Vexame: Juíza suspende amistoso entre Brasil e Inglaterra por falta de segurança no Maracanã | Fábio Campana

Vexame: Juíza suspende amistoso entre Brasil e Inglaterra por falta de segurança no Maracanã

A juíza Adriana Costa dos Santos, da 13ª Vara de Fazenda da Capital, concedeu liminar na tarde desta quinta-feira suspendendo o amistoso entre Brasil e Inglaterra, partida que marca a reabertura do Maracanã, agendada para o domingo. A informação foi confirmada ao UOL Esporte pelo governo do Estado do Rio de Janeiro.

O pedido para o cancelamento do jogo amistoso foi feito pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, com argumentos de que o novo Maracanã não oferece condições mínimas de segurança ao visitante. Consultado pelo reportagem, o governo estadual diz que vai recorrer da decisão nas próximas horas.

O texto da juíza Adriana Costa dos Santos ainda informa que, se a partida for realizada nas atuais circunstâncias burocráticas (sem a apresentação dos laudos de vistoria de engenharia; de prevenção e combate de incêndio; de condições sanitárias e de higiene), a Confederação Brasileira de Futebol, o Comitê Organizador Local e o presidente destas entidades, José Maria Marin, terão de pagar multa de R$ 1 milhão (por evento realizado).

O UOL Esporte também consultou a assessoria de comunicação da CBF, que afirmou que o “departamento jurídico diz que todos os laudos necessários foram emitidos e serão encaminhados para a juíza a fim de mostrar que a decisão não faz sentido”.

A ação civil pública do MP pede que o jogo seja suspenso para garantir a segurança até que todos os laudos técnicos do estádio sejam apresentados. O órgão alega que não recebeu a documentação em sua totalidade até o momento e que o status do Maracanã é de “estádio em fase de construção”.

A liminar emitida nesta quinta apresenta relatório que aponta a existência de materiais perigosos na região do estádio, nas partes interna e externa, como pedras, pedaços de calçada e restos de obras – objetos que podem ser usados em caso de distúrbios de multidão. O texto ainda ressalta problema de piso “mal fixado”.

Em sua argumentação, a juíza ainda registra que o jogo-teste realizado no Maracanã no dia 27 de abril, apenas para convidados, mostrou que havia inúmeros problemas, amplamente repercutidos pela imprensa do país.

Confira a íntegra da liminar que suspende preventivamente o amistoso Brasil x Inglaterra

Pressionado pela liminar, o governo estadual promete correr para assegurar burocraticamente a realização da partida festiva no Maracanã, que para o time de Luiz Felipe Scolari serve de preparação para a Copa das Confederações.

“O jogo vai ser realizado. Temos um laudo parcial do GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios), e até amanhã [sexta-feira] concluiremos o restante. Além disso, já temos o laudo dos bombeiros. O estádio está 100% pronto para receber o torcedor com segurança”, disse André Lazaroni, secretário de esporte do Rio de Janeiro, em entrevista à Rádio Tupi. “O entorno está sendo preparado para receber o público”, acrescentou.

Confira a nota do governo do Estado do Rio de Janeiro sobre a suspensão:
Sobre a decisão da juíza da 13ª Vara de Fazenda da Capital, Adriana Costa dos Santos, de suspender o jogo deste domingo (02/06) entre Brasil e Inglaterra, no Maracanã:

O Governo do Rio de Janeiro já está recorrendo da decisão.

**Todos os requisitos de segurança para o amistoso Brasil e Inglaterra foram cumpridos** e, por uma falha burocrática, o laudo da PM que comprova o cumprimento das regras de segurança no Maracanã não havia sido entregue à Suderj.

O laudo será encaminhado com o recurso do Estado ao plantão Judiciário.


9 comentários

  1. Palpiteiro
    quinta-feira, 30 de maio de 2013 – 20:28 hs

    Com a incompetência governamental característica do Brasil e a meteção de bedelho do ministério público, que se intromete em tudo, a copa vai ser um dos maiores fiascos da história do futebol. “Nunca antïs na istória dezte paiz” haverá uma humilhação internacional tão completa e devastodora.

  2. Sherlock Holmes
    quinta-feira, 30 de maio de 2013 – 21:04 hs

    Dalhe PT,
    Vexame e mais vexame.
    Como a Dilma vai explicar para o mundo?
    É culpa da oposição, é claro…

  3. Divanir
    quinta-feira, 30 de maio de 2013 – 21:18 hs

    No fim o comércio sempre vence. Isto é tudo balela que vai se encerrar amanhã.

  4. NARIZ DE FOLHA
    quinta-feira, 30 de maio de 2013 – 21:46 hs

    É A COPA DO LULA.

    ESSA COPA SÓ SAIU PELA PRESSÃO E AMBIÇÃO PESSOAL DO LULA.

    ELE QUE PAGUE O ÔNUS DOS VEXAMES E DOS SUPER FATURAMENTOS DE BILHÕES.

  5. wal
    quinta-feira, 30 de maio de 2013 – 22:03 hs

    ela é filiada ao psdb ou ao dem? simples assim.

  6. Policial Atento
    quinta-feira, 30 de maio de 2013 – 22:06 hs

    O Jabor tem razão, esse vexame internacional é resultado da burocracia e da incompetência brutal do estado e do governo do país.
    Não existe diálogo nem boa vontade por parte das pessoas que ocupam os cargos. O resultado esta aí: se para a construção de uma hidrelétrica por causa de um peixe e se suspende o jogo contra a Inglaterra por causa da área vip, jornalistas e torcedores ingleses que já se encontram aqui não conseguem entender.

  7. Anônimo
    quinta-feira, 30 de maio de 2013 – 22:40 hs

    NEM DEVIA SER NOTÍCIA, NÃO VAI DAR EM NADA….SÓ QUER SE APARECER….

  8. ricardo crovador
    sexta-feira, 31 de maio de 2013 – 0:29 hs

    E no antigo Maracanã caindo aos pedaços (literalmente) ninguém nunca se preocupou com os jogos e o público. Nunca sequer questionaram. Agora, aproveitando os refletores, estão preocupadíssimos. Hipócritas.

  9. Mr.Scrooge
    sexta-feira, 31 de maio de 2013 – 19:01 hs

    Esta juíza conseguiu o que tanto queria, mídia, porque na mesma hora que ouvi a noticia disse, isto não vai dar em nada. E não deu. Dançou prezada juíza.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*