Chefes dos universitários | Fábio Campana

Chefes dos universitários

Do Lauro Jardim:

Não é por acaso que, dentro do Palácio do Planalto, Dilma Rousseff é conhecida como reitora e Gleisi Hoffmann, por vice-reitora. Os apelidos nasceram porque parte do assessores de Gleisi é jovem. Quando alguém do staff do Planalto precisava consultá-los, brincava:

– Vou pedir ajuda aos universitários.

Daí a batizarem Gleisi e Dilma foi um pulo.


10 comentários

  1. jobalo
    terça-feira, 25 de junho de 2013 – 17:23 hs

    Com essas capacidades …. nunca chegaram nem a professor adjunto ou substituto, que dirá a reitor vamos dar outros apelidos , pra Dilma A Desentendida( não entende nada) e pra outra , o apelido dado pelos indios, Greize Hoitman, prima da Odete a vilã.

  2. Da Rua
    terça-feira, 25 de junho de 2013 – 18:39 hs

    Essas duas não gostam do Paraná, só querem o seu voto paranaenses
    Nunca fizeram nada pelo nosso Estado e ainda prejudicam sempre que possível

  3. OCIMAR
    terça-feira, 25 de junho de 2013 – 19:08 hs

    VAGABAS

  4. Pedro Rocha
    terça-feira, 25 de junho de 2013 – 21:02 hs

    Com todo respeito; mas, alguém aí já imaginou uma estadista de verdade, de classe, como uma Angela Merkel; uma Margareth Tatcher; uma Golda Meir; uma Indira Gandhi, se contorcendo toda , fazendo coraçãozinho unindo os dedos? – Claro que não! – Todas essas senhoras sabiam, ou sabem a responsabilidade que assumiram junto com o cargo.
    Porém, coisas como Cretina Kirschner; Izabelita, Evita, e outras figuras que tão bem enxovalharam a reputação argentina, e outras que ainda enxovalham o nome de algumas republiquetas latino-americanas como a nossa, aí sim! – Aí vc pode ve-las às pencas! E todas acham muito lindo fazer coração com os dedos!
    Não tem o que fazer tia? – Vá ler a Constituição; se não consegue, mande alguém ler em voz alta pra vc, pra não dar mais vexame, igual esse de ontem!

  5. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 26 de junho de 2013 – 8:46 hs

    Não acredito que a administração, a gerência dos negócios de um país tão Brasil, esteja sendo conduzida por essas duas senhoras. Não é hora de procurar culpados. 2014 está às portas como oportunidade para que se corrija a kaghadha.
    Persistir no erro é coisa de masoquista.

    Por acaso, cadê Salette, Sérgio Silvestre?

    Por acaso II – Cadê Lula?

  6. tadeu rocha
    quarta-feira, 26 de junho de 2013 – 9:19 hs

    O BRASIL JA DEU A RESPOSTA, PARA DILMA E A MINISTRA, BRASIL AONDE ESTA LULA, ESTA ESCONDIDO PARA DEPOIS SER O DEUS QUE ESTA CHEGANDO E VAI SALVAR O BRASIL, LULA JA ERA……. F.HC VOLTE,

  7. Sergio silvestre
    quarta-feira, 26 de junho de 2013 – 9:37 hs

    Não Pedro Rocha,ela por ser presidente tem que fazer caretas e mijar de pé.Cada uma.

  8. Olho Vivo
    quarta-feira, 26 de junho de 2013 – 10:07 hs

    Mas Gleisi está ainda mais perdida que Dilma, o país perdeu o comando e está a deriva nas mãos destas duas mulheres incompetentes.

  9. Sergio silvestre
    quarta-feira, 26 de junho de 2013 – 22:33 hs

    Eu estou aqui Parreiras ,muito preocupado com voce,no meu rancho em uma lagoa do Paranazão,que dá acesso ao rio por um canal.
    Tenho aqui internet,e comendo uma costela de pacu,apesar do rio cheio,fico lendo seus comentarios e do Pedrão.
    Como não preciso bajular o PT,nem os demospesdebistas,se esguelam ai que eu fico aqui só na moita.
    Se der na telha,vou a STA ISABEL DO IVAI,loto a caminhoneta de mulher e ai vou ficar mais preocupado com o agito das passeatas.
    Bem feito prá voces e não me amolem..

  10. Pedro Rocha
    quarta-feira, 26 de junho de 2013 – 23:16 hs

    Sr. Sergio Silvestre:
    No seu infeliz comentário das 8h17 do dia 20 de junho, entre outras tolices, o sr. chamou-me de PROSTITUTO!
    Às 21H52 do mesmo dia, dei-lhe minha resposta. O sr não acusou. Certamente como bom petista, o sr.não viu nada, não sabe de nada, etc etc .
    De qualquer forma está lá; não no tom que gostaria, e que o sr merece; e nela, também determino que o sr. não mais me dirija a palavra!
    Não o conheço; não quero conhecê-lo, e não lhe devo nem satisfação. Portanto me esqueça.
    Outra coisa. Não preciso lhe dizer quem é prostituto nessa história, né? – Ou quer que eu desenhe?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*