Beto Richa repassa R$ 3,5 milhões às cidades atingidas pelas chuvas | Fábio Campana

Beto Richa repassa R$ 3,5 milhões às cidades atingidas pelas chuvas

Beto Richa repassa R$ 3,5 milhões às cidades atingidas pelas chuvas

O governador Beto Richa autorizou hoje o repasse de mais R$ 2,15 milhões, a fundo perdido, às cidades em estado de emergência por causa das chuvas intensas de junho. Com isso, chega a R$ 3,5 milhões os recursos liberados. Na quarta-feira, 10, Richa liberou R$ 935 mil para 71 municípios. Na semana passada, autorizou R$ 487 mil para aquisição de cestas básicas às vítimas de enchentes. Agora, já são 78 cidades atendidas.

A maior parte do dinheiro será aplicada em obras emergenciais para garantir acesso às comunidades mais afetadas, principalmente com reparos em estradas rurais. O valor destinado a cada município atende a demanda especificada nos relatórios enviados pelas prefeituras.

Além dos recursos para soluções mais emergenciais, o Governo do Estado também está dando apoio técnico aos municípios no processo de formatação dos documentos necessários para obtenção de recursos para reconstrução da infraestrutura danificada.


9 comentários

  1. Felipe palhares
    sábado, 13 de julho de 2013 – 15:44 hs

    Parabéns governador, esta fazendo pelo Paraná, o que fazia quando prefeito de Curitiba. Ajudando nos momentos mais difíceis das pessoas. Governar é isso aí.

  2. Felipe palhares
    sábado, 13 de julho de 2013 – 15:45 hs

    Governar , é isso aí tabém.

  3. Vigilante do Portão
    sábado, 13 de julho de 2013 – 17:18 hs

    O dinheiro existe?
    Quando vai ser EFETIVAMENTE liberado?

  4. Parreiras Rodrigues
    sábado, 13 de julho de 2013 – 18:11 hs

    A segunda providência, depois de atendidos os efeitos, o ataque às causas.
    Urge a execução dum projeto fhodhidho de restauração de matas ciliares, mais a retomada do PMISA – Programa de Manejo Integrado de Solo e Água a partir das microbacias hidrográficas.
    Essa enchente no Ivai, todo assoreado, é reprise da de 83 no Iguaçu, logo no início do governo Richa, pai.

  5. Anônimo
    sábado, 13 de julho de 2013 – 18:25 hs

    VAMOS APROVEITAR E AFZER O QUE PRECISA SER FEITO EM MORRETES/ANTONINA, DAS ENCHETES DOS ANOS ANTERIORES.

  6. Diomar Campos
    sábado, 13 de julho de 2013 – 18:51 hs

    Nao ouvi vaias no evento, o que dizer da Dilma que liberou 3 BI e foi vaiada?
    aprovação se conquista President”””A”””
    os petralhas disseram que foi um erro de comunicacao.. kkkkkkkk

  7. Parreiras Rodrigues
    domingo, 14 de julho de 2013 – 13:00 hs

    Vigilante: A RIC TV mostrou hoje no programa rural da Rose e Sérgio Mendes, que a atenção do governo foi imediata. Um agricultor diz que de imediato, os atingidos receberam kits de limpeza, roupas de cama, cestas básicas e até os meninos da defesa cívil, do corpo de bombeiros, ajudando na arrumação das casas.
    Triste de ver.
    Mas, como venho repetindo: Mais que nunca a necessidade da execução dum projeto corajoso, vigoroso para o replantio das matas ciliares, de quebra ventos, enfim, de controle da erosão rural, essa que carrega as terras de superfície para entupir o leito dos rios.
    O agronegócio há que repensar a sua posição estritamente mercantilista em prejuízo às regras da Natureza que, agredida, tal qual o bom cabrito, não berra, mas se vinga também, de forma silenciosa.

  8. Gilmar Trento
    domingo, 14 de julho de 2013 – 13:32 hs

    Tenho certeza que pra receber essa ajuda oa prefeitos vão ter que prometer fidelidade a campanha eleitoral do ano que vem

  9. Luiz Porto
    domingo, 14 de julho de 2013 – 13:54 hs

    Anunciar é fácil, fazem isso todo o tempo. Quando vão liberar efetivamente, para que a situação seja melhorada?
    Governo de marketing…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*