Quem dá ordens neste país | Fábio Campana

Quem dá ordens
neste país

Do Carlos Brickmann:

1 ─ O pastor Marco Feliciano, indicado pelo PSC para presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara, é aquele que disse no Twitter que os africanos descendem de um ancestral “amaldiçoado por Noé” e que por isso a África enfrenta doença, fome e paganismo. Diz também que “o reto não foi feito para ser penetrado”, e que não é contra homossexuais, mas contra “o ato homossexual”. O PSC indica o presidente da Comissão de Direitos Humanos e o quer no cargo.

2 ─ O PMDB indicou João Magalhães para a presidência da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara Federal. Seus bens estão indisponíveis, por ordem da Justiça Federal, pela acusação de desvio de verbas. Veja no Google “João Magalhães”, “Operação João de Barro”, com 27 mil citações. É jogo bruto.


12 comentários

  1. CLOVIS PENA
    quinta-feira, 7 de março de 2013 – 17:57 hs

    O Sr. Carlos Brickmann aponta somente dois casos ?
    Afinal, o Maluf vai ou não vai viajar ?

  2. Marcos Santos
    quinta-feira, 7 de março de 2013 – 19:18 hs

    Campana, parabens por retirar aquele outro artigo que vc tinha postado ontem sobre o Feliciano, pois estava muito tendencioso. Este é bem mais ético. Um abraço

  3. Tanso
    quinta-feira, 7 de março de 2013 – 20:49 hs

    Esse é mais um pulha de tantos que pululam no congresso. Simplesmente elegem um que os representa. Não vai piorar o que é”impiorável”.

  4. GRANDE MESTRE...
    quinta-feira, 7 de março de 2013 – 21:38 hs

    ele não está certo???

  5. quinta-feira, 7 de março de 2013 – 23:08 hs

    Não é o pastor que diz isso…quem diz é a Bíblia Sagrada. Acredite quem quiser, afinal vivemos em um país livre, democrático e laico.
    Por isso ele tem direito de falar o que pensa e cada um acreditar e agir conforme a sua consciência permite.

  6. Heliton Santos
    sexta-feira, 8 de março de 2013 – 3:25 hs

    Qual a relação de África com negros? Isso sim é tendencioso, ou nao há brancos lá?
    Quanto ao Pr. Marco Feliciano, ele pertence a um país laico, que então deveria eleger somente quem nao tem nenhuma religião! Quanta hipocrisia, pois os homossexuais são os mais intolerantes, vejam, porque não aceitam só porque ele é evangélico? Vejam o outro lado da moeda.
    Além do mais, Pr. Marco Feliciano vai defender as minorias, Direitos Humanos, há algum povo mais perseguido que os evangélicos? (ou o fato de nao querer ele lá não é perseguição?)

    Bazinga!

  7. Carlos Popper
    sexta-feira, 8 de março de 2013 – 7:17 hs

    O Brasil avança cada dia rumo a idade média. Daqui a pouco estaremos queimando bruxas em praça pública e justificando esses desvairios com passagens bíblicas. Tudo em nome de Deus.

  8. Fabio
    sexta-feira, 8 de março de 2013 – 9:26 hs

    nao gosto muito desse cara por ser crente, e crente para mim e tudo ladrão gosta de pegar a grana das pessoas que estao sofrendo!!! Mas ele tem razao em certas coisas!

  9. Rodrigo
    sexta-feira, 8 de março de 2013 – 13:35 hs

    bíblia sagrada… eita ferro!! um livro montado, com os textos que a igreja original quis incluir, e com outras tantas centenas de evangelhos escondidos a sete chaves no vaticano, tem gente que tem a coragem de dizer que a bíblia sevre para impor ou determinar alguma coisa. um livro histórico que mostra os rudimentos do direito na época de moisés e que narra acontecimentos fantásticos e sem comprovoção. um livro que fala de um pequeno espaço geográfico localizado entre o rio tigre e eufrates, sobre uma pequeníssima parcela de uma rudimentar civilização.
    todos os outros livros sagrados de outras culturas, até mais antigas, são então mentira ou não devem ser levados em consideração?
    desde quando a bíblia deve ser parâmetro para impor comportamentos para um país que não tem religião oficial? desde quando religião deve ultrapassar os limites da intimidade, da esfera privada do indivíduo e pautar estados, governos??
    com a ascensão deste pastor de meia tigela à presidência da comissão de direitos humanos, o congresso dá 200 passos para trás.
    o que estes falsos cristãos querem é traze as trevas da idade média de volta. o que esses lunáticos querem é criar uma cultura de intolerância, ódio e violência.
    religião é coisa para consumo interno, na esfera íntima e individual.
    mas comovivemos numa democracia, todos os que acreditam em figuras nefastas como esse pastor, te o direito de serem enganados e vilipendiados em suas consciências, com a alma arrefecida por seguirem a bíblia e os “ensinamentos sagrados”.
    o jeito é inciar um grande movimento, militante pela causa da liberdade de consciência e contra a ditadura evangélica que está se instalando nesse país.

  10. CAROL - ´PARA "DEMOCRATICO"
    sexta-feira, 8 de março de 2013 – 13:48 hs

    Vamos falar então que devemos ser democráticos com Hitler afinal, ele tem todo direito de odiar negros e ,homossexuais, igual o pastor. Que tal mudarmos a nossa constituição? Que assegura que somos todos iguais? Afinal, todo mundo tem liberdade de decidir quem é igual. Que tal apagar toda a nossa história? Afinal, todo mundo é livre para inventar uma história para o Brasil.
    Isso não é democracia! E em que bíblia está escrito isso? Pq a minha única bíblia, meu querido, é a nossa muito suada, Constituição Brasileira.
    Democracia, liberdade e igualdade, não é você ter o direito de ser racista ou ofensivo. Democracia é a liberdade individual é decidir o destino do seu corpo e do seu país. Liberdade é você ser livre para ir para onde você quiser, como você quiser, livre para falar e agir sem ferir outras pessoas. Igualdade é você saber que todas as pessoas são exatamente iguais, e que julgar alguém pela cor da sua pele tem tanta lógica quanto julgar alguém pela cor do cabelo, que me julgar por gostar de falar alto é tão racional quanto me julgar por gostar de mulheres ou homens. E acima de tudo, respeito. Respeito é você compreender até que ponto vai a sua liberdade, é você ser capaz de compreender que você é livre e igual ao próximo, e justamente por ser livre exatamente como ele, um não deve prejudicar o outro de nenhuma forma. Respeito é você aceitar que na minha religião, gostamos de tomar o chá do santo daime, que na minha religião, acreditamos que falamos com espíritos, que na minha religião, Maria é uma santa. Que na minha religião, todos nós somos iguais, e nada nem ninguém poderá mudar isso.
    Pq está escrito na bíblia que somos todos iguais perante Deus, e nenhum de nós tem poder para julgar o outro. E independente de religião, todos nós temos um pacto com o nosso sangue latino, o sangue da união de todas “raças”. E independente de religião ou opção sexual, somos unidos por algo que está registrado no nosso corpo e história, somos unidos pelo Brasil. E aqui dentro, dentro do MEU país, ninguém poderá falar mal dos meus irmãos.
    Pq só quem é brasileiro de corpo e alma, sabe o que é amar o seu próximo tanto quanto é capaz de amar o seu filho e irmão.

  11. para Heliton Santos
    sexta-feira, 8 de março de 2013 – 17:29 hs

    sou mulher, branca, casada com um homem. E eu NÃO GOSTO DESSE DEPUTADO RACISTA E HOMOFÓBICO

  12. Joao
    sexta-feira, 8 de março de 2013 – 17:30 hs

    NÃO QUERO CRIMINOSO COMO LIDERANÇA NO MEU PAÍS!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*