Escola é invadida e depredada por homens armados | Fábio Campana

Escola é invadida e depredada por homens armados

Do G1 PR:

Uma escola em Itaperuçu, na Região Metropolitana de Curitiba foi invadida por homens armados na noite de sexta-feira (10), em Itaperuçu, na Região Metropolitana de Curitiba. O local foi totalmente depredado pelos homens. Segundo funcionários um dos suspeitos chegou a invadir o pátio da escola com uma moto.

A confusão começou por volta das 20h30, quando se encerrava uma festa em homenagem ao Dia das Mães. Um dos suspeitos invadiu um dos ônibus escolares que atende os alunos, para acertar contas com dois desafetos. Esse jovem, segundo as pessoas que presenciaram a cena, estava armado com um facão e, pelo menos, uma pistola. “As alunas comentaram que ele passava o facão no rosto deles e dizia que não faria mal a eles, que só queria encontrar os dois”, contou uma testemunha ao G1.

Diretor de colégio onde jovens foram detidos está ameaçado, diz sindicato
De acordo com as polícias Civil e Militar, o suspeito de ser responsável pela invasão é um criminoso temido pela população do local onde fica a escola, afastada cerca de 25 quilômetros da região central de Itaperuçu. O homem foi preso na manhã deste sábado (11).

Enquanto o homem e os companheiros quebravam a escola, os alunos e funcionários se esconderam dentro das salas de aula. Todos ficaram presos até a chegada da polícia, que teria levado cerca de uma hora para ir até a escola. “Quando eles chegaram, eles [suspeitos] já tinham ido embora”, afirmou outra testemunha.

As pessoas que falaram ao G1 sobre o caso disseram que os alunos procurados pelo suspeito de liderar o grupo tem desavenças antigas com parentes deles. “Como ele não os encontrou, na saída, prometeu que seguiria o ônibus em que eles estavam para pegá-los”, disse uma das pessoas.

Em função disso, a Polícia Militar acabou escoltando o veículo até o destino, para evitar algum problema na volta dos alunos às casas.
Na invasão, o grupo derrubou mesas do refeitório e quebrou várias janelas. De acordo com a direção da unidade, as aulas estão suspensas até que se consiga garantir a segurança dos professores e alunos.

“Passava um filme pela cabeça da gente, daqueles massacres que acontecem nas escolas americanas”, lembrou uma funcionária que preferiu não se identificar. Segundo ela, embora o suspeito sempre tenha rondado a escola e viva ameaçando a comunidade, esse tipo de situação nunca tinha acontecido na escola.


Um comentário

  1. BOZO
    domingo, 12 de maio de 2013 – 18:13 hs

    PARABÉNS AOS POLICIAIS MILITARES, BEM COMO AO DELEGADO ROBSON E EQUIPE, QUE RAPIDAMENTE PRENDERAM OS “TERRORISTAS” EM QUESTÃO, ALIÁS, UM DELES – BRAIAN WILSON BATISTA – APESAR DE TER SIDO PRESO POR MATAR UMA PESSOA, FOI LIBERADO PELA JUSTIÇA. ESPERAMOS QUE DESTA VEZ O JUDICIÁRIO E O MINISTÉRIO PÚBLICO FAÇAM SUAS PARTES, PQ AS POLÍCIAS FIZERAM.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*