O que termina em pizza começa com torta | Fábio Campana

O que termina em pizza começa com torta

No perfil do Movimento Passe Livre, no Facebook, a mensagem: “CPI que termina em PIZZA tem que começar com TORTA”. Não deu outra. A sessão da CPI da URBS desta segunda-feira (15) foi interrompida na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) depois que o gestor da área de transporte coletivo da Urbs, Luiz Fila, levou uma torta na cara. A moça responsável pela torta e seu preciso arremesso é membro do Movimento Passe Livre.


12 comentários

  1. OTIMISTA
    segunda-feira, 15 de julho de 2013 – 18:16 hs

    Assim devem ser tratados os políticos que travam e sacaneam o bom andamento da nação. Torta de limão na cara deles !!!

  2. PIZZAIOLO
    segunda-feira, 15 de julho de 2013 – 19:16 hs

    TITULO ERRADO, NO BRASIL O QUE TERMINA EM PIZZA COMEÇA NUMA ELEIÇÃO

  3. DELCIO
    segunda-feira, 15 de julho de 2013 – 20:55 hs

    NÃO DESANIME LUIZ, TANTO POLITICO QUE DEVERIA LEVAR ESSA TORTA NA CARA E QUEM PAGA É SEMPRE O TÉCNICO DE CARREIRA, ENFIM SEMPRE PAGA O PATO QUEM CARREGA O PIANO.

  4. Da Rua
    segunda-feira, 15 de julho de 2013 – 21:43 hs

    O bom é que ninguém do MPL conhece a mocinha educada na escola petralha
    Protestar SIM, Violência, NÃO

  5. QUESTIONADOR
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 9:42 hs

    -Perdeu a razão com este ato.
    -E ainda o movimento do passe livre está perdendo o foco e a credibilidade. Quem em sã consciência gostaria de levar uma torta na cara sem dever???? Por que a ilustre cidadã, porta estandarte da bandeira da moralização, não fez este ato à quem de direito merece???? Que são os políticos que tomam os rumos desta infeliz nação!!!
    Este fato me lembra aquele fato do engenheiro da Eletrobrás que levou uma facãozada de um índio ignorante, sobre a discussão da hidrelétrica de Belo Monte.
    Contra ignorância não há remédio e nem flores, entendem apenas a linguagem da violência!!!

  6. Zé Buscapé
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 9:49 hs

    Tenho certeza que todos os cidadãos brasileiros inconformados com a mediocridade da política do país arremessaram aquela torta, e todos os políticos corruptos e safados se considerem entortados por tabela…

  7. A Sociedade Responde
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 10:07 hs

    Sem dúvida que a sociedade precisa de mais repostas dos órgãos municipais, estaduais e federais não é de hoje. Mas, esse negócio de torta na cara não é o caminho e nem tão pouco mostra coerência de um grupo que quer, realmente, encontrar uma solução para o problema do transporte público.

    Na democracia é preciso dialogar e pressionar, sem agredir fisicamente, independente da coloração partidária. Lembrando que o problema da URBS é mais antigo que andar para trás…

    Pela qualidade da foto-flagrante dá a dimensão da armação… Pergunta-se: problema resolvido? Sociedade satisfeita? Movimento feliz? Então, tá!

  8. terça-feira, 16 de julho de 2013 – 12:38 hs

    Violência é o que alguns Gestores Públicos fazem com a Cidadania da População que é cada vez mais aviltada, vilipendiada em seus direitos básicos e elementares… Aprendi na academia que vivemos num Estado Democratico de Direito, onde vige o respeito as normas, regras, as leis que fazem parte do universo, do ordenamento juridico de uma sociedade. Entretanto esses mesmos Gestores que estão elevando à 10ª potência a “TEORIA DA VACA – CAGAN… E ANDANDO” para as necessiades básicas do conjunto da sociedade, Estão praticando uma Gestão temerária e em alguns casos criminosa com essas associações espúrias com empresários em detrimento do sistema de transporte público da Cidade… “PELO POVO, PARA O POVO, E COM O POVO”… O Estado não pode e não deve se portar como um patrão, um Senhor Feudal, que só sabe criar, majorar e cobrar impostos… Tem que dar a contra partida à todo tributo pago, com prestação de serviços de qualidade, saúde, educação, habitação, moradia, tranposte público de qualidade e barato… Nada além do que já é de sua obrigação… Mas não vem fazendo isso à muito tempo!… Máquiavel sabiamente dizia em obra “O PRINCIPE” que “até na desordem deve haver um pouco de ordem”…

  9. Dorinha Reis
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 12:46 hs

    Essa atitude mostra que o povo esta cansado.Quem merecia a torta era o Prefeito e não o técnico.

  10. Anônimo
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 14:36 hs

    Esse não merecia a torta quem merece está lá no P. Iguaçù, alguns vereadores participantes da cpi.eRROU QUE FEZ ISSO COM UM FUNCIONÁRIO.

  11. Las vargas
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 16:02 hs

    SR blogueiro

    Por se falar em CPI e como o povo tem memoria curta, como foi afinal a primeira e mais contudente CPI dos pedagios liderada pelo entao deputado estadual Andre Vargas? quais resultados se chegou? E o relatorio final? Seria de muita ajuda para a atual CPI relembrar o brilhante trabalho do deputado pe vermelho sob os auspicios direto do entao chefe da casa civil Jose Dirceu

  12. Armando
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 19:07 hs

    Sou contra violência, mas nesse caso acho que a torta tinha que ir na cara do Jorge Bernardi, afinal ele é conselheiro da URBS e não fez nada até hoje para melhorar o transporte da capital.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*