Ninguém está a salvo dos efeitos 'nefastos' da crise, diz Dilma | Fábio Campana

Ninguém está a salvo dos efeitos ‘nefastos’ da crise, diz Dilma

Da Folha de S.Paulo:

“Ninguém está a salvo” dos efeitos “nefastos” da crise financeira internacional, e aumentar a cooperação entre países é a única forma de superá-la, disse nesta segunda-feira (13) a presidente brasileira, Dilma Rousseff, na abertura do Encontro Econômico Brasil-Alemanha.

Ela destacou o aumento dos investimentos brasileiros na Alemanha, que cresceram 6,5% ao ano de 2005 a 2010 segundo estatísticas do país europeu, e o comércio entre as duas nações.

“Presidente, essa bem-sucedida integração das nossas economias não pode ocultar, porém, os riscos resultantes da crise financeira internacional. Ninguém está a salvo de seus efeitos nefastos “, disse Dilma, dirigindo-se ao colega em seu discurso.

“A crise só será superada por meio de mais cooperação e de políticas de desenvolvimento que enfatizem o crescimento inclusivo e o aumento da competitividade”, ressaltou a presidente brasileira, que afirmou que a redução das trocas comerciais tem sido “uma das correias de transmissão da crise para o resto do mundo”. “Daí a importância da cooperação.”

Ela culpou os países desenvolvidos pela valorização do real e a perda de competitividade dos produtos brasileiros no mercado internacional.

“Apesar de possuirmos um mercado interno sólido, o recrudescimento da crise e sua longa duração não deixaram a economia brasileira incólume”, disse. “As volumosas injeções de dinheiro dos países ricos pressionaram pela valorização das moedas de países em desenvolvimento, afetando a competitividade de nossos produtos, entre outros fatores.”

Ao destacar a importância da cooperação, a presidente exaltou a eleição do brasileiro Roberto Azevêdo como diretor-geral da OMC (Organização Mundial do Comércio). “Além de nos orgulhar, [a escolha] nos traz também a certeza de que a OMC será fortalecida na busca por um acordo multilateral de comércio”, disse Dilma.


8 comentários

  1. Pedro Rocha
    terça-feira, 14 de maio de 2013 – 11:27 hs

    Os discursos dessa mulher deveriam passar pelo crivo do congresso, e do STF, para só depois serem liberados para leitura.
    E mais, ela estaria proibida de abrir a boca de improviso em qualquer evento; salvo naqueles de caráter estritamente familiar, como batizado de neto, etc etc .
    Única forma de pouparmos nossos ouvidos, e os ouvidos do mundo, de tanta estupidez juntas!

  2. carlos rocha
    terça-feira, 14 de maio de 2013 – 11:31 hs

    ORA ORA NÃO ERA CANTADO EM PROZA E VERSO QUE O BRASIL ERA IMUNE A QUALQUER CRISE?

  3. Vigilante do Portão
    terça-feira, 14 de maio de 2013 – 11:49 hs

    Fez pedido para que a Alemanha abra seus arquivos sobre a nossa ditadura.

    ESTRANHO,

    Quando falou com o Obama,
    NÃO PEDIU NADA DISSO.

    Explico:

    Nos arquivos americanos vão encontrar o Sequestro do Embaixador.

    Dilma teve participação no Sequestro.

  4. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 14 de maio de 2013 – 13:28 hs

    Ué !!! e a tese da marolinha, desenvolvida pelo estudioso dos fenômenos sociais, nosso ilustradíssimo e culto ex-presidente, como fica? Logo ele que tencionava ser a única criatura a receber dois prêmio Nobel: de economia e da paz, numa mesma cerimônia.

  5. Mr.Scrooge
    terça-feira, 14 de maio de 2013 – 15:52 hs

    Alguém sempre é o culpado pelas nossas desgraças. Agora as nações desenvolvidas tem culpa pela valorização do Real frente a outras moedas. Aonde está o BC? Por que não reage ante a valorização do Real frente a estas moedas? Enquanto insistirmos em culpar os outros pelos nossos próprios pecados, nunca faremos parte do mundo dos países desenvolvidos.

  6. Vitor
    terça-feira, 14 de maio de 2013 – 16:14 hs

    Nefasto é o PT, nefasto é essa Senhora!!

  7. Vigilante do Portão
    terça-feira, 14 de maio de 2013 – 18:20 hs

    Tá preparando o anúncio do “PIBÃO” de 1%.

    Mantega, BURRO, jurou que daria + de 4%.

    Ele, mesmo errando todas, continua prestigiado.

    A regra para a “Gerentona” Dilma, deve ser:

    Quanto mais INCOMPETENTE,
    Mais prestigiado no governo,
    Dou exemplos:

    Gleisinha;
    Ideli Salvati;
    Mantega;
    Lobão, Ministro das Minas e energia.

    Somando o QI dos 4, noves fora = 0 (zero)

    KKKKKK

  8. Deutsch
    terça-feira, 14 de maio de 2013 – 21:40 hs

    Ei, e aquela enganação de que o Brasil não sofreria com a crise mundial?
    A ANTA BURRA continua falando merda.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*