Governador do DF suspende compra de 20 mil capas de chuva, por R$ 5,3 milhões | Fábio Campana

Governador do DF suspende compra de 20 mil capas de chuva, por R$ 5,3 milhões

Cada capa de chuva, que nem é da Burberry (foto), custaria 265 reais.

Do G1 DF:

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, suspendeu nesta quarta-feira (1) a compra de 20 mil capas de chuva para policiais, por R$ 5,3 milhões. Ele disse que a Polícia Militar errou ao listar o produto como itens a serem adquiridos para a Copa do Mundo. A PM informou que não se pronunciaria sobre o assunto.

O anúncio da compra do material, feito nesta terça-feira (30), causou embaraço ao governo porque na época da realização da Copa – junho e julho – os níveis históricos de chuva em Brasília são baixos. Também, o custo com as capas equivale a cinco vezes o previsto para a compra de armamento e ao dobro com a montagem de delegacias móveis, por exemplo.

O investimento com as capas estava previsto entre os projetos da Secretaria de Segurança do DF para a Copa do Mundo de 2014, que somam ao todo R$ 60 milhões.

A assessoria do governador afirmou que a compra das capas de chuva não era prioritária para o evento e que, apesar de ser uma necessidade da PM, deveria ter sido colocada em outra licitação.

De acordo com o comando da Polícia Militar, que tem um efetivo de 15 mil homens, a previsão era de que fossem compradas 20 mil capas de chuva. Elas fazem parte do equipamento individual de proteção do polícia e não são trocadas há muitos anos.

Na terça-feira, o comandante da PM, coronel Suamy Santana, disse em entrevista à TV Globo que a compra é não era específica para a Copa do Mundo.

“Nós compramos os equipamentos de acordo com a necessidade para operarmos. Nós vamos operar antes da Copa e depois da Copa. Evidentemente, existe uma pequena probabilidade de chuva. Mas não foi esse o motivo pelo qual nós definimos a aquisição desses equipamentos”, afirmou.
Em nota, o GDF também defendeu a compra das capas de chuva para os policiais como parte do equipamento necessário para o trabalho da PM independentemente da Copa do Mundo. Veja abaixo a íntegra do comunicado.

“Nota de esclarecimento

Em relação à compra de capas de chuva para a corporação, a Polícia Militar do Distrito Federal esclarece: A capa de chuva é apenas um item do conjunto de equipamentos que está sendo adquirido para a corporação, e que integra o “equipamento de proteção individual” (EPI), obrigatório para todo policial militar, assim como colete refletivo e cinto de guarnição, entre outros. Os policiais no DF careciam desses itens e de forma padronizada. São equipamentos especiais e fazem parte do Programa de Reequipamento da Policia Militar do Distrito Federal. Obviamente, esses itens não estão sendo comprados apenas para os grandes eventos esportivos que Brasília receberá em junho deste ano e junho de 2014. Eventos com a FIFA, entidades internacionais e comitivas de autoridades transcorrerão ao longo de todo o ano e até 2014, e Brasília terá ainda os preparativos para as Olímpiadas 2016, pois a capital será sede do futebol masculino e feminino, assim como base de delegações olímpicas estrangeiras. Ou seja, é superficial a informação que o Governo do Distrito Federal comprou capas de chuva para junho, apenas para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo de 2014. Esse é um equipamento de uso permanente do policial militar, para seu trabalho cotidiano no DF e durante as operações especiais voltadas a esses megaeventos.”


7 comentários

  1. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 1 de maio de 2013 – 23:35 hs

    Enquanto isso, no Paraná, para conseguir os dados da Licitação do “Tudo Simples”, Careceu entrar na justiça.

    O TJ MANDOU o Beto Richa LÇIBERAR os documentos.

    Estão ESCONDENDO?
    Quais seriam os motivos?

  2. VISIONÁRIO
    quinta-feira, 2 de maio de 2013 – 5:22 hs

    O que deve ter de maracutaias de compras nesta Copa do Mundo
    e Olimpíadas… É o momento certo para os políticos “tomarem porre”
    para encher os bolsos !!!

  3. LUIZ
    quinta-feira, 2 de maio de 2013 – 8:30 hs

    PÔ,O VAGABUNDO É DA QUADRILHA CORRÚ–PT–ISTA,QUERIAM O QUE,É CLARO QUE É ROUBO EM CIMA DE ROUBO,AS CAMPANHAS DOS CORRÚ–PT–OS ESTÃO CHEGANDO,VÃO PRECISAR DE GRANA,ESPEREM PRA VER A ALTA DOS PREÇOS,DE UM LADO OU DE OUTRO ESSES BANDIDOS CORRÚ–PT–ISTAS VÃO ARRUMAR O DINHEIRO,PENA DE MORTE JÁ.

  4. Mayra Antunes
    quinta-feira, 2 de maio de 2013 – 8:32 hs

    Piada… enquanto isso a educação, a segurança e a saúde vão de mal a pior…

  5. Geraldo Martins
    quinta-feira, 2 de maio de 2013 – 13:02 hs

    ERRINHO INSIGNIFICANTE, BASICO QUE QUALQUER UM PODE COMETER. SOCORRO… POLICIA…. POLICIA ESTÃO ME ASSALTANDO….ETA GUVERNADÔ CARA DE PAU ESSE NÃO?

  6. quinta-feira, 2 de maio de 2013 – 13:51 hs

    Porra nem capa de chuva em meio a estiagem não es-capa

  7. relho
    quinta-feira, 2 de maio de 2013 – 21:41 hs

    Incrível !!!!!!!

    o Coronel disse em entrevista , que a CAPA DE CHUVA é mais

    cara que as outras por que É A PROVA DE FOGO !!!!!!!!!!!

    Piada pronta …..rsrrssrs

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*