Deputado oferece propina em troca de ajuda à telefônica Oi | Fábio Campana

Deputado oferece propina em troca de ajuda à telefônica Oi

Marcelo Bechara é conselheiro da Anatel, a Agência Nacional de Telecomunicações. Chegou ao posto por indicação do PMDB. No dia 6 de agosto, recebeu um telefonema do deputado Vicente Cândido, do PT de São Paulo. Convidado, foi ao gabinete do parlamentar, na Câmara. Conversaram sobre um problema que envolve a Oi. Um problema bilionário: a empresa de telefonia acumula na Anatel multas de mais de R$ 10 bilhões.

Em reportagem veiculada por Veja, o repórter Rodrigo Rangel conta que o deputado disse ao conselheiro que Lula está muito preocupado com o futuro da Oi. Mencionou providências que a empresa considera adequadas para resolver a encrenca das multas. Lero vai, lero vem, Cândido empunhou a caneta e anotou numa folha de papel: “honorários?” Queria saber quanto Bechara gostaria de receber para dar uma mãozinha à Oi na Anatel. Em português das ruas: o deputado ofereceu propina ao conselheiro.

Preocupado, Bechara relatou o ocorrido a amigos. Disse ter refugado a oferta de Cândido. Até concordava com as ponderações e providências sugeridas. Mas não queria dinheiro. Procurado pelo repórter, o conselheiro da Anatel declarou: “Eu reagi com estranheza à abordagem do deputado. Preferi fingir que não entendi.” Curiosamente, Bechara voltaria a se reunir com o deputado na semana seguinte, no último dia 12 de agosto. De novo, no gabinete da Câmara.

Dessa vez, Cândido entregou a Bechara um envelope contendo documento redigido em papel timbrado da Jereissati Participações, acionista da Oi. O texto enumera as pretensões da telefônica junto à Anatel. Num dos itens, lê-se que a companhia gostaria de obter o “imediato cancelamento de 80% das multas” aplicadas pela agênca reguladora.

Noutro item, o documento repassado por Cândido a Bechara reivindica alteração “urgente” da norma que obriga as telefônicas a manter quatro telefones públicos para cada grupo de 1.000 pessoas nas regiões onde operam. Quer dizer: o conselheiro de uma agência cuja atribuição constitucional é zelar pelos interesses do usuário de telefones recebeu de um deputado do PT pedido para agir contra a clientela.

Em relação à multa, trava-se na Anatel um debate que pode resultar no atendimento das pretensões da Oi. Discute-se a conversão de parte das multas em investimentos na melhoria dos serviços prestados pelas emrpesas multadas. No caso da Oi, o passivo de R$ 10 bilhões pode minguar para R$ 3 bilhões. É nisso que estão interessados o deputado Cândido e seus amigos.

No mesmo dia 12 de agosto em entregou o envelope ao conselheiro Bechara, o parlamentar petista encontrou-se com Lula no setor de hangares do aeroporto de Brasília. Um dos controladores da Oi, o empresário Sérgio Andrade, é amigo de Lula. Porém, o deputado Cândido nega que tenha tratado das pendências da empresa na conversa com o ex-presidente da República.

E quanto à proposta de pagamento ao conselheiro Bechara? Cândido admitiu ter falado de dinheiro. “Eu queria saber se ele tinha honorários”, disse, candidamente. Por que guerreia pela Oi? O deputado alega que sócios da empresa são seus amigos. Jura que não há honorários na transação. Mas reconhece que recebe doações de campanha.

Por que diabos citou Lula no encontro com o conselheiro Bechara? “O que eu falei foi que o presidente Lula está preocupado com a empresa”, limitou-se a responder o deputado Cândido. Ele esteve também com o ministro Luís Inácio Adams, chefe da Advocacia-Geral da União –uma repartição que executa judicialmente uma dívida de R$ 2,5 bilhões da Oi. Cândido pediu que a União pare de exigir depósitos em dinheiro como garantia de que vai pagar a dívida após o julgamento do processo. O advogado da União disse que estudaria a pretensão.


11 comentários

  1. verde oliva
    domingo, 25 de agosto de 2013 – 17:23 hs

    Converter valor de multas em investimentos, mas não deveria ser o contrário ? Efetuar investimentos para não colecionar multas ?
    É um país de malandros, quanto mais canalha melhor.

  2. ZE DAS BOTINAS
    domingo, 25 de agosto de 2013 – 18:11 hs

    ÓÓÓ, os PT privatizado a ANATEL em favor de gordas propinas da OI, eta PTzada, além de mamar nas gordas tetas federais com seus altos cargos e salários, querem propinar a ANATEL, para as eleições da DILMA, FORA PT.

  3. Pedro Rocha
    domingo, 25 de agosto de 2013 – 18:12 hs

    O diabo tá solto mesmo! – Uma treta envolvendo Lulla, e seu Lullinha, (O laranja que de tratador de bicho no zoológico, virou um dos homens mais ricos do mundo, verdadeiro Ronaldinho dos negócios), e mais Luiz Inácio Adams, com a politicalha petista e peemedebista, boa coisa não pode sair-
    De novo, vão meter a mão bonito, nos cofres públicos.
    Enquanto isso, enquanto o bando saqueia nossos cofres, nosso cioso MP; nossa PF; nosso STF, e o resto da politicalha safada, dormem em berço explëndido!

  4. antonio carlos
    domingo, 25 de agosto de 2013 – 19:17 hs

    O Vendedor de Ilusões continua não sabendo de nada, até quando sabe. De acordo com a nova lei, recentemente sancionada com toda a pompa pela companheira presidanta, que pune os casos de corrupção, o companheiro de partido pode curtir uma cana lascada, pois ele é o corruptor.

  5. Flávius
    domingo, 25 de agosto de 2013 – 21:31 hs

    Votem. Continuem votando. Votem de novo. Votem outra vez. Votem. Quem sabe aprendem votar. Ou não…

  6. FUI !!!
    segunda-feira, 26 de agosto de 2013 – 5:57 hs

    Nada demais… Propina entre políticos brasileiros é a moeda corren-
    te. Aliás, é muito mais forte do que o dólar !!!

  7. Olho Vivo
    segunda-feira, 26 de agosto de 2013 – 11:16 hs

    O velho “jeitinho” PT de fazer política, tudo na base da propina.

    Não é de hoje que estas empresas de telefonia estão fazendo este tipo de coisa através de seus “paus mandados” dentro do governo. O próprio ministério das comunicações está completamente “deitado em berço esplêndido” esperando que as coisas aconteçam, mas enquanto isso quem paga a conta da falta de fiscalização e de cobrança, é o povo que usa estes péssimos serviços, paga caro e não vê a coisa mudar.

    Tem muita coisa errada ai, o MP deveria investigar mais o ministério das comunicações, lá deve ter muita coisa errada.

  8. segunda-feira, 26 de agosto de 2013 – 11:16 hs

    Vejam que os “amigos” do lula mudaram de nível…agora ele defende emresários, os que tem CAPITAL. Nada como o tempo…cadê a aversão ao “capitalismo” ?

  9. Paulo
    segunda-feira, 26 de agosto de 2013 – 11:30 hs

    E daí? Ele é do PT! Nada tem a temer, portanto!

  10. Dunga
    segunda-feira, 26 de agosto de 2013 – 14:27 hs

    Que fofo !!

  11. Irineu
    segunda-feira, 26 de agosto de 2013 – 20:17 hs

    Evidentemente que o ex. se preocupa com a Oi, afinal se houve comentários de que seu filho é um dos sócios, talvez por essas e outras o serviço da prestadora nunca esteve tão ruim como está e a cada dia fica pior, nem no telemarketing eles se entendem ou informam direito sobre as reclamações e o mais revoltante é que nada é resolvido, talvez por estas amizades por detrás dos bastidores e algum dedinho podre no meio.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*