Tributarista Heleno Torres será ministro do Supremo, diz Estadão | Fábio Campana

Tributarista Heleno Torres será ministro do Supremo, diz Estadão

De Vera Rosa, O Estado de S. Paulo:

BRASÍLIA – A presidente Dilma Rousseff escolheu o novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Trata-se do advogado tributarista Heleno Torres, segundo informaram fontes do Supremo. Torres esteve ontem à noite no Palácio do Planalto, acompanhado do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para uma conversa reservada com Dilma.

Professor da Universidade de São Paulo (USP), o pernambucano Torres entrará na vaga do sergipano Carlos Ayres Britto, que presidiu o Supremo e deixou a Corte no fim do ano passado.

O novo ministro é ligado a Ricardo Lewandowski, que foi relator do processo do mensalão, e também ao prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT). O advogado-geral da União, Luiz Inácio Adams, é o outro padrinho da indicação de Torres.


5 comentários

  1. Max
    sexta-feira, 5 de abril de 2013 – 18:52 hs

    Dilma indica Ministro que quer anular o MENSALÃO, além de amigo íntimo da governanta e de Lewandowisky, vejam o que ele disse no Tratado de San Jose, sobre o mensalão .
    VERGONHA NACIONAL

  2. Dieter
    sexta-feira, 5 de abril de 2013 – 22:11 hs

    Esse encontro serviu para que a dilma mostrasse ao Heleno como é que ele deveria julgar os casos de roubalheira e desvios do pt, alem de toda sorte de vagabundagens dos seus aliados.Justiça mesmo só apra os inimigos.

  3. NARIZ DE FOLHA
    sábado, 6 de abril de 2013 – 0:22 hs

    É A JUSTIÇA PETISTA, IGUAL A DE HITLER…..

  4. sábado, 6 de abril de 2013 – 10:56 hs

    Depois de nomear como Ministro José Toffoli, que era advogado do PT e sua esposa ser uma das advogadas do pessoal do Mensalão nada mais neste país nos surpreende.
    Grande vergonha para a Justiça.

  5. Anônimo
    sábado, 6 de abril de 2013 – 13:44 hs

    Nossaaaaa! e o Fachin ? o eterno candidato? Em BSB não se pode nem ouvir falar o nome, quando surge uma vaga no STF.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*