PT quer mesmo é a censura à imprensa, diz Guzzo | Fábio Campana

PT quer mesmo é a censura à imprensa,
diz Guzzo

J. R. Guzzo, na VEJA

A CHAVE ERRADA

Os governos do PT perseguem, há mais de dez anos, duas coisas que não existem e por isso, precisamente, nunca conseguirão encontrar nenhuma das duas. A primeira é a fantasia segundo a qual a imprensa livre, que vive expondo seus desastres e conta com a admiração da maior parte do público que acompanha o noticiário, perceba um dia que tem pelo menos três obrigações.

1. Para começo de conversa, precisa admitir “controles sociais”, aceitando algum tipo de supervisão, ainda não definido, sobre o que escreve, fala ou mostra em imagens, por parte da “sociedade”.

2. Além disso, teria de levar em consideração, por respeito à vontade do eleitorado, os méritos de governos colocados na Presidência da República há três eleições seguidas.

3. Enfim, deveria desistir do tiroteio que faz em suas informações e opiniões a respeito da inépcia, da corrupção e da burrice da administração, em reconhecimento aos fenomenais índices de “popularidade” tanto do ex-presidente Lula como da presidente Dilma Rousseff.

A segunda quimera é que gastando dinheiro público para criar e sustentar uma imprensa “a favor”, pelos mais variados truques à sua disposição, conseguirá anular a voz dos meios de comunicação independentes e levar o jogo, pelo menos a um honroso empate.

Essa busca, como no samba Ronda, é inútil, mas o PT, Lula e a sua tropa não desistem: ao contrário, insistem em encontrar a chave capaz de abrir uma solução definitiva para seus problemas com a “mídia”, como gostam de dizer. Mas perderam essa chave no quintal, e estão procurando no jardim. Não vão achar.

Não há registro na história de imprensa que tenha mudado de hábitos ou de conduta por causa de discursos, “audiências públicas”, passeatas de estudantes e sindicalistas pagos pelo governo, ou, para resumir, “pressões da sociedade”. Também não se conhecem casos de autocrítica, arrependimento ou remorso que tivessem levado algum meio de comunicação, por sua própria vontade, a mudar de linha na seleção do noticiário que publica ou em suas opiniões.

Órgãos de imprensa só mudam pela aplicação da força bruta, o que exige a montagem de uma ditadura, ou em troca de dinheiro, caso em que deixam de ter o valor que tinham e passam a não servir para nada.

Nada disso é um dos três segredos de Fátima.

Políticos em primeiro mandato já sabem que a imprensa não se incomoda com ataques verbais, barulho de “setores populares” ou mesmo com o bom e velho empastelamento das máquinas, que hoje se transformou em opção inválida — vá alguém tentar quebrar, no braço, uma impressora Cerutti 7, ou uma Frankenthal-KBA Commander CL, para ver o que acontece.

Ninguém está ligando, também, para os 101% de popularidade de Lula e Dilma ou para os boletins do TSE com os resultados das últimas eleições.

Veículos da imprensa livre só têm medo, de verdade, de uma coisa: censura prévia.

Por via de consequência, como gostava de dizer o ex-vice-presidente Aureliano Chaves, o PT tem uma única pergunta a se fazer: dá ou não dá para instalar censura prévia à imprensa, televisão e rádio no Brasil de hoje, sem falar na internet? Se chegarem à conclusão de que não dá, deveriam desistir de ficar procurando a chave no lugar errado e sair atrás de alguma outra coisa para fazer.


15 comentários

  1. gilberto bondan
    sábado, 22 de junho de 2013 – 23:04 hs

    Apesar de nao ser petista acho que este idiota deve ser um daqueles vandalos

  2. Da Rua
    sábado, 22 de junho de 2013 – 23:49 hs

    “Movimentos sociais” ligados ao PT ameaçam usar balas de verdade contra manifestantes pacíficos. É caso de polícia!
    http://coturnonoturno.blogspot.com.br/2013/06/movimentos-sociais-ligados-ao-pt.html

  3. Vigilante do Portão
    domingo, 23 de junho de 2013 – 9:13 hs

    Caso releiam meus comentários antigos, poderão observar que venho que venho “cantando essa pedra”.

    Dizia, já em 2010:

    “Estamos cansados das mentiras…”;
    “O povo está farto de ser enganado…”.

    Pois é.

    Falava das “inaugurações” de obras inacabadas;
    Da falta de segurança e de PUNIÇÃO para bandidos;
    Das CPIs INúTEIS;
    Contava sobre as “falsas” liberações de verbas.
    Dizia da “Enganação” (de todas as esferas de governo), anunciando “EMPRÉSTIMOS” como se fossem “INVESTIMENTOS”.

    Na verdade, os governos imaginaram que “comprariam” o silêncio eterno com migalhas e com propaganda, explico:

    Para o POVÃO,
    Deram crédito fácil e Bolsa isso e aquilo;
    Para a Classe média, abriram “centos” cursos em Faculdades e liberaram financiamentos de imóveis e carros;
    Para os abastados, deram créditos do BNDES e viabilizaram incentivos fiscais.
    Às mídias, principalmente redes de TV, abriram as burras da Caixa, B. Brasil, Petrobras, etc. .

    TUDO regado com MUUUUUUIIIIIITTTTTAAA PROPAGANDA.
    De troco, para todos,
    Trouxeram a Copa das Confederações, Copa do MUNDO e Olimpíadas.

    O sonho começou a ruir quando chegou a fatura.

    Os desmandos da Gestão LULA, com crescimento anômalo de 7,6%, EXPLODIRAM as bases da Economia.

    Quam não gosta de apresentar um crescimento de 7,6%?

    Acontece que, como toda fantasia (ou milagre, como diria o Delfim), um dia a realidade volta.

    Voltou!

  4. luiz
    domingo, 23 de junho de 2013 – 9:39 hs

    Não existe receita para essa questão.

    “Deixem a mídia à vontade e ela terá poder para vender os destinos da sociedade, tanto quanto os Governos que a criticam.
    Deixem os Governos à vontade e eles terão poder para vender os destinos da sociedade, tanto quanto a mídia que os criticam.”

    Tudo depende das pessoas e não dos meios, uma Nação usa todos os meios para manter-se unida, mesmo nos momentos de divergência.

  5. Helena
    domingo, 23 de junho de 2013 – 9:44 hs

    Os vândalos do passado são hoje os que estão no poder, e os vândalos de hoje, com os rostos encobertos, estão escondendo o QUÊ??? PAU NELES!!! Quem se esconde faz badernas, roubam e qubram tudo… não tem legitimidade de reivindicar nada, É VÂNDALO MESMO, ENTÃO PAU E CADEIA NELES, JUNTO COM OS CORRUPTOS QUE SÃO LADRÕES E ASSASSINOS INDIRETOS…

  6. luiz
    domingo, 23 de junho de 2013 – 9:51 hs

    Então uma corrente da mídia critica o Governo que quer calar-lhe!
    Imediatamente abaixo vem um simpatizante do Governo e lança a ameaça de alta violência contra os manifestos, que por sua vez vem se tornando cada dia mais destruidores.
    A próxima fase deste circo será regada a sangue, pois assim querem os atores que comandam a mídia e as armas.
    Temos uma Nação?
    Ou seremos vítimas daqueles que manobram as massas!

  7. antonio
    domingo, 23 de junho de 2013 – 10:34 hs

    Fabio, a Veja não tem mais credibilidade e gerou muita antipatia.
    Melhor seria vc não repicar notícias deles. Sempre tendenciosas e de um órgão agonizante.

  8. Palpiteiro
    domingo, 23 de junho de 2013 – 12:13 hs

    Onde está Lula, o farsante-geral da república lulopetista? Fugindo do povo? Com medo de sr associado ao mal geral e ser apontado na rua? Apareça e defenda sua criatura e a fórmula monstruosa de governo que criou. Será o Dr. Jekil ou Mr. Hyde?

  9. Parreiras Rodrigues
    domingo, 23 de junho de 2013 – 15:05 hs

    Acabou-se a inanição, a submissão ao populismo e ao assistencialismo irresponsável e de cunho nitidamente eleitoral.
    A mentirosa irradiação para o mundo todo, do fim da miséria no Brasil.
    A continuação dos programas sociais inspirados por dona Ruth Cardoso, amaldiçoados por Lula quando governo, não mais consegue obscurecer a gana da rapaziada por valores maiores, como a Educação, a Saúde, e o fortalecimento dos braços da Justiça para agarrar os corruptos sob as mais diversas máscaras como as que escondem mensaleiros, lobistas, intermediários como o próprio ex-presidente, mais Palloci, Erenice Guerra, Rose de Pandora Noronha et allis. E olhem a lista do et allis é enorme. Do Executivo para o Legislativo submisso, de cócoras, é um pulo – a distância entre os dois palácios, Ai, “et allis” se encomprida, até mesmo pela participação dos mais de 300 picaretas conforme dito por quem se lhes remeda hoje. E as cortes, todas elas, a de Contas, a Eleitoral, os Supremos da Justiça permeadas por convivas do Executivo, para lhe ser, claro, dócil e grato.
    Muque, rapaziada, não nas vidraças, nos caixas eletrônicos, nos prédios públicos e privados, muque na moleira dos que se punham sempre na sombra da impunidade, crendo nas sempre decantadas passividade e cordialidade dos brasileiros. Catilina abusou demais.

  10. Pedro Rocha
    domingo, 23 de junho de 2013 – 18:03 hs

    O Gilberto não tem cara de petista, mesMo! – Deve ser do PSOL, do PSTU, ou dos ANARQUISTAS DE RUA, formados nas atuais universidades federais sem partido, que agora lutam pra implantar a tal DEMOCRACIA LÌQUIDA!

  11. Elton
    domingo, 23 de junho de 2013 – 20:19 hs

    Da Rua,
    Se você fosse mesmo de onde diz que é: da rua! Saberia quem é que está por trás dessas manifestações: a juventude do PSDB. O problema dessa juventude foi não ter calculado o passivo político que vai sobrar para o seu partido na disputa do ano que vem – Foram ingenuos ao avaliarem que só o PT sairia abalado dessa história. Sobrou para todos os partidos e principalmente para aqueles que só apoiam manifestações no discurso ou para se autopromoverem.

  12. Marta Maria
    domingo, 23 de junho de 2013 – 20:25 hs

    Pt nunca mais!

  13. Gardel
    segunda-feira, 24 de junho de 2013 – 8:58 hs

    Para o PT, democracia e liberdade de expressão, são tabus. Quem critica ou discorda do governo, é inimigo da pátria. A censura, tira das pessoas, o sagrado direito de terem livres acesso a informações. O PT trabalha incessantemente no seu projeto de dominação do Brasil, Diretório Nacional do PT pediu a sua militância a coleta de assinaturas para apresentar ao Congresso Nacional um projeto de lei de iniciativa popular. Não seria a hora dos opositores dessa quadrilha fazer o mesmo?

  14. Gardel
    segunda-feira, 24 de junho de 2013 – 9:01 hs

    Vamos coletar assinaturas e apresentar um projeto de lei de iniciativa popular contra qualquer tipo de censura a imprensa.

  15. Gardel
    segunda-feira, 24 de junho de 2013 – 9:05 hs

    Para o PT, democracia e liberdade de expressão, são tabus. Quem critica ou discorda do governo, é inimigo da pátria. A censura, tira das pessoas, o sagrado direito de terem livres acesso a informações. O PT trabalha incessantemente no seu projeto de dominação do Brasil, Diretório Nacional do PT pediu a sua militância a coleta de assinaturas para apresentar ao Congresso Nacional um projeto de lei de iniciativa popular. Não seria a hora dos opositores dessa quadrilha uma projeto de iniciativa popular contra qualquer tipo de censua a imprensa?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*