Manuela D'Ávila: "Reforma política é competência do Congresso" | Fábio Campana

Manuela D’Ávila: “Reforma política é competência do Congresso”

Do Felipe Patury:

A jovem deputada Manuela D’Ávila (PCdoB/RS) está satisfeita com o ritmo acelerado com que o Congresso tem discutido as demandas da população que foi às ruas nas últimas semanas. “O Congresso é o poder que se relaciona de maneira mais intensa com as ruas, então é natural que a resposta às pressões seja rápida. Não acho nem um pouco ruim essa atenção, eu espero que ela se converta em uma fiscalização permanente”, diz. Líder da bancada na Câmara, Manuela participa amanhã de reunião com a presidente, cuja pauta principal será a reforma política. “Sou a favor do plebiscito, mas o debate sobre uma constituinte exclusiva está superado. A presidente traduziu o sentimento das ruas, mas cabe ao Congresso votar uma reforma política. Em 7 anos de mandato, eu vi pelo menos 3 tentativas que naufragaram depois. Isso não pode acontecer agora”, afirma.


7 comentários

  1. elio ventura
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 15:55 hs

    Deputada Manuela, tão novinha e tão interesseira. Ela não é culpada aprendeu assim e pensa que isso é verdade. O poder emana do povo e ao povo cabe, através de suas representações (sem políticos interessados) proporem a reforma.
    OAB, CNI, CNA, etc.. acordem e ocupem o espaço que a juventude brasileira lhes concedeu, caso contrário teremos as manuelas fazendo reforma para si própria.
    Deputada, não confunda , agora é a vez do povo!!!

  2. AMARAHAL
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 18:18 hs

    Essa gatinha, pouco informada, disse em uma propaganda nacional do PCdoB que o seu partido há 90 anos luta pela democracia no Brasil.
    Pelo que sei, não existiu no planeta regime comunista democrático.

  3. orlando
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 18:24 hs

    A competência e a incompetência ela quis dizer. Há diversas propostas em curso, no entanto os “representantes” que lá estão nada votam, a não ser quando são de seus interesses.

  4. leo
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 19:10 hs

    E por que não fizeram ainda?

  5. HENRY
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 21:53 hs

    SIMPLESMENTE LINDA !!!!

  6. Gardel
    sexta-feira, 28 de junho de 2013 – 9:11 hs

    Essa não é flor que se cheire, filiada ao PC do B, é mais uma simpatizante da Ditadura Cubana. Seu partido ajudou promover atos de selvageria contra a jornalista Yoani Sanches que veio ao Brasil para denunciar as barbáries existentes em Cuba, aqui teve seus cabelos puxados e o rosto tocado por notas de dólares. Quem entende de dólar é o PT e o PC do B. Essa gente quer transformar o Brasil em mais um fracassado regime comunista. Essas perebas ideológicas, não passam de vermes saídos dos esgotos.

  7. sexta-feira, 28 de junho de 2013 – 9:41 hs

    Adoro seu partido !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*