Richa anuncia medidas para transporte coletivo | Fábio Campana

Richa anuncia medidas para transporte coletivo

Na manhã desta sexta-feira (08), o governador Beto Richa anuncia medidas relacionadas ao transporte coletivo urbano do Estado para municípios do Paraná de grande densidade populacional. Deverá responder sobre a questão do subsídio para o transporte em Curitiba, como pede o prefeito Gustavo fruet para não aumentar a passagem.

A reunião, que será aberta à imprensa, vai acontecer no restaurante Madalosso, as 11h30, em Santa Felicidade.


4 comentários

  1. sexta-feira, 8 de março de 2013 – 12:18 hs

    Governador Beto Richa você não mede esforços para facilitar a vida dos Paranaenses,dentro da disponibilidade financeira do Estado,temos a certeza de que lançará mão de medidas de apoio e de todos os recursos financeiros , para ajudar os trabalhadores e estudantes,que são os que mais utilizam o transporte coletivo , é o Estado a serviço da população que todos cidadãos desejavam.É o Paraná no caminho certo.

  2. Antonio Cruz
    sexta-feira, 8 de março de 2013 – 12:19 hs

    Fábio, não sei o que o Beto vai anunciar, vou me atender ao que foi dito esta semana sobre o fim do subsídio.
    Particularmente sou contra toda forma de subsídio, o problema tem que ser resolvido sem remendos: subsídio é remendo.
    Só tem um GRAVE PROBLEMA na postura do governador: A HIPOCRISIA DE ALTA PLUMAGEM, que o fez conceder o benefício para não queimar Ducci, então pré-candidato a prefeito, e não fazê-lo para Fruet, seu adversário.

    O Beto é demagogo quando a sua prática contradiz seu discurso. Ora, isso não era slogan seu de campanha ( a prática é o critério da verdade)?

    Ele vive falando de relações republicanas, mas não age como fala. Neste caso a relação republicana seria manter o subsídio, pois ele o criou em 2011-2012.

    Tenho vergonha de ter o Beto como governador, pois flutua ao sabor das conveniências políticas e não consegue estabelecer um critério adequado para seus posicionamentos. Este governo é um fiasco no que tange a políticas públicas, ele não consegue implantar nada, só faz propaganda.

    Não foi para isso que o elegemos: Este não é um NOVO PARANÁ como foi proposto em campanha. Trata-se de uma gestão antiquada, e lamentavelmente provinciana.

    Tenho dito!

  3. sergio silvestre
    sexta-feira, 8 de março de 2013 – 12:29 hs

    As medidas que os governos vós enfiam são grossas e doloridas.
    Mesmo sofrendo,por dentro ,acham se felizes por fora.
    A cada dia é sempre uma medida mais dolorosa,mas tudo se lasceia
    na medida que rebolam.

  4. sexta-feira, 8 de março de 2013 – 15:42 hs

    Isso é uma piada. O Governador acha que somos otários. A briga politica que ele quer tramar não convence. Já está descendo a ladeira.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*