Cachoeira chama governador de Goiás para briga por causa da mulher | Fábio Campana

Cachoeira chama governador de Goiás para briga por causa da mulher

De Chico de Gois, O Globo:

BRASÍLIA — Sabe aquela história de que mexeu com minha mulher chamou pra briga? Pois é. Uma carta do bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, publicada na edição desta terça-feira no “Diário da Manhã”, em Goiás, desafia o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), em tom de ameaça. “Em bom brasileirês (sic) falo com a cabeça erguida e com o peito arfante: cai pra dentro quem quiser que eu sustento o desafio”.

A declaração de guerra ocorreu porque Cachoeira sentiu que sua mulher, Andressa Mendonça, teria sido tratada com desrespeito em um evento beneficente no Palácio das Esmeraldas, sede do governo goiano e também residência oficial do governador. Andressa é empresária e foi a um desfile beneficente na última sexta-feira no Palácio. O convite custou R$ 350 e toda a renda seria revertida para a Santa Casa de Misericórdia de Goiânia. “Minha esposa, Andressa, empresária, foi convidada a participar e prestar sua colaboração para com uma causa que sem dúvida é nobre e justa. Não se furtou à sua responsabilidade social e cristã em ajudar e participar de uma ação engrandecedora”, escreveu ele na carta, que começa com uma citação bíblica, também em tom ameaçador: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” – João, capítulo 8, versículo 32.

Enquanto esteve no Palácio, segundo Cachoeira, sua Andressa foi “cortejada pelos poderosos e bem tratada, principalmente pela generosa contribuição que deixou”. Porém, ao sair do evento, a assessoria do governador teria negado que ela comparecera ao desfile beneficente. E atraiu a ira de Cachoeira.

Na carta, o bicheiro não poupa elogios à mulher – “digna e honesta, mãe amorosa, esposa adorável, não me negou amparo, apoio, auxílio e sobretudo amor” – e diz que não permitirá que ela seja agravada, “muito menos por desclassificados que não têm moral sequer para limpar-lhe os sapatos”.

“Se querem me atingir, estou preparado. Mas acusar minha amada e companheira de subterfúgio rasteiro, como o de entrar de penetra em uma festa no Palácio das Esmeraldas, passou dos limites”, criticou, para, em seguida, ameçar:

“Escolham as armas. A verdade, que liberta e quebra paradigmas, mostrará ao povo goiano os erros cometidos ao longo dos anos e dará o norte da reparação e do caminho certo”, diz Cachoeira, para concluir:

“Não cometam a insanidade de tentar atingir de forma tão rastejante minha esposa porque não vão gostar nem um pouco de conhecer o peso da minha mão”. A caixa de Pandora abriu e permitiu que as desgraças se abatessem sobre os homens será brincadeira de criança diante do que posso perpetrar para defender a honra e a dignidade minha e de minha família.”

A assessoria de imprensa do governador Marconi Perillo foi contatado e informou que até o fim do dia se manifestará.


15 comentários

  1. terça-feira, 11 de junho de 2013 – 16:29 hs

    Agora só falta criticar o Cidadão pelo mesmo defender a Mulher… A despeito de qualquer coisa a seu respeito, dos processos, etc… Isso não importa, ele está certo sim em defender a mulher, quem não faria isso que atire a 1ª pedra!…

  2. André Mota
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 16:43 hs

    Meu caro, alguma dúvida que o Marconi não vai querer a briga.
    atualmente moro aqui em Manaus mais sempre atento as coisas
    de Goiás. Se mexer a carne passa de podre para se decompor
    rapidamente.Um abraço

  3. Mané do Sudoeste
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 17:01 hs

    Resolveu falar seu Cachoeira, engraçado,sómente agora,durante a CPI estava calado.Por quê será ? Outro salafrário querendo ser um moralista agora. Vai te catar Cachoeira,vai procurar tua thurma.

  4. Mr.Scrooge
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 17:26 hs

    Cuidado governador, pede o reforço da Guarda Nacional, ela é especialista em entrar em frias.

  5. Pedro Rocha
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 18:40 hs

    Ô Celso! A muié nem dele era. Era a senhora do melhor amigo, o tal de Wilder, suplente do Demóstenes. Um Mané, sem voto!
    Ele deu um chapéu no amigo, tomou-lhe a véia, mas em compensação deu-lhe o cargo de senador de mão beijada! Baita negócio! –
    Quanto à coriscante Sra Cachoeira; bem deixa pra lá…

  6. escobar
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 19:08 hs

    Claro que a mulher de um condenado vai sofrer preconceito, se ele diz que ela está lhe dando apoio, esse é mais um dos sacrifícios que ela tem que pesar se vale a pena. Daqui um tempo, quem sabe, ele vá para a prisão, daí quem cuidará da bonitona?

  7. terça-feira, 11 de junho de 2013 – 20:15 hs

    Parabéns a toda equipe do Diário da Manhã e especialmente ao Batista Custódio, Júlio Nasser e o sempre presente Fábio Nasser pela ótima publicação “A Verdade sem Mentira” escrita pelo Carlos Cachoeira já tem uma repercussão Nacional e caminha para a internacional e já entrou para a história da política em Goiás pois reflete o centro do coração do Batista e seu pensamento com relação ao Brasil e revela sua missão de ser um agente transformador da nossa realidade pela exposição da verdade sobre os vícios e defeitos generalizados da prática política e administrativa. De alguma forma estas reações tectônicas que abalam o Governo Marconi nos fazem refletir e criam na sociedade goianiense um senso mais crítico.Isto é bom e por isso somente digo: Obrigado Diário da Manhã! Sérgio Alberto Bastos da Paixão

  8. INTRUSO
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 21:14 hs

    Essa dona sempre tem que dar o que falar. Beleza tem que ser exibida, ainda que não oportuno!!

  9. Luciano
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 21:22 hs

    Concordo com o Cachoeira está defendendo sua mulher e sinceramente acho que ele devia mostrar o real governador que é esse Tucano! Duvido que o governador vai bater de frente com o Cachoeira sabendo que o bicheiro tem muita coisa a contar se quiser…

  10. silvajr
    terça-feira, 11 de junho de 2013 – 21:44 hs

    Para defender mulher, Cachoeira ameaça tucano Marconi Perillo
    Fala, Cachoeira! Fala! E manda Policarpo caneta publicar na Veja.
    Cadê o Álvaro Dias e o beto Richa pra comentar?

    Já o governador do Estado, Marconi Perillo (PSDB), chegou a ser acusado de ter utilizado dinheiro do esquema de Cachoeira para pagar dívidas de campanha e foi indiciado na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Cachoeira.

  11. VISIONÁRIO
    quarta-feira, 12 de junho de 2013 – 5:28 hs

    Todos farinha do mesmo saco. Se sacodir não sobra nem pó !!!

  12. Tio Quim
    quarta-feira, 12 de junho de 2013 – 9:24 hs

    Além de pilantra o tal Cachoeira, pelo visto, é idiota. E a mulher deve estar com ele por amor. Amor ao dinheiro.

  13. Anônimo
    quarta-feira, 12 de junho de 2013 – 10:42 hs

    Gostosaaaa!

  14. Gardel
    quarta-feira, 12 de junho de 2013 – 11:16 hs

    Esse salafrário protegido do PT agora quer falar grosso, deixa a cumpanherada sair do poder, voce volta rapidinho para a papuda.

  15. Valter Antonio Pereira
    quarta-feira, 12 de junho de 2013 – 11:26 hs

    Vai procurar sua turma o Carlinhos Cachoeira! O Brasil quer saber sobre toda verdade. Abra o baú e conte tudo que sabe , sobre todos e principalmente sobre o Marconi Perillo. Agora essa briga de gato e rato, esconde, esconde, não queremos saber.
    Defenda sua esposa sim! Agora fale toda verdade, ai vai ter respeito e fazer respeitar sua esposa.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*