O País acordou, Dilma não | Fábio Campana

O País acordou,
Dilma não

Trecho do editorial do Estadão desta terça-feira, 2.

De imediato, Dilma tem de enfrentar o descontentamento de sua base aliada no Congresso – que já existia e cresceu com o susto das manifestações e sua queda nas pesquisas – com o desempenho dos ministros da Fazenda, Guido Mantega, da encarregada da articulação política, Ideli Salvatti, e da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. Já é notória a incapacidade das duas ministras na articulação da base parlamentar, que se soma à falta de aptidão da presidente para os entendimentos políticos.

A presidente pode se enganar mais uma vez, se achar, como dá mostras, que vai melhorar sua situação a curto prazo, agarrando-se ao plebiscito da reforma política, porque ele tem a simpatia de 68% da população. Em vez disso, deveria ouvir a advertência – não sem uma dose de ironia involuntária – de seu aliado Carlos Luppi, presidente do PDT, afastado por ela do governo: “Quando o navio naufraga, os ratos saltam”.


2 comentários

  1. Gardel
    quarta-feira, 3 de julho de 2013 – 11:20 hs

    Somente o PT continua dormindo.

  2. Helena
    quarta-feira, 3 de julho de 2013 – 17:46 hs

    …Ela acordou sim, mas o Lula já deu um sonífero para ela e toda a ptzada, o velho discurso da tapeação e das falácias…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*