Não há obstáculo que EUA e Brasil não possam superar, diz vice | Fábio Campana

Não há obstáculo que EUA e Brasil não possam superar, diz vice

Da Folha de S.Paulo:

O vice-presidente americano, Joe Biden, disse nesta sexta-feira (31), após cerca de uma hora e meia de reunião com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, que “não há qualquer obstáculo” que os Estados Unidos e o Brasil não possam superar.

“Estamos prontos para uma relação maior e mais profunda em tudo que se refere à área militar, de educação, do comércio e de investimentos”, disse.

Biden relatou ter entregue formalmente convite do presidente Barack Obama para a visita da presidente Dilma a Washington, prevista para outubro. Será a primeira visita de Estado formal de um presidente brasileiro aos Estados Unidos em quase duas décadas.

A presidente também discutiu com Biden, conforme ele relatou, parcerias nas áreas militar, de educação e do comércio.

Na audiência, estavam presentes também os ministros Edson Lobão (Minas e Energia), Fernando Pimentel (Desenvolvimento) e Antônio Patriota (Relações Exteriores), além da presidente da Petrobras, Graça Foster.

“Gostei de sua presidente e estou ansioso, sinceramente, para sua visita aos EUA. Ela e o presidente Obama têm uma boa relação, e brinquei com ela dizendo que provavelmente ela gosta mais de mim agora”, brincou.

Em entrevista após a audiência com a brasileira, Biden disse que o país virou referência no mundo por ter aliado democracia ao desenvolvimento.

Segundo ele, “a parte mais incrível da história do Brasil nos últimos 15 anos” é ter demonstrado para o mundo, “e boa parte do mundo está lutando contra esse problema”, que é falsa a ideia de ter que escolher entre desenvolvimento e democracia.

“Você vê [isso] no Egito, você vê na Venezuela, você vê no Bahrein, você vê ao redor do mundo esse debate e esse dilema acontecendo. É possível ter democracia e desenvolvimento, dos quais todos se beneficiam. E essa é a magia do que vocês fizeram aqui, o que a presidente de vocês está fazendo agora e a razão pela qual ela pode ter tão incrível influência bem além deste país”, disse.

Biden segue no início da tarde desta sexta-feira para audiência com o vice-presidente Michel Temer e o ministro Antonio Patriota (Relações Exteriores) no Palácio do Itamaraty, em Brasília.

Ele chegou ao país na última quarta-feira (29). Visitou comunidades carentes no Rio e teve conversas com empresários e autoridades do setor de segurança.


2 comentários

  1. Mr.Scrooge
    sexta-feira, 31 de maio de 2013 – 18:48 hs

    Até hoje e por mais que me esforce, eu não consigo entender os políticos americanos, eles sempre falam em boa vontade, em parceria, em abertura, mas continuam confundindo as coisas. No dia em que o Tio Sam realmente olhar para nós com os olhos abertos, e ver que brasileiros não são mexicanos nem argentinos, aí eles vão conseguir algo de produtivo nas relações bilaterais. Tio Sam não conhece o Brasil, e nós conhecemos a Disney, Miami e a Big Apple.

  2. Pedro Rocha
    sábado, 1 de junho de 2013 – 17:49 hs

    Mr. Biden, cheio de dedos e salameleques pra cima de sua anfitriã, não sabe direito com quem ta falando.
    Ela, e esse Pimentel, se encontrassem-no dando sopa assim, uns quarenta anos passados, ele teria virado noticia internacional em dois minutos…….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*