Como ficam o PPS e o PSB no Paraná? | Fábio Campana

Como ficam o PPS e o PSB no Paraná?

A candidatura presidencial de Eduardo Campos tem forte esforço do PPS de Rubens Bueno para declarar no Paraná. E o PSB de Luciano Ducci deve entrar naturalmente nessa briga. Cabe a pergunta: como fica o entendimento estadual? Os dois partidos são da base de apoio de Beto Richa, do PSDB, que terá que armar um palanque para o candidao tucano á presidência.


3 comentários

  1. CLOVIS PENA
    terça-feira, 2 de abril de 2013 – 7:08 hs

    Simples, Fábio.
    Estrategistas de plantão já devem ter pronto o blá blá blá para passar aos eleitores distraidos, no horário eleitoral. Começarão dizendo que o concorrente é que não tem coerência ou que é MAIS INCOERENTE. Depois encontrarão maneiras de desviar o assunto, dizendo que o candidato do partido HÍBRIDO INCOMPATÍVEL é uma pessoa excelente, acima destas coisas pequenas e que nada há de errado em combater aqui e somar em Brasília e vice-versa etc, etc.

  2. Tio Quim
    terça-feira, 2 de abril de 2013 – 8:17 hs

    Problemas decorrentes do oportunismo. Enquanto não houver regra que defina alianças de outra forma, será sempre assim. Os franqueados locais dos partidos agirão por livre vontade, não seguindo a orientação do franqueador master, a não ser que lhe seja conveniente. Cada eleição é uma aliança diferente, movida por interesses eleitoreiros e financeiros. Uma hora, dá pepino.

  3. cwb
    terça-feira, 2 de abril de 2013 – 9:38 hs

    Luciano abandonou e quebrou curitiba, que fuja daq cavalo paraguaio

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*