Entrou água na MP dos Portos | Fábio Campana

Entrou água na MP
dos Portos

Do Lauro Jardim:

Negociação emperrada
Entrou água na apresentação do relatório da MP dos Portos, inicialmente prevista para ocorrer esta semana. O motivo: governo e o relator, Eduardo Braga, não estão falando a mesma língua (Leia mais em: Esticou demais?).

Desde o início das negociações com portuários e estados, Braga vem defendendo mais flexibilidade no discurso, enquanto o Palácio Planalto resiste a ceder.

Um dos pontos nevrálgicos, a prorrogação de contratos antigos, é o nó do momento. Braga achou que havia conseguido dobrar o governo para abrir negociação sobre esse tópico. Ledo engano.

Agora, o Executivo voltou a enrijecer em relação à proposta de prorrogação.


2 comentários

  1. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 10 de abril de 2013 – 6:26 hs

    KKKK

    A Gleisinha vai ter que JUSTIFICAR a privataria do PT.

  2. Deutsch
    quarta-feira, 10 de abril de 2013 – 20:08 hs

    E vamos continuar no atraso nessa terra de bosta?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*