Deputado procurado é paranaense | Fábio Campana

Deputado procurado
é paranaense

O deputado Natan Donadon (PMDB), procurado pela polícia federal desde que teve a prisão decretada pelo Supremo, é paranaense. Nasceu em Porecatu, no norte do estado. Donadon é o primeiro deputado a ter a prisão decretada desde 1988. Foi condenado a 13 anos por peculato e formação de quadrilha. Quando era diretor financeiro da Assembleia Legislativa de Rondônia, na década de 1990, Donadon participou do desvio de valores que, atualizados, chegam hoje a R$ 58 milhões de reais. O dinheiro era desviado por meio de contratos com uma agência de publicidade fantasma. Por enquanto, o paradeiro do deputado é desconhecido.


8 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 13:32 hs

    O Paraná sempre em alta no cenário nacional.

  2. José Carlos
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 14:28 hs

    Demorou tanto que é mais fácil procurar ele no Paraguai que no Paraná. Alguém acredita realmente que esse vagabundo será preso. Será que já cortaram o salário dele de Deputado por estar faltando as seções. Cortem o Salário, bloqueiem os bens e contas bancárias que ele aparece rapidinho. LADRÃO

  3. Luiz
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 15:28 hs

    Nossa! a justiça tarda mais não falha, este é o nosso judiciário, q pouca vergonha.

  4. lika
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 16:57 hs

    Estamos melhorando, ja conseguimos exportar corruptos, se a moda péga….vai esvaziar muitos setores por aí

  5. Pedro Rocha
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 21:55 hs

    Agências de publicidade formam o principal escoadouro de dinheiro público iulegal.
    Todo mundo sabe disso, mas ninguém faz nada. A hora que aparecer alguém de saco roxo por aqui, e cortar essa maldita publicidade oficial, de tudo, inclusive dos bancos oficiais, o Brasil começará a tomar rumo!!
    Antes disso, é chover no molhado, colecionar Marcos Valérios da vida, até explodir toda essa bagunça!

  6. Pedro Rocha
    quinta-feira, 27 de junho de 2013 – 21:59 hs

    Complementando:
    E campanhas, como de vacinação, eleitoral, serviço militar, tragédias como enchentes, pronunciamento presidencial, etc etc, que obrigue-se os veículos concessionários, a divulgarem de graça.
    Afinal, tem que haver alguma contrapartida, pro cara que recebe a concessão de uma TV, de uma Rádio, etc.

  7. justino bonifacio martins
    sexta-feira, 28 de junho de 2013 – 7:58 hs

    Deve estar em Porecatu escondido na fazenda de algum latifundiário canavieiro da UDR. Esses bandidos se entendem;

  8. sexta-feira, 28 de junho de 2013 – 8:57 hs

    Concordo com o Pedro Rocha. Se recebeu a concessão pública deve veicular propaganda para o bem da população free of charge. Parabens Pedro Rocha. Concordo tambem com o Justino, já mandaram a PF a Porecatu ??? Cadeia no ladrão, vagabundo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*