Índios ocupam praça de pedágio em Jataizinho | Fábio Campana

Índios ocupam praça de pedágio em Jataizinho

Em Jataizinho, no norte do estado, mais de 70 índios ocuparam a praça de pedágio da BR-369 por volta das 9 horas da manhã e abriram as cancelas para passagem dos veículos. Ainda não estão claros os motivos da manifestação dos índios, que reivindicam desde a demarcação de terras na região até melhorias no atendimento de saúde nas reservas, com a retomada de um convênio da secretaria de Saúde Indígena com a saúde municipal.


5 comentários

  1. LENZA TOLEDO
    quarta-feira, 10 de julho de 2013 – 13:53 hs

    povo feliz, tem apenas direitos e nenhum dever

  2. Pedro Rocha
    quarta-feira, 10 de julho de 2013 – 21:40 hs

    Já tínhamos arruaceiros e vagabundos de sobra por esse Brasil afora; todos apoiados e amparados pelo petismo cretino!
    Só nos faltava mesmo, era índio cachaceiro e beijador de lata, também aprontando das suas!
    Num país onde o governo é fraco, frouxo e corrupto, é esperar disso, pra muito pior!

  3. sergio silvestre
    quarta-feira, 10 de julho de 2013 – 22:53 hs

    Indio que estrada,indio que explora pedagio,escalpelar branco e coisa prá indio ,não prá pedageiro.

  4. Bacharel em Direito
    quinta-feira, 11 de julho de 2013 – 10:54 hs

    METADE NÃO TEM UM PINGO DE SANGUE ÍNDIO, ESTÁ CHEIO DE INFILTRADOS, OU SEJA, MOVIMENTOS SOCIAIS, PT E OUTROS PARTIDOS POLÍTICOS. ESSES NÃO SÃO SILVÍCOLAS “Silvícola – Índio, aborígene, habitante primitivo do país. Segundo art. 3º, I, do Estatuto do Índio (Lei nº 6.001/73): “Índio ou Silvícola – É todo indivíduo de origem e ascendência pré-colombiana que se indentifica e é intensificado como pertencente a um grupo étnico cujas características culturais o distingem da sociedade nacional.”

  5. A Sociedade Responde
    quinta-feira, 11 de julho de 2013 – 11:09 hs

    “Ainda não estão claros os motivos da manifestação dos índios”

    Será que os tais são filiados ao MST? Seriam eles a ala indígena MST? Aquela turma de baderneiro que a União enfiam dinheiro e que não precisa prestar conta?

    Cuja sigla não tem nem CNPJ e menos ainda, informa aos tribunais o que fez com o dinheiro do povo?

    É preciso dar um basta nisso. Toda hora estão parando as rodovias do país para reivindicar qualquer coisa. Que façam isso junto aos representantes políticos. Ou seja: Câmara de Vereadores, prefeituras e Assembleia Legislativa.

    Estes são os canais competentes para intermediação. No mais, é aporrinhar o pobre cidadão e trabalhador que dependem das vias públicas. Assim não dá, assim não pode.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*