Na espontânea, Dilma cai para 16% | Fábio Campana

Na espontânea, Dilma cai para 16%

Outro indicador duro com a atual presidente Dilma Rousseff é na pesquisa espontânea, aquela na qual o entrevistado não é confrontado com uma lista de nomes. A petista já havia caído de 35% para 27% de março para o início de junho. Agora, bateu em 16%. Lula se manteve estável, com 6%. Joaquim Barbosa, que nunca aparecia na pesquisa espontânea, surge com 2%.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*