E a turma que queria derrubar o Bondaruk? | Fábio Campana

E a turma que queria derrubar o Bondaruk?

A revelação da Polícia Federal de que a quadrilha constituida por assessores de políticos e oficiais de alta patente da Polícia Militar articulou forças para derrubar o comandante geral da PM, coronel Bondaruk, criou grande mal estar em gabinetes do governo. Afinal, havia muita gente de alto e médio coturno que insistia nessa demissão. Estariam todos envolvidos com a rede de corrupção?

Como a investigação ainda não terminou é possível, muito possível, que se desvende essa parte da trama que chegou a unificar fardados e paisanos contra o coronel Roberson Luiz Bondaruk.


10 comentários

  1. policial militar
    sexta-feira, 26 de abril de 2013 – 18:25 hs

    A coisa tá feia Fábio. Esta é apenas a ponta do iceberg, o Comandante está de parabéns, assim como o Secretário Cid Vasquez. Como PM fico envergonhado ao ver tanta sujeira na Corporação que amo e defendo a mais de vinte anos. O que me consola é que nós, bons policiais, somos a grande maioria, e que a justiça, apesar de tardia, está sendo feita. Está aí a prova da influência maléfica da política na PM, seja em operações, transferências e principalmente promoções. Chega de apadrinhamentos e benécies a vagabundos e bandidos.

  2. JORGE
    sexta-feira, 26 de abril de 2013 – 20:20 hs

    Isso demonstra a fragilidade do sistema de segurança, um assessor parlamentar nomeando comandantes de batalhões, escolhendo quem vai trabalhar aqui e ali, e a parte podre da polícia planejando derrubar o comandante. É ingerência política mandando na segurança pública. As corregedorias são apagadas; Está em estudo o estatuto da Polícia Civil e ninguém sugeriu as garantias constitucionais dos juízes e do ministério público aos policiais para realizarem o seu trabalho, entre elas a da inamovilidade. É só a Polícia Federal para fazer essa limpa mesmo.

  3. Mr.Scrooge
    sexta-feira, 26 de abril de 2013 – 20:52 hs

    Ih primo a coisa está ficando a cada dia mais feia. Abra o olho enquanto é tempo, e bota na rua os vagabundos e os bandidos na cadeia., porque Polícias cheias de marginais são inúteis. Lugar de bandido e ladrão não é na Polícia, não é mesmo primo?

  4. Deutsch
    sexta-feira, 26 de abril de 2013 – 22:00 hs

    Pois é, e tudo começou com o delazzarento na secretária de segurança O irmão dele é um dos maiores traficantes do Pr e nunca foi preso. Porque será?

  5. SD Carlos CCB
    sexta-feira, 26 de abril de 2013 – 22:43 hs

    Sr Fabio Campana, a vergonha é muito maior o Chefe da Funesp (grana) esta em um inquerito Civil e varios oficias etc
    É facil consultar Google (Adriano Marcelo Novochadlo) etc e a PF nada, e o processo das oficinas que era responsabilidade dele e outros .
    Cmte Bomdaruk deve agir com pulso e seriedade.

  6. Éderson
    sábado, 27 de abril de 2013 – 14:04 hs

    Todos querem uma fatia do bolo. O atual Comandante está comendo todo o bolo e não quer repartir com ninguém, pois o cargo de Comandante é o mesmo de Secretário de Governo e seus vencimentos são maiores, além é claro, do PODER. Tudo se resume em DINHEIRO E PODER, parece coisa de maçonaria. Imagine se os outros coronéis não querem também ?

  7. alex
    sábado, 27 de abril de 2013 – 17:20 hs

    não consigo acreditar que o Cel Vieira esta metido nisso, não acredito

  8. alex
    sábado, 27 de abril de 2013 – 17:23 hs

    Cel Vieira um homem de bem, e nos batalhões onde passou foi uma pessoa digna, coerente e de respeito,

  9. Sorvete na testa
    domingo, 28 de abril de 2013 – 21:16 hs

    Essa PRE é um antro. Se gritar pega ladrão, não sobra um meirmão. Só saem do ar-condicionado pra morder.

  10. Mischa
    segunda-feira, 29 de abril de 2013 – 0:12 hs

    Sempre vai ter gente tentando derrubar quem é correto. A banda podre deve estar chorando as pitangas com um Comandante assim, e um Secretário de Segurança como o nosso. Tem quadrilha aí que o que quer é ver esses dois fora, pra tomar o Estado. TSC TSC TSC. Parabéns, Governador, por não ter caído nessa pressão!!! Pra frente, PARANÁ!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*