João Arruda reivindica curso de Medicina para o Norte e Norte Pioneiro do Paraná | Fábio Campana

João Arruda reivindica curso de Medicina para o Norte e Norte Pioneiro do Paraná

O deputado federal João Arruda reivindicou, em ofício encaminhado na última semana ao ministro da Educação, Aloízio Mercadante, a implantação do Curso de Medicina nas áreas de abrangência das associações dos municípios do Norte e Norte Pioneiro do Paraná (Amunop e Amunorpi). A iniciativa é também por sugestão do deputado estadual Hermas Brandão.

Entre os destaques para levar a formação superior nestas regiões, segundo o deputado, está o fato das mesmas reunirem mais de 40 municípios que abrigam uma população superior a 540 mil habitantes e não possuírem “nenhuma estrutura de cursos superiores na área de medicina e com agravante de possuir o menor IDH (Índices de Desenvolvimento Humano) do Estado”, frisou João Arruda.

A região, de acordo com João Arruda, conta com polos universitários e já deu início à construção de um Hospital Regional no município de Cornélio Procópio. “Após a conclusão, esta estrutura poderá ser transformada em Hospital Universitário, facilitando o funcionamento e manutenção do mesmo”, acredita.

“Portanto, nesse momento em que o Governo Federal anuncia medidas tendentes a melhorar o sistema de saúde e, dentre elas, a criação de novos cursos de medicina, é que venho a vossa presença como representante do Estado do Paraná, reivindicar a implantação de curso de medicina no Norte Pioneiro”, completou João Arruda.


7 comentários

  1. Fernando Peppes
    sexta-feira, 26 de julho de 2013 – 16:26 hs

    Parabenizo o deputado joão Arruda pela sua iniciativa, Cornélio Procópio está de portas aberta para atender a esta demanda, com a construção do Hospital regional, poderá servir como hospital universitário, além de toda estrutura que nosso município já dispõe.

  2. Mandioca
    sexta-feira, 26 de julho de 2013 – 16:45 hs

    Grande coisa, só vai em pedidos … conversa fiada !!

  3. loop
    sexta-feira, 26 de julho de 2013 – 17:15 hs

    Não querem médicos importados e não facilitam o brasileiro estudarem …
    Eis uma iniciativa digna de aplausos. Que estudem uma cláusula de que futuros médicos não corram para os grandes centros …

  4. Parreiras Rodrigues
    sábado, 27 de julho de 2013 – 13:25 hs

    Tá certo o Arruda e o seu pleito merece ser considerado, o que acho difícil. Primeiro, ele precisa pedir pro Tio não dar o contra.

  5. Julio Cesar
    sábado, 27 de julho de 2013 – 14:09 hs

    A distribuição dos cursos por região não deveria ser objeto de estudo e iniciativa do Executivo, através principalmente do Ministério da Educação e, no caso, da Saúde?
    Por que razão o Legislativo, que é pago para legislar e fiscalizar e nem isso faz direito, está sempre se metendo em questões alheias? para angariar notoriedade?
    Ou já sabem qual a instituição que abrigará o futuro curso ou a empreiteira que construirá as obras?
    Emendas e iniciativas desta natureza cheiram mal, MUITO MAL.

  6. Mr.Scrooge
    sábado, 27 de julho de 2013 – 14:45 hs

    Perguntar não ofende, mas porque só agora? Porque não pediu para o tiozão quando era governador criar o curso de Medicina que só agora reivindica? Ele era amigão do Vendedor de Ilusões, o curso era aprovado na hora. Deixe de fazer demagogia barata, precisamos sim de cursos de Medicina e de menos demagogia. Vê se cresce guri.

  7. Ailton de Freitas Falcão
    sábado, 5 de outubro de 2013 – 0:53 hs

    Naturalmente Cornélio Procópio oferece as melhores condições no esquecido norte pioneiro do Paraná para receber o curso de medicina; Tem o melhor IDH, agrega a maior população do norte pioneiro, que é um dos requisitos destacado pela presidenta Dilma no programa mais médicos; com a construção do hospital regional é fundamental e poderá ser usado como hospital universitário; Precisa do esforço de todos e principalmente a mobilização das autoridades de todas as esferas em prol da realização deste sonho regional!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*