Estrangeiros vão sofrer com a internet durante a Copa, alerta João Arruda | Fábio Campana

Estrangeiros vão sofrer com a internet durante a Copa, alerta João Arruda

Os estrangeiros, em especial norte-americanos e europeus, terão dificuldades ao utilizar a internet brasileira durante os jogos da Copa do Mundo de 2014. O alerta é do deputado federal João Arruda (PMDB-PR), presidente da Comissão Especial criada pela Câmara para estudar o projeto do Marco Civil da Internet. Segundo ele, o Brasil precisa investir em redes de fibra ótica e na utilização da tevê digital para acesso à rede.

“Estamos na contramão do desenvolvimento da internet no mundo. Aquele americano, ou europeu, que vier para o Brasil usar 4G durante a Copa do Mundo, não poderá ter a mesma velocidade de internet que vamos ter, porque eles usam a internet em outra faixa”, alertou João Arruda, em entrevista à CBN Curitiba. “E isto não vai se resolver até a Copa”, completou.

De acordo com o deputado, a internet hoje é um bem essencial para todos os brasileiros. “É uma coisa que evolui muito ao longo dos últimos anos. A gente precisa utilizar ela melhor e utilizar melhor é exigir do poder público que invista em fibra ótica, que faça uma verdadeira revolução”.

“Nós estamos muito distantes de ter a rede que os Estados Unidos têm, por exemplo, nós estamos muito distantes de ter o que a Europa tem”, frisou. Segundo João Arruda, isto ocorre devido a não digitalização da televisão. “A televisão digital é o canal que os EUA hoje usam para dar acesso à internet”.

“Nós estamos aqui tendo um problema muito sério porque poderíamos estar usando para internet. Isto só vai abrir em 2016”, frisou. “A tendência é que a gente digitalize a televisão e abra este canal para a internet. Daí a gente vai ter que recomeçar todo este investimento que foi feito até agora, terá que ser feito em uma nova faixa e a gente vai perder todo o investimento já feito”, completou.

Na entrevista, aos jornalistas José Wille e Luiz Geraldo Mazza, João Arruda falou sobre Marco Civil da Internet – espécie de legislação que vai regulamentar o uso da rede no país. O deputado informou que o relatório final preparado pela comissão especial já está pronto, mas a votação está parada desde o final do ano passado, por força do lobby das empresas de telecomunicação.

João Arruda frisou que defende a liberdade total e a neutralidade na rede, o que impediria que operadoras de telecomunicações vendam pacotes com velocidade diferenciada para quem pagar mais. “Querem fazer com que o seu acesso, o meu acesso, seja pago por aquilo que a gente acessa”.

“Se você acessar só e-mail, vai pagar só e-mail. Se quer acessar e-mail, redes e veículos de comunicação vai pagar outro preço e vai ter o pacotão que poderá acessar tudo o que quiser. Hoje a gente paga por mega e é assim que tem que ser e que o Marco Civil vai garantir”, destacou.

João Arruda também falou sobre o controle de conteúdo na rede. “O Marco Civil vai legislar também sobre a remoção de conteúdos. Isto só vai ocorrer mediante ação judicial, não como ocorre hoje, quando alguém pede e o provedor tem que remover, sob o risco de responder junto com a pessoa que difamou ou caluniou”, concluiu.


9 comentários

  1. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 16:13 hs

    Thamos phodhidhos: A presidente viaja e perdoa dívidas de outros países para o Brasil e deputado se preocupa com o bem estar de europeus e americanos durante o correr da Copa.
    Enquanto isso, em Maracajú, no MS, a preocupação dos produtores agrícolas para mandar as suas safras para os portos de Paranaguá, Santos, os fazendeiros se entreveram com os índios, o Interior reclama a falta de médicos, fora as cagadas tipo aquela invenção do Carlinhos Brown endossada por dona Dilma, a tal da caxiola e mais recente, a desproposital campanha da prostituta feliz. Eu, hein?

  2. Marlon
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 16:49 hs

    Nem as existentes hoje para os brasileiros funcionam ! Nenhuma das operadoras de telefonia cumprem o que prometem, que é um internet rápida e estável…

  3. Mr.Scrooge
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 17:30 hs

    Coitadinhos dos americanos e europeus, vão ficar sem usar a internet. Mas este caso se resolve bem facilzinho deputado, é só os hotéis disponibilizarem notes ou smartphones para os seus hospedes. E aí tá resolvido.

  4. Joao Carlos
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 17:53 hs

    Nossa internet mais lenta e mais cara do mundo….Brasileiro é do tipo me engana que eu gosto…

  5. Dieter
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 19:15 hs

    Essa copa vai ser um vexame atrás do outro.

  6. Romeine Al Khatib
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 20:06 hs

    É uma preocupação válida. O ideal era deixar a Fifa se virar com tudo, afinal, não são eles os poderosos??

  7. marcos
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 21:55 hs

    Sofrimento com a internet é seu tio Bobmamona ter aprendido a usar o twiter!!!!

  8. PAULO MATTOS
    quarta-feira, 12 de junho de 2013 – 10:47 hs

    Se fosse só com a internet que eles terão problemas, estaria bom demais.

  9. Alberto Ney
    quarta-feira, 12 de junho de 2013 – 17:25 hs

    Internet boa é a minha pago 15 megas,recebo de 6 a 8.O duro que tenho que ouvir a propaganda que a mesma é a mais rápida do Brasil.Só vou falar as três primeiras letras da operadora.GVT

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*