Vargas desanca Buarque | Fábio Campana

Vargas desanca Buarque

“É comum ver jovens anarquistas nas ruas, mas esta é a primeira vez que eu vejo um senador anarquista dentro do Congresso.”

Do vice-presidente da Câmara, André Vargas (PT-PR), sobre o discurso em que Cristovam Buarque (PDT-DF) defendeu a abolição de partidos políticos.

Você pode assistir o discurso de Buarque em defesa das manifestações abaixo.

Do Painel da Folha de S.Paulo.


14 comentários

  1. Tag
    sábado, 22 de junho de 2013 – 13:49 hs

    Com este nível de nossos representantes fica difícil uma solução. O cara não sabe nem o que fala.

  2. Escritor
    sábado, 22 de junho de 2013 – 14:06 hs

    LAVE A BOCA PARA FALAR DO CRISTOVAM BUARQUE, VARGAS
    CALA A BOCA………………………….
    CUPINCHA DO LULA!!!!!!!!!!!!!!!!

  3. A
    sábado, 22 de junho de 2013 – 14:46 hs

    Um dos melhores parlamentares do Brasil! Bem que o Dep vargas poderia fazer um estágio no gabinete do Senador para ver se aprende como se faz politica com ética, decência, respeito e sobretudo espirito republicano.Não é só no Brasil que há uma crise de representação partidária…Mas aqui, mantemos fortemente o velho estilo…Daí que partidos entre nós não tem muito significado ou importância.

  4. José Diniz
    sábado, 22 de junho de 2013 – 14:54 hs

    Alguém precisa explicar ao senhor André Vargas, que anarquia não é sinônimo de baderna.
    Anarquia é um regime democrático, sem chefe e, de forma solidária.
    Criado entre outros, por Oscar Wilde, foi defenestrado no Brasil pelo Presidente Getúlio Dorneles Vargas, que taxou o regime de baderna.
    Logo, o Deputado Vargas errou feio, na nomenclatura de baderna.
    Mas o pior erro, foi criticar uma pessoa que mais entende de educação nesse país, demitido por telefone pelo então presidente lula, por agir de forma correta no Ministério da Educação. Cristovam Buarque merece respeito, senhor deputado.

  5. NA CORDA BAMBA
    sábado, 22 de junho de 2013 – 15:31 hs

    Andre Vargas, guardem bem este nome. A besteira que este cara
    fala é de doer na alma. O que o Senador Buarque fala em plenário
    é a pura verdade…

  6. carlos a.r.
    sábado, 22 de junho de 2013 – 15:44 hs

    Pena que esse homem não foi eleito presidente ele era o unico que tinha como prataforma de governo a educação.Por defender a educação recebeu 3% de votos.Num pais sem educação nunca vai ter justiça social.No momento é preciso investir 70 % em educação, para que daqui a vinte anos as diferenças sociais diminuam.

  7. SPRING
    sábado, 22 de junho de 2013 – 16:58 hs

    Esse André Vargas deveria ser expulso da politica brasileira, gente o cara só da bola fora, alias, é por isso que pe lider dos PTRALAS na camara,

  8. Marcos Domakoski
    sábado, 22 de junho de 2013 – 18:20 hs

    Uma das vozes mais lúcidas deste nosso pais! Até agora não vi nenhuma proposta melhor do que a do Senador Cristóvão Buarque, para materializar o sentimento de decepção generalizada da população Brasileira com a classe política! A extinção dos partidos políticos e a convocação de uma Assembleia Constituinte exclusiva para fazer a reforma política e eventualmente a reforma Administrativa para enxugar este monstro pesado, me parecem que pode ser um caminho para responder de maneira objetiva aos anseios e frustrações da sofrida nação brasileira!

  9. Ed
    domingo, 23 de junho de 2013 – 10:59 hs

    Quem é esse André Vargas perto do Senador Cristovam Buarque? É só comparar o currículo dos dois! Aliás, é só pegar os artigos e postagens do André Vargas que veremos um monte de erros de português e de concordância. O Senador Buarque, para início de conversa, sabe escrever corretamente.

  10. SYLVIO SEBASTIANI
    domingo, 23 de junho de 2013 – 12:57 hs

    Deputado André Vargas, quanto tempo o senhor está no Congresso, quanto tempo o senhor está na politica, quanto tempo o senhor está no PT. Já estava no PT quando da fundação?
    Para dizer e afirmar:”É a primeira vez que vejo um Senador anarquista dentro do Congresso”.
    Primeiro precisa informar o que acima pergunto.

  11. domingo, 23 de junho de 2013 – 13:38 hs

    O pronunciamento do nobre Senador Cristovam Buarque é a verdade nua e crua do que está ocorrendo em nosso país, disse o que muitos pretendiam dizer e não souberam se expressar de maneira correta e eficaz. O povo está saturado das promessas não cumpridas. O Brasil começou a despertar, se desvinculando do berço esplêndido em que esse governo está deitado ( pensando ) eternamente. A Presidente tem que entender que ela nada mais é do que nossa funcionária,nossa gerente, nós, o povo brasileiro, somos, na realidade os verdadeiros patrões, isso a maioria não se dá em conta. A advertência já foi dado pelas manifestações de grande parte da população ordeira e pacífica que não acatam mais essa política do “faz de conta” que está tudo as mil maravilhas.Logo virá o Cartão amarelo e tão logo daremos o vermelho para esses que querem se PerpeTuar no poder por mais de vinte anos como os mesmos professam.

  12. Bacharel em Direito
    domingo, 23 de junho de 2013 – 14:02 hs

    QUAL É A MORAL QUE ESSE TAL DE DEP. ANDRÉ VARGAS TEM? PRINCIPALMENTE DIANTE DO SENADOR BUARQUE.

    QUANDO ABRIU A BOCA, SÓ FALOU ASNEIRA, MAS UM LIXO DO PT QUE DEVERÁ SER LIMPO NAS URNAS EM 2014.

  13. Rudmar Luiz Pereira dos Santos
    domingo, 23 de junho de 2013 – 15:07 hs

    Certamente inveja o comportamento republicado e a coragem política do senador Buarque. Churchill disse que “A verdade é inconvertível, a malícia pode atacá-la, a ignorância pode zombar dela, mas no fim, lá está ela.” A verdade realmente é inconvertível, e certamente, depois desse histórico ponto de inflexão, estará presente em 2014!

  14. Jose
    segunda-feira, 24 de junho de 2013 – 9:28 hs

    mas que é andré vargas, para falar de Cristovam Buarque, brincadeira né, e o duro que ainda se elege, o país de cabeça pequena.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*