Fruet recua: volta o metrô e custará o dobro | Fábio Campana

Fruet recua: volta o metrô e custará o dobro

Na dúvida, Fruet fica com o metrô, com o VLP (Veículo Leve sobre Pneus) e o sistema atual remodelado. A indecisão custa caro. O metrô, cotado em 2011, hoje sai pelo dobro do preço. Fruet pediu mais R$ 2,1 bilhões ao governo federal e o orçamento saltou para R$ 4,4 bilhões. Há pequenas alterações no trajeto, com mais 4 estações, e mudança do método construtivo para o “do tatuzão”, mas o principal vilão do aumento de custo é a inflação, confirma o secretário Fábio Scatolin, do Planejamento. E esse nem é o custo final.

“O aumento do custo deve-se à inflação acumulada no período, à variação do câmbio e à ampliação da primeira fase, que poderá passar até o Cabral. Mas ainda não podemos dizer que esse é custo final, até porque o mercado ainda se posicionará na PMI [Procedimento de Manifestação de Interesse]”, disse Scatolin.

E pensar que, na campanha, Fruet dizia que tudo se resolveria com a bicicleta.


14 comentários

  1. Joana
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 9:59 hs

    Realmente, o Luciano Ducci está certo, o Fruet vai ser o melhor cabo eleitoral dele em 2014, não esperava tanta incompetência do Fruet e fraca equipe.

  2. Joana
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 10:04 hs

    O Luciano Ducci tem razão quando fala que o Fruet vão ser seu melhor cabo eleitoral, quanta incompetência do Fruet e sua fraca equipe.

  3. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 11:07 hs

    Quantas vezes o alcaide foi trabalhar de “bicicreta” depois da posse??

  4. gustavo
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 11:12 hs

    Que legal. Levaram meses para consertar uma calçada no bairro Batel, imagine um metrô. Ficará pronto no ano de 2028 e custará a bagatela de 35 bilhões, no mínimo. Se depender dos politicos, o custo quintuplicará devido ao NPCMIA (não pude comprar meu iate ainda) ou por causa do PMDLEB (peça mais dinheiro lá em Brasília). Tudo normal. Faz parte do custo MFCBDP (Muita festa com a bunda do povo)

  5. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 11:16 hs

    Demonstração INEQUÍVOCA de INCOMPETÊNCIA da Prefeitura.

    Perdemos 10 meses.
    Para não fidar chato, incluiram mais um pequeno trecho.

    Lembrando:

    O “novo” trecho, estava incluido na 2ª fase do Metrô.
    Não é novidade alguma.

    MENTIRA:

    Plantaram a notícia (Gazetona) que o projeto do tal VLP seria SUBSTITUTO do Metrô.

    Não COLOU.
    São coisas completamente distintas.

  6. Sergio R.
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 12:36 hs

    Vai virar as 6000 creches da Dilma,que não saem do papel.

  7. zangado
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 13:23 hs

    É o velho cacoete do parlamente que não sabe nada de gestão ou administração pública colocar a vaidade acima da sua competência e vocação.

    Bom parlamentar, seu discurso não traduz (quando traduz, pois seu palavreado é rápido e confuso …) ações eficientes na prática.

    Vamos que vamos, aos trambolhões, geralmente fazendo, ao final das contas (nós pagaremos sempre …) o que as empreiteiras querem ..

  8. Mr.Scrooge
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 13:32 hs

    Que beleza hein Guga, parece que começou a governar, já não era sem tempo. Mas até que dia mesmo é que você vai mudar de ideia? Tanta hesitação não era esperada de você, a final de contas a tua propaganda proclamava que você estava pronto, e não é o que estamos vendo na prática.

  9. Ermenegildo Zegna
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 15:46 hs

    Afinal de contas o que ele realmente quer ?????????? Uma hora é contra o metrô, outra hora quer adotar o VLP/VLT, uma outra só bicicletas e remodelar o sistema já existente, agora é a favor desde que liberem mais grana.

    Mas afinal de contas que prefeito é este que a população de Curitiba elegeu ????

  10. Chrystian
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 16:25 hs

    Com todo o respeito ao Prefeito Fruet, mas o mesmo está perdido, faz uma administração pífia, até seu Secretário elogiou o Governador Richa.

    Ademais, a ideia da foto citada é do Rafael Greca.

    Com toda certeza, sua reeleição em 2016 está bem ameaçada.

    Sds.,

    CSW

  11. chaves
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 18:37 hs

    Nova vente noticia manipulada, o custo do projeto do duci era da CIC até o centro, o projeto atual é da CIC até o Cabral, o projeto anterior pela tecnologia de superfície, causaria grande impacto negativo a economia da cidade durante a construção, o projeto atual minimiza este problema e o projeto VLT não tem nada haver com o que foi noticiado ontem.

  12. Anônimo
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 23:15 hs

    Ora, quanta maldade! Ele só está um pouco indeciso. Normal. Lá por dez/2015 vem a decisão final sobre esse espinhoso assunto!

  13. Maria fuxiqueira CWBmacumbeira
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 12:06 hs

    Mas sao umas antas mesmo,este povo parece que anda na marcha lenta ,VLT ou Monotrilho JA além de ser Mais barato em 2 anos fica pronto acordem suas lesmassssss

  14. marco
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 18:39 hs

    pelo amor de Deus.. curitiba nao precisa de metro.. basta melhorar o trasnporte público que paramos de vir para o trabalho de carro..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*