Ameaça ao café paranaense | Fábio Campana

Ameaça ao café paranaense

Muitos municípios paranaenses dependem da cafeicultura.

Do Valor:

As geadas da penúltima semana de julho podem reduzir em 40% a 50% a produção de café do Paraná na próxima safra (2014/15), um desestímulo adicional à manutenção da atividade no Estado. O cálculo, ainda preliminar, é do coordenador do setor de café do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Agricultura do Paraná, Paulo Franzini.


2 comentários

  1. segunda-feira, 5 de agosto de 2013 – 14:09 hs

    Os cafeitultores deveriam aproveitar a oportunidade e abandonar a lavoura.

  2. QUESTIONADOR
    segunda-feira, 5 de agosto de 2013 – 16:26 hs

    -Seria a mesma história a se repetir como na geada negra de 1975????

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*