Grupo Dignidade contra cidadania honorária ao pastor Silas Malafaia | Fábio Campana

Grupo Dignidade contra cidadania honorária ao pastor Silas Malafaia

O presidente da Câmara de Curitiba, Paulo Salamuni (PV), recebeu na terça-feira (23), das mãos de Toni Reis, diretor-executivo do Grupo Dignidade, um documento que repudia o ódio, a violência e a intolerância. Na carta, a organização que milita pela promoção da cidadania LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais), pede a retirada do projeto de lei que concede ao pastor Silas Malafaia o título de Cidadão Honorário de Curitiba (006.00011.2013).

Para Toni Reis, o pastor Malafaia faz um discurso de pregação do ódio. “Não é uma questão de evangélicos, cristãos ou ateus, é uma questão de postura do cidadão, de discurso de ódio e de violência, que é tudo o que não precisamos agora”, explicou.

O presidente do Legislativo, Paulo Salamuni, esclareceu que a proposta do título de cidadania é de iniciativa e responsabilidade do vereador proponente. “Meu dever como presidente é assegurar a liberdade dos parlamentares e observar sua inviolabilidade de opinião. Entretanto, isso não impede que essa presidência se posicione contra a intolerância e o preconceito. Nesta Câmara, por convicção e em obediência à Constituição Federal, somos a favor da dignidade da pessoa humana”, afirmou.


26 comentários

  1. sergio silvestre
    quarta-feira, 24 de abril de 2013 – 20:42 hs

    Eu tambem não daria titulo nenhum pro MALAFÁIA,e não é por causa da viadagem não,é porque o homem é um mala mesmo.

  2. Marco
    quarta-feira, 24 de abril de 2013 – 21:39 hs

    Engraçado tudo que fala ou expressa opinião sobre sobre Gays é preconceito ou homofobia. Vivemos em uma “DEMOCRACIA” não em um regime militar GAYS.

  3. renato ivan
    quarta-feira, 24 de abril de 2013 – 22:00 hs

    Malacraia!

  4. verdade
    quarta-feira, 24 de abril de 2013 – 22:20 hs

    Cidadão Honorário para este Pastor sem noção? Realmente eh não ter o que fazer esta Camara!

  5. clovis bornay
    quarta-feira, 24 de abril de 2013 – 23:17 hs

    Quem me conheceu sabe que eu só aprontava no carnaval, e agora tá tudo mudado pois antes nós eramos mais recatados e não aprontávamos em público, não exigiamos casamento, não fazíamos paradas GAY e ai por diante; a gente era veado e lésbica e não GLS e todo mundo vivia feliz. Hoje a nossa comunidade quer casar no papel, adotar crianças e outros bichos e não sabem que nos paises que isso já ocorre está “dando pano pra mangas” pois o homo é instável, separações são frequentes e ai com a lei no papel é uma eterna briga jurídica que antes não ocorria – era tão bom e eles não sabem……..querem direitos adquiridos na lei e só vão perceber a mancada lá na frente!!!!!!!!!!!!!!

  6. Lee
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 1:10 hs

    É cada vereador que me aparece.
    Deviam extinguir as câmaras de vereadores; só dão despesa, não fiscalizam p…nenhuma e ainda ficam de palhaçada.

  7. Proteu Dela Rue
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 2:26 hs

    Malafaia é um excêntrico radical, não merece o título.

  8. Valdecir Balduino
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 8:33 hs

    Esse Toni Reis é um mala sem alça. Tudo atinge a classe dele. O cara não faz nada para melhorar a sociedade e ainda é exigente. Ele quer respeito mas nem sabe o que é isso.

  9. ze loko
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 9:23 hs

    quem esta passando o título é a grande veradora carla pimentel hahahahahahahahahahahahahahaha

  10. Carlos Maia
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 9:41 hs

    Estamos vivendo hoje a ditadura das minorias barulhentas !

  11. Constanza del Piero
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 9:43 hs

    Entre homenagear Malafaia, e emitir um jornaleco gastando milhões, sem sobrar um exemplar sequer pra ver a cara da sacanagem, prefiro o voto ao Mala-Faia!
    Pelo menos não custa nada, e dá-se uma enquadrada no universo gay, que tá se achando a última coca cola no deserto.

  12. LENZA TOLEDO
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 9:46 hs

    Parece que tudo está certo, desde que tudo seja feito conforme os desejos do grupo LGBT.

  13. quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 10:03 hs

    serginho, mais uma vez homofóbico !

  14. Neto
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 10:10 hs

    É….o tempo em que fumar era bonito e ser viado era feio acabou….as coisas mudaram mesmo.

  15. toninho
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 10:14 hs

    Qual foi o vereador que propôs o título? Já propôs alguma coisa séria prá cidade? O que esse cidadão trouxe ou traz de bom para a cidade? Apenas é o líder de uma igreja e se limita a ela. Não vejo nenhum benefício coletivo que foi prestado por tal cidadão.
    Isso é banalização do título de cidadania. Já vimos isso no passado de vereadores e deputados, cada um na sua, quando apenas davam títulos da espécie e nome de ruas. Será que isso está voltando?
    Por bom senso, coerência e respeito a todos os cidadãos curitibanos, cancelem tal proposta.

  16. LUIZ
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 10:47 hs

    ESSES AÍ TAMBÉM SÃO DO DEMO,CONTINUE LUTANDO PASTOR,VAMOS MANDAR ESSES MALDITOS PARA AS PROFUNDEZAS DO INFERNO.

  17. equilibrista
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 12:13 hs

    É impressionante a intolerância desse pessoal do movimento gayzista, qualquer um que não tem a mesma opinião deles deve ser destruido com toda a virulência. São pessoas intolerantes com o prõximo, não admitem a adversidade e não sabem o que é respeito.

  18. quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 12:20 hs

    Gayzarada Vadia!!! Todos os dias se reunem e fazem protestos, em Brasilia, em plena tarde. Será que não trabalham??? Ahh claro vivem dos milhoes que o Governo Dilma, lhes dá pra fazerem protestos. Além de promiscuos… inuteis a sociedade, Vão trabalhar.

  19. Ed
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 14:25 hs

    No documento eles repudiam o ódio, a violência, etc. E o que eles sentem pelo Malafaia (que aliás não engulo muito), não é ódio?

  20. Elton
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 14:49 hs

    Só sabem nomear ruas e conceder cidadania honorária! Que dinheiro mal gasto com esses 33 vereadores minha gente – espero que tenha alguma exceção a regra.

  21. Ronaldo
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 15:39 hs

    Gostaria de saber qual vereador que apresentou o projeto de lei tão “relevante” para Curitiba.

  22. rozane
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 16:07 hs

    Toni vai cuidar da sua organização Dignidade e deixe de ser preconceituoso guri. Democracia não existe só para a tua turma.

  23. Observador
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 17:01 hs

    Uma pergunta que ninguém responde e talvez a vereadora possa responder:
    O que este senhor fez por Curitiba ou para Curitiba, para ser um Cidadão Honorário?
    Será que ela sabe o significado desta honraria?
    Como foi que este projeto passou pelas assessorias?
    Nossa mãe, quanta demagogia numa mulher só!

  24. A Sociedade Responde
    quinta-feira, 25 de abril de 2013 – 17:28 hs

    Silas será homenageado pela Câmara pelo trabalho religioso que presta. Esse é o fato. Na qualidade de religioso ele interpreta a Carta Magna Cristã: a Bíblia. Portanto, as reclamações devem ser encaminhadas a outro Senhor!

  25. Olho Vivo
    sexta-feira, 26 de abril de 2013 – 15:27 hs

    Para mim pouco importa o sexo de um ou de outro, mas é fato que tanto o pastor, quanto o tal gayzinho bocudo, não merecem a menor atenção, pois um é cria do outro, um não tem vida sem o outro e ponto final.

    Era tão diferente antigamente que os homossexuais tinham até vergonha de se mostrarem publicamente, não queriam envergonhar suas famílias, mas hoje o troço degringolou de tal forma que a bicharada faz questão de ser apontada na rua como homossexual, como se isso tivesse alguma importância na sua vida social.

    Vão cagá no mato bando de encrenqueiros, a vida é tão bela e deve ser vivida com alegria e não com eternas brigas por espaços. Esse Toni é um escroto, não percebem que a dele é fazer política? Aposto com quem quiser que em breve esse pulha sai candidato a alguma coisa, o mesmo vale para este pastorzinho ridículo que arrota honestidade e seriedade, mas que no fundo não passa de um cretino que tira dos mais inocentes, o dinheirinho do leite e do pão.

  26. Elio Moreira da Cruz Sousa
    quinta-feira, 30 de maio de 2013 – 11:50 hs

    Deus cedeu o seu livro árbitro a todos para escolher a vida que queremos levar da forma que queremos levar.O senhor JESUS CRISTO,em nenhum momento ele cita que podemos julgar as pessoas,mas podemos julgar as suas atitudes.Infelizmente o ser humano é falho nós somos falhos.Graças a DEUS,existe a sua misericórdia e para DEUS nåo existe um grau de pecado e DEUS nåo perdoa a blasfêmia contra o espirito santo.Deus ama o pecador ,mas abomina o pecado.Deus ama a todos os seres humanos,e existe um lugar preparado a todos seres humanos mas temos que ser obediente a sua palavra.O que deus preparou é com ordem e decência ,infelizmente queremos que nossas vontades seja o certo eu amo a todos.Mas existe a lei da semeadura o que se planta colhe .A palavra de DEUS,esta a todos sem acepção de pessoas e em sua palavra aquele que crer em mim e me obedecer será salvo vc e sua casa(sua família).E DEUS nos ensina que a sua palavra é a verdade.
    Profetizo o melhor de DEUS sobre nossas vidas que Deus continue nos dando oportunidade para podermos fala do seu amor .Porque o dia do amanha pertence ao único DEUS PODEROSO.Eu creio em DEUS,o senhor JESUS CRISTO morreu por nós levando as nossas dores e enfermidade,deixando a opção de escolha só nåo possamos esquecer que o que é de DEUS PROSPERA.
    A palavra de DEUS confronta as nossas atitudes ela é a única luz para os nossos caminho de turbulência. JESUS CRISTO em breve voltara como eu e vc esta .Será que estaremos pronto para com ele acompanha.Como esta´ as nossas vidas,( reflita )um ano abençoado acompanhado de momentos para refletir sobre nossas atitudes se o que tem que prevalecer é a nossa vontade ou a vontade DEUS.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*