Brasil pode ter sido uma escolha errada como sede da Copa, diz Blatter | Fábio Campana

Brasil pode ter sido uma escolha errada como sede da Copa, diz Blatter

Da Associated Press:

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse que o Brasil pode ter sido a escolha errada como país-sede da Copa do Mundo de 2014 se o torneio for afetado por protestos sociais semelhantes aos que aconteceram no mês passado, durante a da Copa das Confederações.

Blatter disse à agência de notícias alemã DPA que, se os protestos acontecerem novamente, “temos de questionar se tomamos a decisão errada” de dar os direitos de sede ao Brasil.

Centenas de milhares de brasileiros saíram às ruas durante o torneio preparatório para a Copa, em junho passado, exigindo melhores serviços públicos e questionando os custos para sediar a Copa do Mundo.

Após a Copa das Confederações, a Fifa falou com o governo brasileiro sobre as manifestações. Blatter diz que, agora, está ciente de que no próximo ano a Copa do Mundo não deveria ser atrapalhada. O presidente da Fifa ainda disse que vai discutir o assunto com a presidente Dilma Rousseff, em setembro, no Brasil.

POLÊMICA

Durante entrevista após o título do Brasil, no último dia 30, o técnico da seleção, Luiz Felipe Scolari, se recusou a responder uma pergunta sobre os protestos populares pelo país durante a Copa das Confederações.

Um repórter perguntou em inglês sobre o tema, e Felipão fechou o semblante e foi seco. “Não. Essa não é minha área. Não posso falar nada”, disse o técnico.

No dia da final, um grupo de cerca de 500 manifestantes protestou desde às 16h ocupou a avenida Maracanã, um dos principais acessos ao estádio, na zona norte do Rio. Com isso, a dispersão dos torcedores que assistiram à decisão foi comprometida.

MUDANÇA

O presidente da Fifa também afirmou nesta quarta-feira que a Copa do Mundo do Qatar, em 2022, deve ser realizada no inverno do país, entre janeiro e março, para fugir do forte calor do verão, e admitiu que discutirá o assunto em reunião da entidade máxima do futebol.

“Temos que proteger os jogadores. Na próxima reunião do Comitê Executivo da Fifa, em outubro, adotaremos esta decisão. Tenho certeza que os membros do Comitê Executivo não me deixarão na mão”, disse Blatter em entrevista ao site do jornal alemão “Bild”.

O dirigente ainda argumentou que a competição deve ser uma “festa popular”, assim, mesmo que os estádios sejam climatizados, não há como diminuir a temperatura em todo o país.

Blatter não deu detalhes de como essa mudança deve acontecer. Sem não tiver alterações até 2022, a Copa do Mundo será disputada em junho ou julho, no fim da primavera e início do verão do Qatar.

Em maio, Blatter disse considerar “irracional” jogar o Mundial no calor escaldante do país, onde a temperatura pode superar os 40º graus nos meses de verão. Sem citar nomes, o presidente da Fifa comentou que os eleitores foram influenciados pela pressão em levar a Copa do Mundo para o Oriente Médio pela primeira vez.

O Qatar, por sua vez, está se apressando em desenvolver uma tecnologia de refrigeração eficiente e alimentada por energia solar, para instalar em seus estádios e poder fazer frente ao forte verão do Oriente Médio durante a Copa de 2022.


28 comentários

  1. Flávius
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 17:23 hs

    Então é assim, todo mundo se acha no direito de questionar nossos direitos. Haja saco…

  2. Noé da Arca
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 17:27 hs

    Pois é o unico País que enfrentou esta entidade…vamos Brasil na Copa tem mais, na Bola e no apito de rua…

  3. INTRUSO
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 18:24 hs

    AS COPAS REALIZADAS NOS ANOS 50 A 70 ERAM POR SATISFAÇÃO. AS DE HOJE NÃO. SERVEM PARA GERAR MONTANHAS DE LUCROS.
    É A SELVAGERIA DO CAPITALISMO!!!!!

  4. VISIONÁRIO
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 18:24 hs

    Agora que o Sr. Blatter descobriu !? Através de manobras radicais
    do PT e do Lula, equivocadamente acabou o Brasil sendo “contem-
    plado” para sediar a Copa do Mundo e as Olimpíadas. É um grave
    erro para todos nós que não temos nenhuma infraestrutura para o
    evento de tal magnitude. E o pior é que tudo se faz às pressas e su-
    perfaturado com a bênção dos políticos safados. O final desta novela
    todo mundo já sabe:- vexame para o mundo e dinheiro da saúde e
    educação sumindo para a realização dos dois eventos que no mo-
    mento é totalmente inviável. Com certeza os movimentos sociais an-
    ticorrupção vai piorar e muito a realização das obras…

  5. loop
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 18:48 hs

    Que homem sensato.

  6. OCIMAR
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 19:07 hs

    AÍ GALERA,VAMOS TODOS PRA RUA PROTESTAR,A HORA É AGORA.

  7. salete cesconento de arruda
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 19:09 hs

    Sei.
    Ele queria um país onde o POVO não soubesse o que faz a FIFA.
    Faz sentido.

  8. Da Rua
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 20:03 hs

    A pelegada toda se achando ao enganar o povão
    A CPI da COPA se faz necessário para saber quanto a turma lulopetista levou nessa patifaria

  9. dani
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 22:29 hs

    Que vergonha! O país não precisava desta humilhação feita por políticos irresponsáveis, que fizeram a Copa vir para o Brasil, que fazem qualquer coisa para aparecerem sem medir as consequências e que não estão nem aí para a imagem do país. Agora, mais uma vez os “gringos” “se acham” encima dos brasileiros. Normal! Com os nossos políticos até as baratas “se acham” encima dos brasileiros! A política e o futebol sempre estiveram juntos no Brasil. Enquanto o povo torce por seu time, ele se aliena e não briga por seus direitos por isso que é o futebol tão útil para os políticos. Alguém já percebeu a quantidade de empresas públicas, como a Caixa e a Petrobrás, que patrocinam grandes times de futebol. Estes órgãos públicos não investem na educação mas, investem no futebol. E o próprio Banco do Brasil que financia a seleção. Quanto que vocês acham que o banco paga por cada “estrela” da seleção??? Com certeza chega a milhões!! Isso pode ser dentro da lei, mas não é moral!

  10. quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 22:46 hs

    A Copa do mundo no Brasil foi a pior idéia do ex-Presidente LULA, visionário e ilusionista, firmou o compromisso querendo atrair simpatizantes-torcedores, tendo em vista de sermos considerado o País do Futebol e do Carnaval. Este país quer que medidas sejam tomadas para atender os anseios da população tais como: SAÚDE, SANEAMENTO BÁSICO, TRANSPORTE condizente com aquilo que o povo necessita, o fim: da CORRUPÇÃO; dos CARTÔES CORPORATIVOS; das MORDOMIAS existentes nos três Poderes; etc,etc. Os estádios construídos em nosso continente, muitos deles virarão gigantes adormecidos, pois os clubes desses estados não têm torcedores capazes para serem lotados.Só uma mente insana poderia admitir tal possibilidade. Todo país emergente primeiro precisa atender as prioridades do povo para depois pensar na gastança pública sem necessidade concreta.

  11. Pedro Rocha
    quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 23:15 hs

    Calma Sr. Blatter! – A FIFA não cometeu nenhum erro! – Quem cometeu o maior erro de sua história, foi o Brasil, ao eleger esse estrupício chamado lulla, e sua currumalha, ávidos por tentar enganar o povão, dando-lhes pão e circo!
    Lulla; Dilma & Cia, deveriam ser responsabilizados criminalmente por esse insano ato!

  12. quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 7:27 hs

    Essa investem em estadios superfaturados, enquanto o povo pacato de nosso país morrendo na fila do SUS. A fifa vem enche o emborna sem gastar um centavo e sai falando grosso de nosso país. Mas o povão da acordando. Na copa das confederações foi só um começo. O ano que vem o bicho vai pegar éh esperar para ver.

  13. CARUNCHO
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 8:21 hs

    EM 1978 O PRESIDENTE JOÃO FIGUEIREDO NÃO ACEITOU A COPA NO BRASIL. DISSE A FIFA, QUE O PAÍS PRECISAVA DE SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA E NÃO DE ESPETÁCULOS QUE ENCHERIAM A FIFA E OS BOLSOS DOS SEUS DIRIGENTES DE DINHEIRO. JOÃO HAVELANGE, ENTÃO PRESIDENTE DA FIFA, TENTOU DE TODAS AS MANEIRAS CONVENCER O PRESIDENTE FIGUEIREDO, MAS NÃO CONSEGUIU. MAS OS POLÍTICOS DO PT PENSAM EXATAMENTE O CONTRÁRIO.SÓ QUEREM ENCHER SEUS PROPRIOS BOLSOS E DOS DIRIGENTES DA FIFA .

  14. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 8:30 hs

    -Este pronunciamento do Sr. Blatter não me convence e ainda o pior está por vir, principalmente, com esta declaração que deixa à entender que a FIFA não admitirá que ninguém estrague sua “maravilhosa festa” do futebol….não será de se estranhar que a caso os movimentos sociais se manifestem com mais ênfase, a repressão será mais violenta…
    -A Copa do Mundo sempre foi fachada para se ganhar muito dinheiro de forma fácil e pouco controle…alguém duvida????
    -Fora as “grande obras” padrão FIFA em estádios, que após a final da copa, ficarão como elefantes brancos, com grandes investimentos enterrados e sem nenhum retorno….só no Brasil…
    -Depois concluo que o Brasil é um país muito rico mesmo, pois injetar dinheiro em projetos, que todos sabem, não atendem ás necessidades da maior parte da população….só no Brasil….

  15. wal
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 9:03 hs

    ele achava que ainda era o psdb que governava, onde se escondia tudo do povo

  16. MARIA REBOLADEIRA
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 9:09 hs

    Ai meu Deus, como vai ser minha vida a partir desta declaração da FIFA? Levem a COPA para os USA, mas experimentem deixar o BRASIL de fora, pois não tá participando das eliminatórias.

  17. tadeu rocha
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 9:11 hs

    EU ESTOU CONCORDANDO COM BLATTER,AMO MEU BRASIL, NAO EXISTE LUGAR DO MUNDO MELHOR QUE O NOSSO BRASIL, OLHE NO BLOG DO ESMAEL, VEJA OS LUCROS DA GLOBO DA RECORD ETC… VEJAM,,,, É ISSO QUE A SAUDE ESTA ASSIM NO BRASIL SEGURANÇA ETC,, NAO PODE TER DINHEIRO MESMO, O BRASIL PRESIZAVA MUDAR TUDO COM URGENCIA, QUE PAIS RICO QUE É O BRASIL , PARA SAUDE SEGURANÇA ESTA ASSIM, ESSES MENSALAO DINHEIRO NA CUECA ETC…. VAMOS DAR UM BASTA BRASIL…. BRAZIL…..

  18. A Sociedade Responde
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 9:17 hs

    Ele que vá tirar satisfação com o Lula e seus cupinchas que ‘maquinaram’ os interesses para trazer tais eventos sabendo que o cascalho era farto, sem fiscalização adequada e bom para os associados, vinculados, consorciados e apaniguados do sistema.

    Quem protestou, a bem da verdade, foi a sociedade decente. Aquela que não está com o rabo preso nos cofres públicos. Ou estou enganado?!

  19. Lais
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 10:06 hs

    Concordo com você, deveriam investir mais em educação, assim não correríamos o risco de ver uma pessoa escrever que os gringos se acham “encima” dos brasileiros, ao invés de escrever “acima” dos brasileiros.

  20. Saul de Lima Brenzink
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 10:38 hs

    O país não deveria ter se candidatado para receber a copa do mundo, nem tampouco olimpíadas, num pequeno intervalo de tempo.
    O governo PT tentou passar ao mundo que o Brasil se encontrava num momento de ouro social e financeiramente e estava preparado para os maiores eventos do planeta.
    Os assuntos escusos para as candidaturas todos sabem. Verbas públicas seriam destinadas aos montões para realização de estádios e infraestruturas, principalmente nas cidades sedes. Tivemos recentemente a experiência nos jogos Pan-americanos e Copa das Confederações. Valores calculados previamente se tornaram somas astronômicas no custo da organização. Muito das verbas todos sabem onde foi parar. Foi dinheiro em cuecas, por baixo de roupas e outros locais não publicáveis. E, quase tudo com dispensa de licitação, em caráter de emergência.Prática comum para apropriação de verbas públicas.
    E estamos vivenciando a mesma prática agora.
    Mas o povo brasileiro deu o ar de sua graça manifestando-se em tempo, reivindicando melhorias e contenção no gasto público. E agora a dona FIFA através do seu presidente vem alegar que foi um erro indicar o Brasil como sede da copa, só agora?

  21. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 12:08 hs

    De fato, foi o Brasil, pela vontade narcisista-ególatra deste ser que se julga um semi-deus, cognominado de Lula, que tudo fez para trazer a copa ao país. Conquanto seja a Fifa uma das entidades mais suspeitas do globo, envolvida em denúncias de escândalos de negociatas e corrupção, a verdade é que a copa pertence a ela, é o grande negócio do futebol, que não passa de um negócio no mundo inteiro. O Brasil, cuja maior qualidade – visível a olho nu em qualquer parte ou cidade – é a esculhambação, a chacrinha e o improviso, chamou para si as atenções e os olhos do mundo inteiro para enxergar com lupa nossa triste realidade, que a propaganda lulopetista, inspirada no stalinismo, tenta pintar de cor-de-rosa choque. Mentira tem perna curta.

  22. quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 12:25 hs

    Total falta de critério para decidir o que é importante para o País. Como o bocudo do Ronaldo falou que uma copa do mundo não se faz com hospitais, fala isso porquê não depende do atendimento público de saúde do Brasil, se dependesse estaria nas ruas protestanto e exigindo sim um atebdimento digno e de qualidade, essa é uma obrigação institucional, legal do Estado para com o Cidadão, o Estado existe para isso, não para atender interesses escusos e criminosos da cartolagem que orbita a FIFA, evidentemente que com a devida compensação aos Gestores da máquina pública, uma divisãozinha do “quantum” que cabe a cada um na divisão do bolo para se aprovarem na “calada” da noite tantos aditivos contratuais que aumentaram escandalosamente os custos desses verdadeiros “elefantes brancos” espalhados pelo Brasil… CPI da copa já, urgente!… Não ficará pedra sobre pedra, exatamente como foi a “implosão” de alguns estádios para atender a “URGÊNCIA E RELEVÂNCIA DA FIFA”… Não da Nação, dos Cidadãos e dos interesses legitimos e democraticos da população… A quem interessa uma copa do mundo aqui no Brasil? A quem?… A meia dúzia de endinheirados e abastados, à elite economica do País, porquê o grosso, a massa o conjunto da população não vai se beneficiar com nada, nada x nada… Dizem que vai ficar um legado, legado? “PQP” que legado é esse?!… Não vejo nenhum, nenhumzinho, neca de pitipiribas… CPI DA COPA JÁ…Chega de sermos enganados…

  23. cesar - barraquinha
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 14:13 hs

    não vou a estadio nenhum, em momento nenhum, em nada que seja em estádio, nada. Mas sou a favor da copa. Sou contra o roubo, contra a corrupção. Que seja colocado atras das grandes, com trabalho forçado. mas….

    Que venha a copa. Quem é contra é um desinformado.

  24. Josi
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 14:18 hs

    O povo feio!!!!!

  25. arne saknussen neto
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 17:06 hs

    Se a copa fosse só no Paraná seria diferente. Aqui não temos políticos desonestos, jamais usariam dinheiro público de forma a favorecer interesses privados. As obras de infraestrutura estariam prontas há pelo menos 2 anos e toda a população já falaria inglês.

  26. adalgiso pessogna
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 17:09 hs

    Dani: quem financia a seleção de futebol é o Itaú. O Banco do Brasil financia (há muito tempo) a seleção de vôlei. Diga-se, a bem da verdade – que a seleção de vôlei é muito mais vitoriosa e mais barata que a de futebol. E os jogadores não são primas-donas.

  27. NA CORDA BAMBA
    quinta-feira, 18 de julho de 2013 – 20:33 hs

    Depois de tanta gastança e roubalheira o Brasil vai sediar a tão
    sonhada Copa do Mundo. Pura ilusão. O povão não vai nem chegar
    perto do estádio. Acompanhem o preço dos ingressos…

  28. Anônimo
    quinta-feira, 12 de dezembro de 2013 – 16:07 hs

    que hj

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*