Rasera é condenado | Fábio Campana

Rasera é condenado

A Justiça condenou o policial civil e ex-assessor do governo do Paraná Délcio Augusto Rasera à perda do cargo e a 20 anos de prisão pelo crime de interceptação telefônica ilegal.

Rasera vai apelar.


22 comentários

  1. Alessandro
    sábado, 16 de março de 2013 – 14:35 hs

    Mesma pena de Mizael Bispo, condenado por homicídio triplamente qualificado.
    Rasera foi demasiadamente penalizado ou Bispo é que foi de menos?

  2. sábado, 16 de março de 2013 – 14:52 hs

    Memória curta………….
    Não me lembro em que gestão o Rasera atuou como acessor de governo!!!!!!!

  3. Zé do povo
    sábado, 16 de março de 2013 – 15:02 hs

    De tanto grampear acabou grampeado!

  4. sergio silvestre
    sábado, 16 de março de 2013 – 15:50 hs

    Perder o cargo ,tudo bem,mas 20 anos de prisão por isso,tão de brincadeira.Acho que alguma coisa ai esta errada ,nem sicários que matam as pencas os caras põe na cadeia.

  5. SYLVIO SEBASTIANI
    sábado, 16 de março de 2013 – 16:02 hs

    A “Justiça” que ele se refere é a Juiza de Campo Largo. Com essa manchete parece que é o Tribunal de Justiça e até o Supremo Tribunal Federal. Tenho causa de ganho de Juiz e perda no Tribunal de Justiça.

  6. marcelosegurança
    sábado, 16 de março de 2013 – 16:35 hs

    Era assessor ( e não como escreveu o colega acima) de quem? Lógico… do atual Senador Requião. O mesmo que inventou Ferreira, etc… Funcionário do ‘promotorzinho’ que virou secretário. Coitado! Só cumpriu ordens. A corda sempre arrebenta no ladeo mais fraco.

  7. FEMOCLAM
    sábado, 16 de março de 2013 – 17:16 hs

    RASERA CONTE COM NOSSO APOIO SEMPRE TAMOS JUNTOS.

  8. FEMOCLAM
    sábado, 16 de março de 2013 – 17:17 hs

    RASERA CONTE COM NOSSO APOIO SEMPRE TAMOS JUNTOS. AVANTE COMPANHEIRO RASERA.

  9. Sidnei Belizário de Melo
    sábado, 16 de março de 2013 – 17:58 hs

    Meu Deus, que indiscrição da Justiça, aqui a pena e pelo lado pessoal, corporativismo puro, e a mesma pena para homicidas com crimes hediondos. Os Desembargadores devem rever isso, o recurso tem justificativa de ser.

  10. PLUTÃO
    sábado, 16 de março de 2013 – 18:28 hs

    Matar esquartejar e jogar os pedaços aos cães dá 22 anos de cadeia. Matar a namorada e jogá-la na represa da 20 anos. Grampear telefones dá 20 anos.
    Tem muita gente ai que vai ter que se cuidar, pois são habitues nesta façanha. Alias de alto coturno, com seus guardiões.
    Esse país é uma grande piada!!!

  11. BOZO
    sábado, 16 de março de 2013 – 20:12 hs

    A JUSTIÇA TÁ FICANDO MALUCA !!! ENTÃO MATAR É MAIS LEVE QUE FAZER UNS GRAMPOS ??? TÁ MEIO DESPROPORCIONAL E DESVALORIZADA A VIDA ???

  12. Anônimo
    sábado, 16 de março de 2013 – 20:56 hs

    NÃO SEI COMO AINDA NA FASE DA TERRA TEM GENTE QUE DEFENDE BANDIDO.

  13. sed lex
    sábado, 16 de março de 2013 – 20:58 hs

    COMO O REQUIÃO VAI SOBREVIVER SEM SEU ARAPONGA PREFERIDO?????

  14. Zé do povo
    sábado, 16 de março de 2013 – 21:31 hs

    Deviam prender quem ordenou os grampos. Só o braço executor não basta. Cadê a Maria Louca?

  15. Luis C. Break
    sábado, 16 de março de 2013 – 21:35 hs

    ele era da gestão de Requião que isto fique bem claro aos paranaenses.

  16. Che guevara
    domingo, 17 de março de 2013 – 0:17 hs

    E a dona justa ajustando os desajustados!!! Ou será os justos sendo desajeitados!!

  17. Presta.atenção
    domingo, 17 de março de 2013 – 3:52 hs

    Prepotência e falta de respeito com as outras pessoas inclusive com seus pares

  18. Barbudo
    domingo, 17 de março de 2013 – 7:31 hs

    Grampos …Foi a mando de quem ?

  19. Jão
    domingo, 17 de março de 2013 – 11:39 hs

    O judiciário tem mesmo que engrossar na aplicação das penas para desmotivar quaisquer, digo, quaisquer tipos de crime. Mas brasileiro é assim, sempre compara isso com aquilo… Pobre mentalidade tupiniquim. A certeza de impunidade é que motiva desrespeito às Leis.

  20. Maria Flor
    domingo, 17 de março de 2013 – 14:52 hs

    Isso é para pensar antes de sair bisbilhotando a vida alheia….

  21. Constanze Del Piero
    domingo, 17 de março de 2013 – 20:41 hs

    O cara mata, ou manda matar a amante, dá a carne pros cachorros, é condenado, mas já tá arrumando time pra jogar, pois vai sair dentro de pouco tempo.
    O outro, faz uma escutazinha aqui, outra ali, mexe só com político de grosso calibre, e pega vinte anos; se bobear, cumpre os vinte em regime fechado, incomunicável.
    Quem mandou mexer com cachorro grande…

  22. Kaaleb Mohamed
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 7:37 hs

    Que loucura. Como vai aquele caso do promotor e o filho policial que seqüestraram um traficante mexicano?O incêndio da PIC ? Os motores de Rio Branco do Sul?O promotor que ganhou uma caminhonete modelo BrazCal?E o aeroporto de Campo Largo?Se puxar uma das pontas,vem o cardume todo.
    Agora esse caso do policial condenado há 20 anos e 9 meses é um devaneio judiciário, como muitos ordenados pelos chefões aprovados em concursos duvidosos. Filhinho(a) de chefão pode escolher ser: Promotor,juiz ou dono de cartório.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*