Inflação em Curitiba é a mais alta entre as capitais, aponta o IBGE | Fábio Campana

Inflação em Curitiba é a mais alta entre as capitais, aponta o IBGE

Do G1 PR:

A inflação oficial em Curitiba, em julho, foi a mais alta entre as capitais do Brasil, conforme apontou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (7). Os preços ficaram 0,48% mais caros na cidade. Em junho, o IPCA havia desacelerado e fechado em -0,01%.

Nacionalmente, a inflação oficial apresentou queda de 0,26% em junho para 0,03% em julho. Essa variação foi a menor desde julho de 2010, quando o índice ficou em 0,01%. No mesmo período de 2012, a taxa foi de 0,43%. O grupo de gastos com alimentação e bebidas teve variação negativa em julho, após subir 0,04% no mês anterior. De acordo com a pesquisa, essa é a primeira queda de preços do grupo desde julho de 2011.

Segundo o IBGE, esta liderança curitibana foi motivada pelo reajuste da tarifa de energia elétrica superior a 8%. Além disso, tiveram aumento nos preços os alimentos, 0,15%, a gasolina, 1,03%, o etanol, 0,90%.

Entre os grupos analisados pela pesquisa, também tiveram reajuste, por exemplo, os custos com habitação, 1,15%, e artigos de residência, 0,89%.

Os grupos cujos preços caíram foram o de transporte 0,18% e de comunicação, 0,05%.
No acumulado do ano, a inflação na capital paranaense tem alta de 2,91% e nos últimos 12 meses de 6,23%.
INPC
O IBGE disponibilizou ainda o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que se refere às famílias com rendimento entre um e cinco salários mínimos, sendo o chefe assalariado. Não diferente, neste caso, Curitiba também apresentou o maior índice, 0,41%.


Um comentário

  1. FUI !!!
    sexta-feira, 9 de agosto de 2013 – 8:24 hs

    Índices manipulados e cretinos. Alta de 0,48 % e IPCA de – 0,01 % !?
    Nada neste Brasil reduziu de preço. A inflação real continua altíssima !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*