Joaquim Barbosa voa para ver jogo com dinheiro público | Fábio Campana

Joaquim Barbosa voa para ver jogo com dinheiro público

Agência Estado

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, usou recursos da Corte para se deslocar ao Rio de Janeiro no final de semana de 2 de junho, quando assistiu ao jogo Brasil e Inglaterra no estádio do Maracanã. O STF diz que a viagem foi paga com a cota que os ministros têm direito, mas não divulgou o valor pago nem qualquer regulamento sobre o uso da cota.

O tribunal confirmou à reportagem que não havia na agenda do presidente nenhum compromisso oficial no Rio de Janeiro durante o final de semana do jogo no Maracanã. Barbosa tem residência na cidade e acompanhou o jogo ao lado do filho Felipe no camarote do casal de apresentadores da TV Globo Luciano Huck e Angélica. Segundo a Corte, porém, apenas o ministro viajou de Brasília com as despesas pagas pelo STF. Os voos de ida e de volta foram feitos em aviões de carreira.

Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo de maio deste ano mostrou que ministros têm usado recursos da Corte para viagens durante o recesso forense, quando estão de férias, e para levar as mulheres em diversos voos internacionais. O total gasto em passagens para ministros do STF e suas mulheres entre 2009 e 2012 foi de R$ 2,2 milhões. Neste período, Barbosa utilizou recursos da Corte para passagens enquanto estava de licença médica e não participava dos trabalhos em Brasília. Os dados oficiais foram retirados do portal da transparência do Supremo após a reportagem por supostas “inconsistências”.

O Supremo diz que os ministros dispõem de uma cota para voos nacionais tendo como base uma decisão tomada em um processo administrativo durante a gestão de Nelson Jobim na presidência da Corte. Segundo o STF, a cota equivale a um deslocamento mensal para o estado de origem com base na tarifa mais alta para voos entre Brasília e Sergipe, devido ao fato de o ministro já aposentado Carlos Ayres Britto ser o integrante da corte naquele momento que morava na unidade da federação mais distante.

De acordo com o tribunal, a cota é anual e não é submetida a controle. As passagens podem ser usadas a qualquer momento, inclusive no recesso parlamentar, durante licenças, ou para viagens motivadas por interesses pessoais dos ministros.

À exceção do recém-empossado Luís Roberto Barroso, e de Celso de Mello, Marco Aurélio Mello e Teori Zavascki, os outros sete integrantes da atual configuração do tribunal usaram passagens áreas pagas pelo Supremo durante os recessos de julho e janeiro entre 2009 e 2012 segundo os dados que estavam no portal do próprio STF.


32 comentários

  1. chili
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 1:51 hs

    Ao contrário dos deputados, existe a verba para os ministros do STF usarem de forma legal destinada ao transporte, e já existe uma campanha para arranhar a imagem de Joaquim Barbosa, visto que todos estão se afundando no mar de lama que envolve a política brasileira!!

  2. TROLL
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 5:54 hs

    Quoque tu brutus?

  3. leonardos_ra@hotmail.com
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 7:47 hs

    Ele é igual a todos, moralista, populista e gosta de andar as custas do estado.

  4. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 7:49 hs

    Mais uma IDIOTICE da mídia.

    Joaquim Barbosa, MORA no Rio de Janeiro.
    Por força da Lei, como Ministro do STF, tem direito de 1 (uma) passagem p/mês para o Estado de Origem.

    Estando no RJ, foi, como MILHARES de brasileiros, ao jogo.

    O Estadão, querendo criar polêmica, vinculou a viagem ao jogo.
    Má fé, provavelmente.

    Mais,
    Não USOU avião da FAB.

  5. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 8:13 hs

    Chili: Muita gente, diante do comportamento do ministro JB no julgamento do mensalão, apressou-se a ver nele um potencial candidato à presidência da República.
    Uma catarse, diante do quadro vazio ou desestimulante de candidatos.
    Indiferente se existe ou não campanha para arranhar a imagem do bom ministro, ele deveria tomar todas as precauções para evitar denúncias ou mesmo suspeitas quanto ao seu comportamento.
    Essa viagem foi de pelar o pescoço da gralha.
    Não é o meu candidato.
    O seu estado de saúde também não o recomenda.

  6. escobar
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 8:30 hs

    Na verdade são todos iguais, falam, falam, falam, do que os outros fazem de ilegal ou imoral, mas podendo não deixam passar a oportunidade de colocar a mão nos recursos públicos, tão fáceis de serem espoliados. O que muda isso é a participação do povo, como demonstrado nos últimos protestos. Do contrário podem por Jesus no poder, este o corromperá.

  7. william hoberg mattos
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 8:41 hs

    Se o ministro Joaquim Barbosa cair, o Brasil estará perdido na situação de corrupção, violência social, banditismo descarado em todos os organismos públicos. Será um prato cheio para os comunistas, que estão mais vivos do que nunca, através do foro de São Paulo. O guia é sempre o mesmo: o caga litros que apodrece no poder em Cuba e a patota de assassinos, que covardemente torturam e matam crianças, velhos e famílias inteiras, desde l959. PT & CIA., nada mais são do que terroristas que minaram o Congresso Nacional. Já somos uma segunda Colômbia. O povo deve tomar o congresso Nacional e, colocar todos esses políticos canalhas para fora, a tapas, e se possível, levantar um cadafalso, para enforcá-los. O país agradeceria e muito!!!!; antes que seja tarde demais…

  8. sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 9:20 hs

    chili… Concordo com você, foi usada a verba de maneira legal, frise-se!… Não na surdina, as escusas, as escondidas, com subterfúgios e artificios, como fazem esse politicos corruptos, continuo fã desse homem, dessa bandeira!… Adelante Joaquim Barbosa. O povo está contigo!…

  9. ira
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 9:27 hs

    Isto não é nada! Para quem não tem nem a segurança da Polícia Federal. Se não fosse as Forças Armadas, mesmo sem o conhecimento do Governo ele estaria sem proteção. Acho que deveria voar com avião da Força Aérea Brasileira para qualquer deslocamento e pelo ar e com tanque de guerra por terra.

  10. Miguel
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 9:40 hs

    Ta bom Chili…….

  11. pedroca@uol.com
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 9:47 hs

    Devolve o dinheiro do povo, joaquim!

  12. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 10:31 hs

    Isso não é pecado pessoal de JB e sim um cancro da administração pública brasileira que herdou hábitos da monarquia. Na suprema corte dos EUA nenhum os juízes (justices) tem carro oficial, exceto o chief justice (cujo cargo é vitalício, não tem mandato definido) para uso exclusivo em serviço. Todos vão e vem dirigindo seu próprio carro particular. Nossa república (res (coisa)+ pública) é uma república em termos. Tem ainda resquícios feudais e monárquicos com privilégios e mordomias incompatíveis com uma república.

  13. Gardel
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 11:25 hs

    O PT, pelo fato de comandar as forças armadas através de seu governo, estão acostumados a viajar de graça nos aviões da FAB, mas, se qualquer outro fizer o mesmo, botam a boca no mundo para pousar de anjos.

  14. HAROLDO DANTON
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 11:55 hs

    até tu Joaquinzão, eu tava botando tanta fé em você. Será que também é farinha do mesmo saco?

  15. Mr.Scrooge
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 11:58 hs

    Que tristeza, mais um pisando na bola. Até tu Brutus. Podia fica sem esta não é mesmo Catão?

  16. sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 12:24 hs

    TODOS segurando o osso. Leis sendo aprovadas pelos mesmos para atender suas respectivas vontades. Quero ‘bolsa jatinho’ e ‘bolsa ingresso’ na CLT.

  17. sergio silvestre
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 12:26 hs

    Existe forma legal o c,,rio.Existe é uma esbornia nesse pais onde fazem o que querem esses 2% de nababos que mandam no pais.
    O povo tem que derrubar a Bastilha,tem que ir prá cima,esses bigatos comem todo nosso tesouro,nossos labores.
    É uma cambada de ladrão,escrooquers ou chamem do que quizerem.

  18. Jorge
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 12:49 hs

    O orçamento da instituição prevê, portanto essa tentativa de desqualificação do Ministro morre na casca. Comparar Joaquim Barbosa com esses outro malas não tem o menor cabimento. Aliás preparem-se admiradores e usuários, de maneira privada, da Coisa Pública o HOMEM vem ai!

  19. Anônimo
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 13:05 hs

    Foi acertar um emprego para o filho.

    http://diversao.terra.com.br/tv/jornal-filho-de-joaquim-barbosa-e-contratado-pela-globo,ae236c5a51faf310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html?ECID=BR_RedeSociais_Facebook_0_Noticia

  20. Flávio
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 13:07 hs

    DIZ A BIBLIA, entre os homens não há um justo sequer. NENHUM.

  21. pdavidactba
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 13:34 hs

    ter cota para viagens oficiais é uma coisa mas ” NÃO É OBRIGADO A USA-LAS…”

  22. Cidadão Ligado
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 13:39 hs

    Até tu Joaquim ????? a questão vai além da lei, atinge a moralidade.

  23. LuizArturGapskiPereira
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 13:50 hs

    TA AÍ E AGORA QUE FAZEMOS??????????????

  24. João Armindo
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 14:23 hs

    Como tem babacas e patrulheiros por aí. O ministro Joaquim Barbosa declarou ter votado em Lulla nas duas oportunidades que este foi eleito. Declarou q votou em Dilma, declarou q apoia o manisfesto do povo…E ainda assim o chamam de conservador e direitista…Queriam o q, q ele declarasse q o zé dirceu era inocente?

  25. RISADINHA
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 15:24 hs

    Querer desmoralizar o Ministro Barbosa, só pode vir de decrépidos, ou melhor da calhorda que é acefala moralmente, provavelmente a serviço dos “honestos e ilibados”.

  26. Manoela
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 16:55 hs

    Este Barbosa e um falso moralista eu já digo isto há muito tempo. Tem que acabar com toda esta mordomia ,incluindo a que tem os membros do ministério publico ,que gastou uma fortuna com a propaganda da pec37 ,que enganou todo o Brasil ,aliando ela a ilegalidade,quando na verdade nada tem haver com ilegalidade .

    Agora se explique presidente!

  27. Lia
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 17:00 hs

    Que vergonha, quem sempre se diz honesto…gastando dinheiro publico para lazer próprio…isto ele aprendeu no ministério publico…

  28. silvajr
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 19:35 hs

    Não usou avião da FAB, usou dinheiro público sem nenhum compromisso oficial, segundo o próprio STF.

  29. silvajr
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 19:36 hs

    Não apenas a sua cota, é pelas mordomias do Judiciário que também têm que acabar

  30. silvajr
    sexta-feira, 5 de julho de 2013 – 19:56 hs

    Pela foto, viagem de BATEman Barbosa ao Rio foi para El Rey se encontrar com patrão do filhinho dele, então?

  31. cesar - eu mesmo
    sábado, 6 de julho de 2013 – 9:51 hs

    Littera gesta docei, quid credas allegoria, moralis quid agas, quo tendas anagogia.

  32. sábado, 6 de julho de 2013 – 20:00 hs

    Gentem esperem a resposta,se ele fez coisa errada vai pagar,ele não é intocável.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*