Ney pede a secretário de Fruet que não desative o "cárie zero" | Fábio Campana

Ney pede a secretário de Fruet que não desative o “cárie zero”

O deputado Ney Leprevost, líder da Frente Estadual da Saúde e Cidadania, encaminhou expediente ao secretário municipal de saúde, Adriano Massuda, pedindo a manutenção do programa “Cárie Zero” da Prefeitura de Curitiba.

O parlamentar foi informado por servidores públicos de carreira de que a Prefeitura estaria disposta a acabar com o programa.

“O Cárie Zero, através de vários métodos de interação com o público, educa para a saúde bucal preventiva. Deve ser aprimorado e não desativado”, afirma Ney


14 comentários

  1. João Manuel
    quinta-feira, 11 de abril de 2013 – 19:24 hs

    Atualmente é uma vergonha o que está acontecendo na Secretaria de Saúde.
    Dezenas de dentistas que eram anteriormente chefes estão literalmente encostados, fazer nada o dia todo na Secretaria. Por que estes profissionais nao estao atendendo a população carente como dentistas que o são? Não entendo isto.
    Trabalho na S. Saúde e fico revoltado ao ver estes profissionais na ociosidade. Vamos trabalhar minha gente!

  2. Max
    quinta-feira, 11 de abril de 2013 – 22:58 hs

    Que feio Gustavo, não faz nada a não ser criar cargos para colocar os PETRALHAS e ainda quer acabar com as benfeitorias da administração anterior

  3. Olho Vivo
    quinta-feira, 11 de abril de 2013 – 22:59 hs

    O deputado Leprevost está certo, desativar o Cárie Zero é um equívoco.

  4. Vera do HC
    quinta-feira, 11 de abril de 2013 – 23:17 hs

    Parabéns, deputado Ney Leprevost. Continue olhando e lutando pela saúde da nossa gente.

  5. Irineu
    quinta-feira, 11 de abril de 2013 – 23:18 hs

    Esse trabalha e luta de verdade pela saúde.

  6. Deise
    sexta-feira, 12 de abril de 2013 – 0:44 hs

    O Cárie Zero é um dos melhores programas de prevenção do Brasil.

    Não deixem desativar.

    O senhor luta muito pela saúde , deputado Ney Leprevost.

    Converse com o secretário.

    Ele vai lhe ouvir.

  7. Luis C. Break
    sexta-feira, 12 de abril de 2013 – 6:31 hs

    quem tem culpa? aqueles que o colocaram la!!!

  8. Kadu
    sexta-feira, 12 de abril de 2013 – 8:45 hs

    Sempre de olho nas boquinhas esses políticos.

  9. ´PARANÁ
    sexta-feira, 12 de abril de 2013 – 9:03 hs

    DEVE TROCAR O NOME E DIZER QUE FOI ELE QUE CRIOU. COMO O PT FAZ.

  10. carlos rocha
    sexta-feira, 12 de abril de 2013 – 9:51 hs

    Esses iluminados não estão desativando nada apenas mudando de nome os programas de resultado que são reconhecidos, internacionalmente para dizeram que fizeram alguma coisa, é mediocridade pura.

  11. Sansan
    sexta-feira, 12 de abril de 2013 – 10:44 hs

    Não deixaremos isso acontecer, as nossas crianças não podem deixar de ter esse tratamento, pois está provado que as principais doenças é proviniente da boca.

  12. William
    sexta-feira, 12 de abril de 2013 – 11:45 hs

    Grande deputado Leprevost, só o senhor mesmo para expressar nossa preocupação com a imininte desativação deste excelente serviço de saúde odontológica.

  13. sexta-feira, 12 de abril de 2013 – 17:46 hs

    Ja houvi falar que quer acabar como premiadissimo Mae Curitjbana, do Luciano Ducci, tambem. Ou pelo menos trocar o nome para Prjeto Cegonha, pode tanta asneira desse governo ridiculo?

  14. luisa
    sábado, 13 de abril de 2013 – 15:17 hs

    Até agora deu para perceber que o fruet se preocupa mais em querer denegrir o Luciano do que trabalhar…………pode mudar o nome o projeto sera o mesmo ………

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*