmo dia não me foi possível votar na sessão extraordinária que apreciou o processo que envolvia o Deputado Natan Donadon.
    Isto foi o que aconteceu.

    ELISEU PADILHA

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*