Tarifa de ônibus vai subir | Fábio Campana

Tarifa de ônibus vai subir

A tarifa de ônibus vai subir. A confirmação foi feita pelo presidente da Urbs, Roberto Gregório Júnior. Ele disse que o percentual do aumento ainda está sendo negociando com as empresas e trabalhadores do setor, mas adiantou que o valor da chamada “tarifa técnica” é R$ 3,05.

A esperança de Gustavo Fruet, da base aliada do PT, é conseguir um subsídio com Dilma Rousseff através da ministra Gleisi Hoffmann, sua candidata a governadora em 2014.


12 comentários

  1. Laertes
    terça-feira, 5 de março de 2013 – 13:22 hs

    O Fruet ate o momento só demostrou que é um tremendo pedinte, vamos esperar mais 2 meses, ai vamos ver e constatar quem ele é.
    O secretario Bertoldi, afirmou que só fala de ônibus espacial.
    O Gregório tem boa formação, como dizem é bom moço apesar de forçar no currículo, eu trabalhei com ele e digo sempre foi mosca de politico esperando uma boquinha.
    A URBS, deveria ser caso de policia.
    E por ai vai a nova gestão da prefeitura.

  2. Zé Coméia
    terça-feira, 5 de março de 2013 – 13:26 hs

    Pare com isso Gustavo, que pedir subsidio coisa nenhuma, resolva as coisa de uma vez por toda, se vier subsidio agora, no próximo gov vai continuar essa lenga lenga.

  3. João Fernando Madureira
    terça-feira, 5 de março de 2013 – 13:47 hs

    Pelas enquetes a nobre ministra esta a caminho, e se resolver esse problema, a velocidade aumentará, quero ver como ficará nosso nobre governador que disse não se isso acontecer……….

  4. Cajucy Cajuman
    terça-feira, 5 de março de 2013 – 15:53 hs

    O problema é que se Dilma criar condições para Curitiba, terá, obrigatoriamente, que ajudar também com subsídios outras capitais e aí haja dinheiro para tanto.

    O mesmo acontecerá se o governo do Paraná fizer concessão ao município de Curitiba. Sofrerá pressão dos demais que também buscam solução para o problema em suas cidades. Portanto…

  5. Carlos Bahia
    terça-feira, 5 de março de 2013 – 16:54 hs

    O trabalhador com emprego formal tem o transporte garantido pela empresa. Quem é mais penalizado são os estudantes e o trabalhador informal. É possível diminuir o custo baixando a margem de lucratividade das empresas, contendo o custo de manutenção e fiscalizando as despesas.
    Será que as planilhas de custos da Urbs não são super dimensionadas para favorecer as concessionarias?

  6. Carlos
    terça-feira, 5 de março de 2013 – 17:43 hs

    Não acredito que o Governo Federal subsidie a tarifa de transporte público em Curitiba. Ao conceder o subsídio para Curitiba, outros municípios, com razão, também se acharão no direito de te-lo. O mesmo acontece em relacão ao Governo Estadual. Estranho que outros municipios do Paraná não o tenham reivindicado.É um direito.Também não acredito que em dois meses de governo já se tenha a “tarifa técnica”definida, com seguranca. O que mudou em relacão a planilha de cálculo já existente? Todos os parâmetros que a componhem foram analisados e revistos? Duvido!

  7. GASTÃO
    terça-feira, 5 de março de 2013 – 17:53 hs

    O BETO RICHA COMO PREFEITO NÃO PEDIU PINICO AOS GOVERNOS FEDERAL (PeTralhas) E ESTADUAL (REQUIÃO) E ADMINISTROU MUITO BEM OS PREÇOS DAS PASSAGENS, SEM USAR DISSO COMO RASTEIRA POLITICA. COMO O GUSTAVO ESTÁ OUSANDO EM FAZER.

  8. lucia
    terça-feira, 5 de março de 2013 – 22:08 hs

    Socorro Glaisi ,já tropecei no primeiro problema .

  9. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 6 de março de 2013 – 7:47 hs

    FRIAMENTE:

    Subsídio é uma ANOMALIA.

    Significa dizer que TODOS pagaremos.

    Quam paga o Subsídio ou as Isenções?

    Os TRIBUTOS pagos pela sociedade.

    Lembram da celeuma sobre a Passagem gratuíta para estudantes?

    Pois é,

    A BENESSE seria paga pelos demais usuários.
    Pior, seriam subsidiados com os Tributos arrecadados.

  10. Dunha
    quarta-feira, 6 de março de 2013 – 9:37 hs

    É muito fácil falar em campanha, é muito fácil ficar culpando terceiros.
    Levanta daí e faz a devassa que ia fazer na URBS.

    Que tal pegar o $$ das multas (que não são poucas) para usar como subsídio ao preço da passagem? Isso ninguém quer né. É grana que entra fácil…

  11. Para Lucia
    quarta-feira, 6 de março de 2013 – 10:53 hs

    Lucia querida, está escrito ali em cima o nome correto dela, GLEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEISI. Analfabeta

  12. EU
    quarta-feira, 6 de março de 2013 – 15:32 hs

    PQ O POVO QUE VOTOU NO FRUET NÃO VAI TRABALHAR DE BICICLETA?????
    NA CAMPANHA ERA CALOI PARA CÁ, CALOU PARA LÁ!!!!
    VIU SEUS OTÁRIOS, ISSO É POUCO PARA VCS, TEM MUITO MAIS PARA VIR!!!!!
    SE PREPAREM!!!!! CHEGA A PRÓXIMA AINDA VOTAM NELES. KKKKKKKK…..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*