Oito presidentes de comissões da Câmara respondem a inquérito ou ação penal | Fábio Campana

Oito presidentes de comissões da Câmara respondem a inquérito
ou ação penal

De O Globo:

Responder a inquéritos ou ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF) não é exclusividade do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Levantamento do site “Congresso em Foco” mostra que oito presidentes de comissões na Câmara têm problemas na Justiça. Esses parlamentares dizem que os inquéritos são iniciados a pedido do Ministério Público, mesmo sem evidência de culpa, e se queixam de que acabam jogados no mesmo bolo dos réus em ações penais.

Na Câmara, dos 21 presidentes de comissões temáticas, quatro são réus em ações penais no STF, acusados de crimes de corrupção, contra a ordem tributária, formação de quadrilha e estelionato. Outros quatro presidentes de comissão respondem a inquéritos na Corte. O levantamento mostra que os oito respondem a 14 inquéritos e quatro ações penais, em investigações feitas a pedido da Procuradoria Geral da República.


Um comentário

  1. domingo, 7 de abril de 2013 – 20:33 hs

    Até parece que neste País as pessoas para assumirem altos cargos públicos necessitam que estejam sendo processados por alguma coisa em caso de se tratar de pessoas integras e honesta não podem assumir qualquer cargo. ISTO É BRASIL

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*