Lula afirma ter 'pequeno problema' com imprensa | Fábio Campana

Lula afirma ter ‘pequeno problema’ com imprensa

Da Folha de S.Paulo:

Em entrevista publicada ontem pelo jornal peruano “La República”, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que tem “um pequeno problema” com a imprensa brasileira.

“Quando critico a imprensa, eles dizem que os estou atacando. Quando me atacam, dizem que estão criticando”, afirmou Lula, acrescentando, porém, que “nunca um jornal ou canal de TV deixou de receber publicidade do governo” porque o criticavam.

Ele disse, no entanto, que “os companheiros da comunicação devem compreender que um canal de TV é concessão do Estado”. “E não se pode usar uma concessão para atuar como partido político.”

Na entrevista, o ex-presidente disse que o diálogo social foi seu maior legado, e que “nunca antes no Brasil um presidente teve a possibilidade de aprovar um terceiro mandato”. “Mas não quis”.

Ao exaltar sua gestão, disse que, em 2010, decidiu “frear a economia porque o volume de comércio era muito grande e poderia gerar inflação”.

“Mas digo sempre aos empresários que não tenham dúvida do crescimento econômico do Brasil e que, antes de 2016, seremos a quinta economia do mundo.”

Prestes a embarcar para a Colômbia, Peru e Equador, Lula defendeu a criação de bloco econômico na América do Sul e contou ter falado com Dilma sobre a necessidade de “agilizar o tema Unasur”.

Ele foi lançado pelo presidente do Equador, Rafael Corrêa, à secretaria-geral da entidade, que busca aprofundar a integração entre os países sul-americanos. (CÁTIA SEABRA)


25 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 10:46 hs

    A lógica impecável de Lula mostra que ele escolheu a profissão errada. Teria sido um grande filósofo ou matemático. Mas, escolheu ser político… que grande desperdício para ciência… Descartes perdeu um discípulo genial…

  2. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 11:06 hs

    Como é bom em Cuba.

    Um único Jornal,
    E do governo;
    Uma única TV.
    Do governo;

    Poucas rádios,
    Todas controladas pelo governo.

    Internet?

    Apenas para alguns,
    Funcionários do governo.

  3. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 11:07 hs

    Aliás,

    Vou relembrar ao Lula:

    Não fosse a IMPRENSA, ele não estaria vivo para dizer essas bobagens.

  4. valdir bassai
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 11:20 hs

    Deveria ficar na Colombia e nunca mais voltar. Eita homenzinho arrogante, mentiroso lider dos mensaleiros!

  5. jobalo
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 11:26 hs

    Ou morreu ou tá preso, essa é a pergunta .? como é qque esse homem anda a solta por ai, falando besteira e se articulando ou com os irmãos castro, ou com os da venezuela, bolivia argentina iraque etc.

  6. Anônimo
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 11:53 hs

    Puxa, que raciocínio maravilhoso. A comunicação é concessão do estado, dai nao se pode fazer oposição. Esta “tese política” pelo jeito está vingando nos países governados por esquerdistas neo-fascistas, pois, curiosamente, na Argentina, Venezuela, Bolívia e Equador estão todos uníssonos com esta opinião. Talvez Lula queira o Nobel da liberdade ou o prêmio Pulitzer com esta tese fenomenal e inovadora.

  7. Pedro Rocha
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 12:33 hs

    Esse cara devia estar é na cadeia, e não por aí, viajando às expensas sabe-se lá de quem, falando em foro S.Paulo, Unasur, e outros sonhos mirabolantes da cumpanherada bandida e vermelha!

  8. Alessandro
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 13:00 hs

    Segundo Luiz Inácio, imprensa não pode criticar se recebe publicidade estatal. Como se o Estado fosse uma empresa e ele o dono.

    Segundo Luiz Inácio, ele foi quem “freou” o mercado, não foi a complexa crise iniciada com o crédito subprime nos EUA.

    Segundo Luiz Inácio, ele poderia ser presidente pela 3ª vez mas ele não quis, não foi a Constituição Federal que não permite.

    Se isso não é mitomania, não sei o que é mitomania.

  9. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 14:44 hs

    Falseia até dormindo. Adorava a Imprensa quando esta, de tendência sempre mais à esquerda, abria generosos espaços para as suas ações frente aos metalúrgicos paulistas, para as pregações das bandeiras do PT, as mesmas que agora ele enxovalha.
    Devia dizer para o “La República” quantos jornalistas voluntários trabalhavam de graça, ou até pagavam para vê-lo presidente.
    Só não esperavam amargar a decepção de terem ajudado a construir um Frankstein.

  10. segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 14:47 hs

    E com a Justiça, não.

  11. Rossby
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 15:17 hs

    O que o Lula tem não é um pequeno problema com a imprensa, mas sim um grande problema com a democracia. Ele é assim desde a época do sindicato (os companheiros daquela época sabem disso)
    Essa declaração dele nada mais mostra que ele sempre teve a maior vontade de ter arreganhos autoritários (como o terceiro mandato consecutivo, por exemplo). Ele até tentou, mas a verdade foi que não deu mesmo. Nas verbas publicitárias, novamente o mesmo cenário, as instituições existentes ainda não deixaram os governantes terem liberdade total nessas áreas. Se fosse na Venezuela, com as instituições todas quase inexistentes, isso seria pule de dez.
    Vai vir um monte de petebas logo mais com os mais diversos comentários aqui.
    O meu é um só: O PT e a grande parte de seus membros são de viés autoritário, apenas travestido de democratas porque se utilizam das eleições para o projeto de perpetuação no poder. E por essa causa que a imprensa que não está ajoelhada perante eles incomoda tantro, afinal se ela não cumprir esse papel, quem o fará?

  12. OCIMAR
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 15:40 hs

    ESSE LIXO É O MAIOR PROBLEMA DO BRASIL,ESSE PROBLEMA SÓ VAI ACABAR COM A VOLTA DESSE DEMÔNIO AO INFERNO,O QUE NÃO ESTA LONGE,VADE RETRO SATANÁS.

  13. Mané do sudoeste
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 16:09 hs

    Então o nobre ex-presidente diz ter pequenos probleminhas com a imprensa, na realidade o que seu PTralhas querem é regular a imprensa,em resumo uma “censura branca” na imprensa. Quem te viu e quem te vê ex-presidente,quando estava na oposição jamais teve esse discurso a respeito da imprensa.

  14. Do Interior....
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 16:51 hs

    O “Pobrema” de LuLLa é não ficar no Equador com uma passagem só de ída.

    Outro “pobrema” é a falta de caráter e honestidade do PT, que defende só a bandidagem, os companheiros e os comunopaíses da américa latina. Não fosse isso, não teria tantas críticas.

    Gostaria de ver um texto escrito lula (sem ajuda de outros) criticando a impresa. Seria cômico!…kkkkk

  15. Leticia Martelle Maynard
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 19:13 hs

    O Problema dele com imprensa é simples: Já faz 203 Dias que esse demagogo, hipocrita , mentiroso, oportunista de vaidade doentia, foge da mídia como o diabo foges da cruz para não ter que responder sobre as graves e inúmera acusações de corrupção que cai sobre ele.
    Resumindo: Lula é hoje um homem acuado em seu piropo país porque se recusa a encarar os fatos de ser reconhecido como o Chefe do Mensalão.
    Lula da Silva, quem ti viu quem ti vê. Antes não podia vê os holofotes que logo corria pra cima para falar suas M……., Hoje foge deles(Holofotes) como o diabo foges da cruz kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Aqui se faz, aqui se paga !!!

  16. cesar de barraquinha
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 20:22 hs

    Incrível, que os mesmo que alardam tanto a censura na imprensa (são contra), são os mesmos que vivem gritando: volta militares. Haja contradição!
    E olha que sou matuto.

  17. neuraldo
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 20:34 hs

    SERA QUE NÃO TEM PROBLEMA COM A POLICIA FEDERAL.

  18. Irineu
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 20:42 hs

    Este só tem a cara de coitado, a imprensa tem que cair de pau em cima mesmo, afinal hoje vivemos uma falsa democracia graças a ele.

  19. Pedro Rocha
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 21:18 hs

    Li a primeira entrevista em nível nacional de lulla, dada à
    PlayBoy, no início dos anos 70.
    Pediram-lhe para citar três ídolos: A diarréia saiu incontinenti: Fidel – Aiatolá Khomeini, e Khadafi!
    Como podemos ver, ainda no ninho, essa serpente já vomitava veneno!

  20. Deutsch
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 21:45 hs

    Lula, quer ficar de bem com a imprensa? Pare com as falcatruas, devolva todo o dim-dim desviado, seja honesto.
    Sei que essas atitude jamais passariam pelo crivo de sua má indole, mas tente.

  21. Deutsch
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 21:46 hs

    Ops! ‘Atitudes”

  22. LUIZ
    segunda-feira, 3 de junho de 2013 – 22:16 hs

    Como só fazia publicidade, tinha que ocupar todas as TVs, caso contrário não daria tempo para todas àquelas mentiras.

  23. Silvajr
    terça-feira, 4 de junho de 2013 – 1:23 hs

    Nunca na História desse país se desenvolveu tantos projetos, com tanta rapidez, profissionalismo e com uma visão de futuro patriótica e acreditando na capacidade do povo brasileiro. Mas a imprensa ‘Conspiradora e Corrupta’ continua o seu ataque porque como porta-voz da ‘elite’ escravagista não é de seu interesse um Brasil desenvolvido e sim a volta para a escravidão. Nunca mais!

  24. Silvajr
    terça-feira, 4 de junho de 2013 – 1:34 hs

    A direita brasileira é assim: uma das mais perversas e poderosas do mundo. Os senhores da casa grande não vão dar água a quem necessita, no caso o Brasil. Onde e quando se viu os senhores de escravos e os seus capatazes de classe média a cooperar e a se solidarizar? Se alguém viu é porque está completamente equivocado, desnorteado ou de porre. A corrente dos entreguistas e colonizados que não desejam um Brasil independente, soberano e com seu povo emancipado é, na verdade, o campo político mais antigo do País e composto por escravagistas desde 1500, em que seus latifúndios estão, geração após geração, disseminados, simbolicamente, nas mentes, na cultura, nas estruturas sociais e no imaginário da classe média tradicional e de grande parte dos donos dos meios de produção.

    E é por isto que jornalistas de política, de economia e agora os esportivos estão escalados no mesmo time, a compor uma grande frente contra o Brasil e o povo brasileiro. Quando, certo dia, os trabalhistas do PT saírem do poder, talvez tudo que é feito neste País vai merecer os aplausos dos escribas reacionários e dos pequenos mussolinis das classes média e rica. Mesmo assim me arrisco a afirmar que os barões da imprensa, se tiverem de escolher, sempre optarão pelos interesses dos grandes bancos e dos trustes internacionais e dos governos imperialistas, a exemplo da Inglaterra, da França e principalmente dos EUA. Eles são autoritários, arrogantes, presunçosos com o Brasil, a África e a América Latina.

  25. sergio silvestre
    terça-feira, 4 de junho de 2013 – 9:04 hs

    Hummm!!!!!!!!!!!!!!!Preciso rever os conceitos racionais do bicho homem.
    Sempre achei que o cão e mais fiél que nossos filhos e parentes proximos,ai prova de como somos malvados lendo os comentarios acima.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*