Fernando Collor homenageado em Cascavel | Fábio Campana

Fernando Collor homenageado em Cascavel

Via José Ivaldece Pereira

Para falar sobre “Globalização da Economia” o ex-presidente e atual senador pelo Estado de Alagoas, Fernado Collor de Mello, esteve hoje em cascavel na Faculdade Assis Gurgacz, recebendo homenagem e palestrando para mais de mil acadêmicos de diversos cursos de graduação e pós graduação.

Collor falou sobre a realidade brasileira perante os demais paíeses e defendeu de forma direta o parlamentarismo, como forma de uma nova fase para a política brasileira, comparando com a Itália, onde segundo ele, tudo caminha, mesmo com aquele País estando sem primeiro ministro por quatro meses.


20 comentários

  1. Carlos Ernandes
    sábado, 20 de abril de 2013 – 19:43 hs

    Ai ai ai, Maringá , como pode… O PT é cumpanheiro deste cabra…

  2. Carlos Ernandes
    sábado, 20 de abril de 2013 – 19:44 hs

    Ricardo Barros estava aí para receber Collor?

  3. jobalo
    sábado, 20 de abril de 2013 – 19:50 hs

    Sò falta conv8idarem o lula como palestrante e ainda receber o titulo de Dr Onoris causa, que inversão de valores . Daqui alguns dias : vão convidar o Zé Dirceu , Genoino, e tantos outros do pt e mensalão.

  4. sábado, 20 de abril de 2013 – 20:17 hs

    Falou do famosos “supositório”?

  5. Zangado
    sábado, 20 de abril de 2013 – 20:46 hs

    Eis o proverbial “caçador de maracujá” !!!

    O (ex) presidente de “um tiro só” !!!

    Que mais?

  6. beltrano da silva
    sábado, 20 de abril de 2013 – 21:38 hs

    Quem homenageia esta crapula deveria ir morar em alagoas. garanto que mudaria de opiniao… bando de trouxas… so falta homeneagear o FHC tambem,,, nao e a toa que estamos nesta situacao…

  7. Escritor
    sábado, 20 de abril de 2013 – 23:11 hs

    ISSO É UMA VERGONHA.

  8. Drica
    domingo, 21 de abril de 2013 – 1:32 hs

    Nossa sociedade está enferma ! Será que tem cura ?

  9. Luiz Flavio
    domingo, 21 de abril de 2013 – 8:15 hs

    É para acabar com meu final do ano.

    Ficha-resumo

    Há quase 21, em 29 de setembro de 1992, a Câmara dos Deputados aprovou por 441 votos o afastamento do então presidente Fernando Collor de Mello. Ele foi o primeiro presidente eleito por voto direto após o regime militar (1964-1985) e o único deposto por um processo de impeachment no Brasil.

    Collor foi eleito em 1990 depois de derrotar o sindicalista Luiz Inácio Lula da Silva com uma campanha moderna e apoio de empresários. Ele tinha apenas 40 anos de idade e era um político alagoano desconhecido do restante do país.

    Já no Planalto, Collor foi acusado de envolvimento em um esquema de corrupção organizado pelo seu ex-tesoureiro de campanha, Paulo César Farias, o PC Farias. As primeiras denúncias surgiram após os 100 primeiros dias de mandato e repercutiram na imprensa que, livre da censura da ditadura militar, pode investigar o caso que culminou no impeachment.
    As acusações contra Collor ganharam força com a divulgação de duas entrevistas nas revistas Veja e Isto É.

    Os atos de corrupção praticados por PC, são de um amadorismo nunca antes visto, se comparado ao esquema do mensalão patricinado pelo PT.

    Eu, na inocência da minha adolescência, fiquei fã de Collor, afinal, ele era o caçador dos marajás de Alagoas.

    Collor saiu pela porta dos fundos e os marajás continuam até hoje e em todos os estados do Brasil.

    Até a pequena Londrina, tem seus Marajás.

  10. Rodrigo Francisco Braz
    domingo, 21 de abril de 2013 – 8:22 hs

    Excelente palestra para quem não está cegado pela parte nefasta da mídia!

  11. Juca bala
    domingo, 21 de abril de 2013 – 8:44 hs

    Kkkkkkkkkk!!! “omenagem” ??? Este pessoal ai da faculdade só podem ser uns retardados!!! O bacana roubou o povo Brasileiro minha gente!!! É o capeta ña Terra!!!

  12. PACHECO
    domingo, 21 de abril de 2013 – 10:01 hs

    VERGONHA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  13. domingo, 21 de abril de 2013 – 14:20 hs

    Que falta faz uma panela de pressão cheia de pregos lá.

  14. Vigilante do Portão
    domingo, 21 de abril de 2013 – 14:26 hs

    Recebeu o tÍtulo da CANALHA do ANO?

  15. Sergio R.
    domingo, 21 de abril de 2013 – 16:35 hs

    Quem diria. O neocompanheiro petista recebendo homenagem. Neste Brasil acontece de tudo. Imagino o nível da palestra. Quem escolheu o palestrante? Os graduados e pós? Por isso a educação está caindo pelas tabelas. Duela a quien duela.

  16. cesar - eu mesmo
    domingo, 21 de abril de 2013 – 16:56 hs

    jobalo – ca la do.
    So sabe falar besteiras???

  17. marciojose nantes
    domingo, 21 de abril de 2013 – 18:14 hs

    ESSE É SANTINHO SE COMPARADO AO EX PRESIDENTE LULLA,

    CHEFE DO MENSALAO.

  18. Mr.Scrooge
    domingo, 21 de abril de 2013 – 22:28 hs

    Meu Deus do céu, este povo perdeu a memória ou o juízo? Gente o caçador de marajás não foi cassado porque era incompetente, que era também, mas porque era gato. Mas estes universitários e pós-graduandos não sabem disto. Então voltem aos bancos escolares. Quem não conhece a sua História, está fadado a repeti-la. E não fui eu que criei esta frase.

  19. Anônimo
    segunda-feira, 22 de abril de 2013 – 10:21 hs

    O lula disse certa vez que aceitava o apoio de todos os ex-presidentes brasileiros menos o do Collor, pois é agora estão se beijando na boca, esse lula é mesmo uma farsa, e os estudantes dessa faculdade precisam volta à escola, senão vão ficar anarfabetos iguar o lullarápio e cafajestes como o collorápio.

  20. Anônimo
    segunda-feira, 22 de abril de 2013 – 10:22 hs

    O lula disse certa vez que aceitava o apoio de todos os ex-presidentes brasileiros menos o do Collor, pois é agora estão se beijando na boca, esse lula é mesmo uma farsa, e os estudantes dessa faculdade precisam volta à escola, senão vão ficar anarfabetos iguar o lullarápio e cafajestes como o collorápio.
    Pô Cascavel eu tinha você em outro conceito.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*