Político do PV suspeito de pedofilia é indiciado por porte ilegal de arma | Fábio Campana

Político do PV suspeito de pedofilia é indiciado por porte ilegal de arma

Do G1 PR:

O advogado Marcos Colli, que está preso desde o dia 20 de maio suspeito de pedofilia e abuso de menores, prestou depoimento ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em Londrina, norte do Paraná, na tarde de quinta-feira (6).

Colli também é presidente do Partido Verde (PV) na cidade e está afastado do cargo. O depoimento durou cerca de uma hora e meia e, inicialmente, ele foi indiciado por porte ilegal de arma. “Com relação ao crime sexual, esse corre em segredo de Justiça. Então, nós não podemos fazer outras considerações”, relata o delegado Alan Flore.

Segundo o Ministério Público (MP), Colli é suspeito de ter cometido abuso sexual, fotografado e filmado crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito e pornográficas.

Saiba mais:
Vítimas de suspeito de pedofilia estariam sendo ameaçadas
Encontramos a ponta do iceberg, diz MP sobre prisão de Marcos Colli
Presidente do PV em Londrina é preso suspeito de pedofilia e abuso

A prisão do político foi efetuada quando ele saía de de uma agência bancária na Prefeitura Municipal. Logo após a prisão, ele foi afastado da presidência do partido e exonerado do cargo de assessor de Meio Ambiente que mantinha na Câmara Municipal de Londrina. Na segunda-feira (3), a Justiça expediu uma nova ordem de prisão preventiva contra ele.


3 comentários

  1. Lee
    sexta-feira, 7 de junho de 2013 – 21:45 hs

    Por falar em porte ilegal e posse ilegal de arma, quantos milhões de brasileiros estão na situação de criminosos por não terem “renovado” o registro da arma?
    10 milhões?
    20 milhões?
    quantos?

  2. Amorim
    sexta-feira, 7 de junho de 2013 – 23:04 hs

    A nota está incorreta, o Colli, não preside mais o partido em Londrina. O presidente do partido verde no município é o vereador Mário Takahashi.

  3. Rodrigo
    segunda-feira, 10 de junho de 2013 – 12:40 hs

    ele pode ser investigado por abuso sexual de menores, estupro de vulnerável… mas por pedofilia é impossível. e é simples: não existe no direito brasileiro o tipo penal pedofilia. e até nem poderia haver, pois pedofilia é uma doença, com cid definida pela organização mundial de saúde. nem todo peófilo é abusador de crianças e nem todo abusador de crinaças é pedófilo. há milhares e milhares de casos descritos na literatura científica de pedófilos que sob tratamento nunca sequer chegaram perto de abusar de uma criança.
    e se o cara prova que é portador da doença pedofilia, nunca será condenado a uma pena. poderá no maximo cumprir medida de segurança, que pode durar meses, anos ou décadas, a depender da avaliação psiquiátrica.
    triste é ver a imprensa prestar um desserviço ao usar o termo pedofilia pra descrever um crime, como se fosse crime o que não é verdade. no caso desse cidadão, pode ser que ele de fato tenha cometido os tais abusos, mas isso não significa que ele seja pedófilo. pode ser simlesmente um crápula mesmo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*