Carros-bomba matam mais de 30 na Turquia | Fábio Campana

Carros-bomba matam mais de 30 na Turquia

Mulher chora no local da explosão dos carros-bomba em Reyhanli, na Turquia (Foto: AP).

Da Reuters:

A explosão de dois carros-bomba matou mais de 30 pessoas perto da fronteira com a Síria, neste sábado (11), aumentando os temores de que a guerra civil na Síria esteja se espalhando em direção aos seus vizinhos.

O ataque foi anunciado como uma explosão com quatro mortos, e o governo já avisou que o número de vítimas pode aumentar. “O número de pessoas mortas ou feridas está em mais de 100 agora. Mais de 30 morreram e o número de feridos está aumentando”, disse o ministro da Justiça turco Sadullah Ergin, à rede de televisão do país NTV.

A Turquia apoia a revolta contra o presidente sírio Bashar al-Assad, agora em seu terceiro ano, e já acolheu refugiados e rebeldes sírios.

O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Ahmet Davutoglu, afirmou não haver coincidência entre os ataques na cidade de Reyhanli num momento em que há esforços diplomáticos para acabar com a intensificação do conflito.

“Talvez haja pessoas que queiram sabotar a paz na Turquia, mas não vamos permitir que isso ocorra”, disse Davutoglu a repórteres durante visita a Berlim. “Ninguém deveria testar o poder da Turquia. Nossas forças de segurança farão tudo o que for necessário.”

Nenhum grupo disse ser autor dos ataques.

Imagens de televisão mostraram janelas quebradas e fumaça depois das explosões. A agência de notícias Dogan disse que houve quatro explosões, mas uma autoridade de Reyhanli disse à Reuters que ouviu apenas duas explosões.

“Dois carros explodiram na frente da prefeitura e da agência de correios de Reyhanli,” disse o ministro do interior Muammes Guller aos repórteres em comentários transmitidos pela TV turca.


5 comentários

  1. Palpiteiro
    sábado, 11 de maio de 2013 – 13:22 hs

    Lugar adequado para fazer turismo.

  2. Pedro Rocha
    sábado, 11 de maio de 2013 – 13:45 hs

    Acautelai-vos, homens de pouca fé! – Nos tempos que dilma, zé dirceu. genuino e outras tranqueiras andavam soltos por aí, bombas assim, era coisa comum nesse brasilsão.
    Lembram do Aeroporto de Guararapes? – Do quartel em S. Paulo? – Dá mais um tempinho, que vai voltar tudo de novo.
    É só não dá certo seus planos de assumirem a bagaça pela eternidade…

  3. Luiz F.de Freitas
    domingo, 12 de maio de 2013 – 11:40 hs

    Peço a Deus pelos feridos e pelas familias,conforto e acabem essas horríveis atrocidades.
    E que Deus tenha pena dos comentários ridículos do palpiteiro e Pedro Rocha, Deus nos deu dois ouvidos e uma boca, e a boca deve ser só para abençoar.
    E que tal se o Erzog fosse seu filho, que tal?

  4. sergio silvestre
    domingo, 12 de maio de 2013 – 13:31 hs

    Estamos mesmo precisando de atividade.

  5. Pedro Rocha
    segunda-feira, 13 de maio de 2013 – 12:01 hs

    Luiz Freitas; a mãe do soldado MARIO KOZEL FILHO, (entre tantas outras mães do terrorismo brasileiro), um menino, recruta. de 19 anos, inocente, assassinado em junho de 1968 pela VPR (Vanguarda Popular Revolucionária) QUADRILHA QUE A DILMA PERTENCIA, cujo pedaços do seu corpo foram espalhados num raio de 300 metros APÓS A EXPLOSÃO, deve ter tido mais um belo Dia das Mães, ontem, não? –
    É o 44º Dia das Mães, que ela não recebe os parabéns do seu menino Mário, pois para assassinos a solta como esses da VPR de então; e esses atuais da Turquia, nada interessa-lhes, além da sanha de matar, assassinar quem quer que seja, pelo simples prazer de fazer valer , e mostrar seus bestiais instintos!
    Lembro bem do assassinato do Mário, porquê nesse mesmo dia eu também estava de guarda, aqui no Quartél do Boqueirão. Mas lembro bem da comoção geral, e do terror que ficávamos possídos, todos meninos com 19 anos, logo após esses atos terroristas que explodiam tudo e todos!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*