Apenas 40 dos 4,4 mil motoristas e cobradores receberam kit de inverno | Fábio Campana

Apenas 40 dos 4,4 mil motoristas e cobradores receberam kit de inverno

Da Banda B:

Menos de 1% dos motoristas e cobradores da Rede Integrada de Transporte (RIT) receberam o kit de inverno das empresas de transporte coletivo até a última sexta-feira (26). Isso significa que apenas 40 dos 4,4 mil trabalhadores receberam o material, apesar de, segundo a Urbanização de Curitiba S/A (Urbs), das empresas terem recebido parte do valor para a compra do material, cerca de R$ 180 mil, que agora terão que ser devolvidos ao Fundo de Urbanização de Curitiba.

O kit, formado por um par de luvas, gorro, pulôver e uma manta, deveria ter sido entregue até a última sexta-feira, segundo a Urbs, agora as empresas serão obrigadas a devolver os recursos correspondentes a essa despesa que foram incluídos na tarifa. No total, na repactuação da tarifa, no início deste ano, foram previstos R$ 360 mil, o que representa R$ 0,0012 na tarifa, para compra do material. Os processos administrativos para devolução dos recursos serão abertos esta semana.

A Urbs também vai pedir explicações aos sindicatos de motoristas e cobradores (Sindimoc) e das empresas de ônibus do transporte coletivo (Setransp) sobre alterações que foram feitas na composição do kit Inverno sem comunicação à Urbs.

Na semana passada, que foi a mais fria do ano, cerca de 500 cobradores receberam cobertores entregues pelo prefeito Gustavo Fruet, que visitou estações tubo à noite, conversando com os profissionais. Por determinação do prefeito, os cobradores poderão utilizar o que considerarem necessário para se aquecer nos dias mais frios.


6 comentários

  1. toninho
    terça-feira, 30 de julho de 2013 – 10:32 hs

    Devolver o dinheiro é uma coisa. Mas como ficam os cobradores? Vão entregar os ditos kits de inverno, no verão? E os funcionários da URBS, não tinha ninguém, daquele bando de gente, para acompanhar esse processo afim de que esse material fosse entregue já no começo do inverno? Empreguismo puro de um monte de incompetentes.

  2. Mr.Scrooge
    terça-feira, 30 de julho de 2013 – 10:55 hs

    E por onde o sindicato da categoria? Até vereador eles conseguiram eleger, e não conseguem um misero agasalho, um par de luvas e um de botas? Na hora de multar cobradores e motoristas pelas mancadas que eles dão, a Prefeitura é rapidinha, e as empresas também. Mas na hora de com as obrigações é aquela moleza. Vamos empurrando com a barriga, daqui a pouco o inverno termina, e enrolamos mais um ano.

  3. jose dos santos
    terça-feira, 30 de julho de 2013 – 11:05 hs

    Onde estava os pelegos do sindicato?

  4. Coelho Ricchete
    terça-feira, 30 de julho de 2013 – 16:28 hs

    Nossa, o prefeito re-agiu na metade do inverno! Que rápido! kkkk

  5. Anônimo
    terça-feira, 30 de julho de 2013 – 19:58 hs

    ISSO NO FUNDO SÓ VEM MOSTRAR QUE A URBS E AS EMPRESAS DE ONIBUS DE CURITIBA SÃO UMA SÓ COISA OU UM CONSÓRCIO.

  6. Operador
    quarta-feira, 31 de julho de 2013 – 9:16 hs

    É… Tá feio pra essa diretoria do sindimoc… Prometeram tanto e olha só, nem agasalho conseguem pra categoria… Vai se esperar o que dessa turminha? Precisamos escolher melhor nas próximas eleições!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*