Morreu o ditador Videla | Fábio Campana

Morreu o ditador Videla

Jorge Videla, ditador, Argentina, morreu, Buenos Aires

De Sylvia Colombo, de Buenos Aires no UOL:

Morreu nesta quinta-feira, às 6h30 da manhã, o general Jorge Rafael Videla, aos 87, na prisão de Marcos Paz, em Buenos Aires. O líder da primeira junta militar que governou a Argentina entre 1976 e 1981 cumpria pena de prisão perpétua em uma prisão militar.

Videla é o responsável por comandar o aparato de repressão que, durante o período, matou mais de 30 mil pessoas, de acordo com estimativas de direitos humanos. Também esteve por trás da sistematização do sequestro de mais de 500 bebês, filhos de guerrilheiros e militantes desaparecidos. As crianças foram entregues a famílias de militares.


Um comentário

  1. sergio silvestre
    sexta-feira, 17 de maio de 2013 – 20:02 hs

    Tem gente que leva nos ombros tudo de ruim que acontece num pais.
    Muitos destes circulam pela argentina ilesos e amanhã podem ter seus nomes em algum logradouro.
    Sangue jorrou e continua jorrando porque ainda tem muitos sanguinários,inclusive algum ganha até o premio nobel da paz.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*