A conta do inchaço de ministérios no governo Dilma Rousseff | Fábio Campana

A conta do inchaço de ministérios no governo Dilma Rousseff

Custo para manter o número recorde de 39 ministérios é de R$ 58 bilhões

Luiza Damé e Catarina Alencastro, O Globo

Manter a estrutura e os funcionários das atuais 39 pastas do governo Dilma Rousseff, instaladas na Esplanada dos Ministérios e em outros prédios espalhados pela capital, custa pelo menos R$ 58,4 bilhões por ano aos cofres públicos.

Esta verba, que está prevista no Orçamento Geral da União de 2013 para o custeio da máquina em Brasília, é mais que o dobro da que foi destinada ao maior programa social do governo, o Bolsa Família, que custará R$ 24,9 bilhões este ano.

No total, o orçamento para custeio de toda a engrenagem federal chega a R$ 377,6 bilhões, quando são incluídos, por exemplo, órgãos técnicos, empresas públicas, universidades, escolas e institutos técnicos federais. Este valor representa mais do que o PIB (a soma de todos os bens e serviços) de países como Peru, Nova Zelândia ou Marrocos.

A maior despesa nesse bolo é justamente com os salários dos funcionários, tanto os de Brasília quanto os espalhados país afora: o Executivo federal fechou a folha de pagamentos de 2012 em R$ 156,8 bilhões. O número de ministérios passou de 24, em 2002, para 39 este ano.

A quantidade de servidores ativos e aposentados também cresceu: passou de 809.975 em 2002, para 984.330 no fim de 2011, segundo dados do próprio governo.

A título de comparação, a verba total destinada a investimentos do governo federal, prevista no Orçamento Geral da União deste ano, é de R$ 110,6 bilhões. Para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), menina dos olhos da presidente, estão previstos R$ 75 bilhões em 2013.


7 comentários

  1. Mr.Scrooge
    domingo, 19 de maio de 2013 – 18:18 hs

    Do jeito que a coisa vai, com certeza vai faltar lugar para tanto ministério em Brasília. E servidores. Alguns ministérios correm o risco de não poderem sair do papel por falta de gente para trabalhar, porque comissionado não é de trabalhar mesmo.

  2. carlos.
    domingo, 19 de maio de 2013 – 19:00 hs

    vão fazer alguma coisa não então, adianta falar algo. tudo ladrão

  3. SPRING
    domingo, 19 de maio de 2013 – 19:23 hs

    Preste atenção na mesa, ela é redonda, mas lotada de quadrados

  4. domingo, 19 de maio de 2013 – 19:32 hs

    Ainda falta um ministério, o da Veronica Maldonado.

  5. domingo, 19 de maio de 2013 – 19:33 hs

    Esta Faltando o ministério da Veronica Maldonado.

  6. NA CORDA BAMBA
    segunda-feira, 20 de maio de 2013 – 6:03 hs

    O grande culpado de tudo o que acontece entre os políticos somos
    nós eleitores. O poder existe para aqueles que são colocados no po-
    der atraves da eleição. Depois de eleitos o que acontece de “banda-
    lheira” é por conta deles…
    Com certeza a metade dos ministérios seriam suficientes para dar
    conta de tudo e o resto é tapa buraco !!!

  7. Xerpa
    segunda-feira, 20 de maio de 2013 – 11:36 hs

    Em breve as reuniões Ministeriais serão realizadas no Estádio Nacional Mané Garrincha! A Presidenta Dilma espera a conclusão para nomear os próximos Ministros. E depois falavam que o FHC inchava o Governo!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*