Ofendida por fala de Feliciano, deputada diz que vai deixar cargo em comissão | Fábio Campana

Ofendida por fala de Feliciano, deputada diz que vai deixar cargo em comissão

Da Folha de S.Paulo:

A deputada Antônia Lúcia (PSC-AC) afirmou nesta segunda-feira (1º) que vai renunciar ao cargo de vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara.

O motivo, segundo ela, é a declaração feita pelo presidente da comissão, pastor Marco Feliciano (PSC-SP), de que o colegiado era “dominado por Satanás” antes de sua chegada ao posto. Feliciano fez as declarações na sexta-feira à noite, durante um culto num ginásio de Passos (348 km de BH), no sul de Minas Gerais.

Ao comentar um protesto contra ele que ocorria do lado de fora, afirmou: “Essa manifestação toda se dá porque, pela primeira vez na história desse Brasil, um pastor cheio de espírito santo conquistou o espaço que até ontem era dominado por Satanás”.

Antônia Lúcia, que também é evangélica, disse que se sentiu ofendida já que faz parte da comissão há três anos.

“Em respeito à minha própria pessoa, ao meu trabalho como parlamentar, eu não aceito uma declaração dessas. Eu acho que nós temos que separar igreja de
Deputado Marco Feliciano foi eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara; ele vem sofrendo pressão de grupos socias para deixar o cargo desde então Parlamento.”

A deputada também defendeu outros integrantes da comissão. “Existiam outras pessoas evangélicas, que quando tomarem conhecimento disso também vão ficar ofendidas. E outro detalhe: convivi durante estes anos todos com o deputado Domingos Dutra [PT-MA, ex-presidente da comissão] e em nenhum momento eu diagnostiquei qualquer atitude dele que me levasse à conclusão de que ele é satânico.”

DESCULPAS

Pelo Twitter, Feliciano afirma que conversou com a deputada e “explicou” o ocorrido. “Pedi desculpas pelo mal-entendido e ela aceitou”, diz.

Segundo ele, “2 mil pessoas tiveram seu direito de liberdade de culto violado. Mas o que interessa é que falei sobre satanás que significa adversário”.

Criada em 1995, a comissão já foi presidida por 15 parlamentares antes de Feliciano.

A assessoria de Feliciano afirmou que sua afirmação foi feita dentro de uma igreja, não numa atividade política, e que se trata de uma “opinião religiosa que reflete sua visão espiritual”, por isso ele não faria comentários a esse respeito.

Uma reunião de líderes partidários prevista para terça-feira para discutir a permanência do pastor na comissão foi adiada em razão da ausência do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que está de licença médica durante a semana.


11 comentários

  1. joao messias
    segunda-feira, 1 de abril de 2013 – 16:14 hs

    é isso ai…
    pede pra sair…deve ser mais uma defensora da bicharada!!!

  2. Perseu Guido 21
    segunda-feira, 1 de abril de 2013 – 16:19 hs

    O bordão do Tiririca foi um tiro pela culatra… tá ficando cada vez pior… cadê o profissionalismo desta gente?

  3. Aline
    segunda-feira, 1 de abril de 2013 – 16:49 hs

    Hum, mas que povo melindrado, hein???? É o Ó do BOROGODÓ

  4. OCIMAR
    segunda-feira, 1 de abril de 2013 – 18:51 hs

    E NÃO ERA?

  5. verdade
    segunda-feira, 1 de abril de 2013 – 19:16 hs

    Gente isto eh um demente! Será que ficou assim de tanto fazer aquela chapinha ridícula? Cozinhou o cérebro? Vai de retro Satanás…

  6. Zé Ninguém
    segunda-feira, 1 de abril de 2013 – 19:34 hs

    E por isso que as coisas estão como estão , assunto religioso em meio a assunto parlamentar, o que essa ameba tem de emitir opiniões religiosas sobre assunto das classes minoritárias, plenário ,não é altar, com tanto assunto que pode mudar a vida da população majoritária os nobres deputados ficam iguais a lavadeiras discutindo sexo dos anjos . pela amor desse povo que sofre com enchentes, que paga impostos absurdos, e que são roubados a cada segundo, quer saber, que quem quiser dar o que lhe pertence que o dé , não interessa a vida sexual de ninguém, pois já não basta o tanto que esses deputados nos poem atras do saco.
    As leis tem de serem feitas e cobradas para todos cidadãos , sejam homens ou mulheres, os acessórios são opcionais.

  7. Irineu
    segunda-feira, 1 de abril de 2013 – 20:17 hs

    Ao invés de ficar atacando os próprios companheiros de bancada, deveria procurar fazer algo de bom, já que se acha cheio de espírito santo ter a humildade de repensar sobre os protestos que o envolvem.

  8. Berto Oliva
    segunda-feira, 1 de abril de 2013 – 22:14 hs

    A carapuça serviu na digníssima deputada…. sem maiores comentários…..

  9. carlinhosjp
    terça-feira, 2 de abril de 2013 – 8:46 hs

    Pastor Feliciano para presidente. Já!!

  10. Sansan
    terça-feira, 2 de abril de 2013 – 9:33 hs

    Cada dia mais complicado o Deputado.. Fica calado.

  11. Fátima Souza
    terça-feira, 2 de abril de 2013 – 15:40 hs

    Este cidadão é sem noção alguma.
    Ele que fique na igreja dele evangelizando e deixe a política para outra pessoa.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*