Assembleia aprova, em 1ª discussão, conta única para o Governo do PR | Fábio Campana

Assembleia aprova, em
1ª discussão, conta única para o Governo do PR

Sigerfi, Assembleia Legislativa do Paraná, votação

A Assembleia Legislativa aprovou hoje, em primeira votação, projeto que cria o Sistema de Gestão Integrada dos Recursos Financeiros do Paraná,  Sigerfi.  O projeto unifica as contas da administração direta estadual. A segunda votação ocorre ainda na tarde de hoje, em sessão extraordinária. Para possibilitar a dupla votação no mesmo dia, o plenário foi transformado em comissão mista.


6 comentários

  1. Marco
    terça-feira, 21 de maio de 2013 – 19:22 hs

    E o reajuste do funcionarios?????????????????

  2. laisa lopes
    terça-feira, 21 de maio de 2013 – 19:52 hs

    Sem entrar no mérito desse caso, o posicionamento da ALEP, historicamente tem sido vergonhoso, sempre de joelhos referendando os atos do Governo, típico de uma camarilha.

  3. Zangado
    terça-feira, 21 de maio de 2013 – 20:56 hs

    Nisso se transformou Legislativo – ancilar capacho do Executivo, incompetente contumaz, mas que descobriu depois de dois anos que está gastando mais do que pode e não tem qualquer projeto importante para o Estado.

    Mais um xoque de jestão dos luminares do governo.

    Se é numa empresa privada estava todo mundo no meio da rua !!!

    Pede pra sair, gente.

    Quem está do lado de fora está vendo a incapacidade desse governo mes a mes !!!

  4. Kátia Brandão
    quarta-feira, 22 de maio de 2013 – 0:19 hs

    Essa mesa composta por Traiano e Scanavaca já diz tudo sobre a Alep.

    O povo paranaense ainda não aprendeu a votar.

  5. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 22 de maio de 2013 – 5:28 hs

    Certo está o Joaquim Barbosa,

    Os Legislativos, em TODAS as esferas, é subserviente aos Executivos.

    No Congresso;
    Na Assembleia;
    Na Câmara.

    E o interesse dos representados?

  6. cesar - eu mesmo
    quarta-feira, 22 de maio de 2013 – 10:32 hs

    E depois vem o ditador JB, falando o que todo munda sabe.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*