Fábio Camargo eleito para o TC | Fábio Campana

Fábio Camargo eleito para o TC

Por 27 votos, contra 22 dados a Plauto Miró Guimarães, Fábio Camargo venceu a eleição para conselheiro do Tribunal de Contas.

O candidato Tarso Cabral Violin, que milita no PT, teve apenas dois votos dos sete da bancada petista. Os de Tadeu Veneri e Luciana Rafgnin.

O candidato Paulo Roberto teve um voto.


13 comentários

  1. Reinaldo
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 10:35 hs

    Enio Verri disse tudo: “O grupo de comunicação RPC/Gazeta do Povo foi o grande derrotado porque passou os últimos dois meses fazendo campanha contra a eleição de Fábio Camargo, filho do presidente do Tribunal de Justiça, Clayton Camargo”.

  2. Lucia
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 11:08 hs

    o que mais entristece e ver pessoas defendendo um abuso como esse, acho que não temos mais jeito mesmo, e melhor aceitar a derrota e entender que somos um pais de terceiro mundo e nunca chegaremos ao desenvolvimento tão falado. Concordo quando dizem que se colocar os políticos dentro dum saco, iremos perder o saco. Ver deputados comemorando essa palhaçada e muito preocupante. Precisamos voltar às ruas urgentemente, parece que eles não entenderem bem o que queremos…

  3. Tisa Kastrup
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 11:20 hs

    QUANDO A POLÍTICA PENETRA NO RECINTO DOS TRIBUNAIS, A JUSTIÇA SE RETIRA POR ALGUMA PORTA.
    (François Guizot – 1787-1874)
    Foi realmente lamentável a eleição de um político que é filho do presidente do Tribunal de Justiça para o Tribunal de Contas do Estado, cargo este que é VITALÍCIO. Nesse passo, levaremos uma vida inteira e jamais limparemos a escória política do nosso país.

  4. Clovis Galhardo
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 12:12 hs

    Vai iniciar uma nova “carreira”.

  5. Ney Camargo
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 12:19 hs

    É igual eleição de papa, qualquer cidadão pode ser eleito mas atá agora só bispos chegaram lá . No Tribunal de Contas do Paraná só
    políticos chegam lá. assim caminha a humanidade.

  6. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 12:48 hs

    Espera-se que seja este o último conselheiro a preencher vaga pelo critério de indicação política.
    Inconcebível a afronta à ética, a transparência e uma afronta à democracia, um tribunal composto por fiscais indicados pelos fiscalizáveis.
    Dai, a sucessão de aprovações de contas com ressalvas. Esquisito. Melhor, suspeito.
    E a minha referência e indignação não se limita ao Tribunal de Ressalvas de Contas do Paraná, mas se estende a todas as cortes brasileiras, os supremos, todos, enfim.

  7. Povo
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 12:51 hs

    Quantos comentários apoiando o Camarguinho, bando de baba-ovo que vai choramingar uma vaga de assessor… vão procurar um emprego digno ou passar em um concurso público em vez de se vender a esses corruptos! Eu gostaria de saber quem foram os 3 deputados que votaram nos técnicos, quem souber divulgue. Aos outros espero que sejam varridos da Assembleia nas próximas eleições.

  8. Aprendendo a contar
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 13:47 hs

    Se a gazetilha soubesse contar não falaria asneira!

    52 estiveram presentes na votação. Fábio e Plauto não participaram da votação. Maioria é 27.

    Imagine de que adiantaria um segundo turno: os 27 permaneceriam em Fábio camargo e se todos outros fossem em Plauto ele teria 25, ou seja nada aconteceria, pois Camargo teve a maioria dos votos na primeira votação.

    Se na eleição eu estiver dentro do colégio eleitoral e não comparecer até a urna eletrônica, eu não participei, nem estive presente na eleição. Foi o que aconteceu na ALEP.

    Apenas 52 estiveram presentes na eleição, pois somente 52 cédulas de votação foram depositadas na urna.

    Quanto choro de perdedor. A invés de chorar agora, deviam ao menos ter mobilizado as bancadas de oposição, por exemplo.

  9. terça-feira, 16 de julho de 2013 – 14:27 hs

    é uma vergonha, mais sabiam que ia ser assim, bem feito pro povo saber em quem votar.

  10. Anônimo
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 14:31 hs

    Ainda tem gente que dá parabéns para o vencedor.Sinto vergonha pelos deputados que lá estavam, quanta falta de carater e hombridade.

  11. Cácio
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 14:58 hs

    Mesmo sabendo que o povo não queria um Deputado como novo Conselheiro do TC, os deputados CAGARAM pra vontade do povo. Mostraram que fazem o querem, quando querem e ninguém tem nada a ver com isso. Por isso repito, o sistema é articulado nos 3 poderes, mas para nós, ele é FALIDO, totalmente FALIDO! Analogicamente, com as devidas proporções, o filme Tropa de Elite 2, fala sobre tudo q aconteceu e que acontece.

  12. terça-feira, 16 de julho de 2013 – 17:39 hs

    Tudo continua como antes,nos castelos dos malandrantes!!!!!

  13. Desisti
    terça-feira, 16 de julho de 2013 – 21:50 hs

    acho que FC e TC se merecem…simples assim…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*