Pesquisa mostra que 95% dos curitibanos gostam de viver na cidade | Fábio Campana

Pesquisa mostra que 95% dos curitibanos gostam de viver na cidade

Do G1 PR, com informações da RPC TV:

Um levantamento feito pela Paraná Pesquisa, entre sábado (23) e segunda-feira (25), mostra que o curitibano é feliz no lugar onde mora. Das 700 pessoas ouvidas, em diferentes regiões da cidade, 95% falaram que gostam de viver na capital paranaense que nesta sexta-feira (29), completou 320 anos.

Ao definir Curitiba em uma palavra, 43% das pessoas fizeram elogios. Boa, gostosa de morar, bela, maravilhosa. De acordo com o pesquisador Murilo Hidalgo, o resultado representa uma mudança, já que o rótulo de “fria” ficou para trás. “O problema da Curitiba fria, que não conhecia o vizinho acabou. Hoje, as pessoas gostam de viver aqui. Isso é uma coisa muito legal. As pessoas adoram viver em Curitiba”, afirmou Hidalgo.

A pesquisa encontrou duas Curitibas, com perfis bem diferentes. A do Centro é mais conservadora, apegada às tradições e tem saudade do tempo em que a cidade era mais tranquila e com menos habitante. Também existe a Curitiba dos bairros, mais progressista. É aquele morador que quer ver a região onde vive se desenvolver e não acha o crescimento um problema. Pelo contrário, acredita que pode trazer mais oportunidades e conforto.

Segundo os pesquisadores, a Curitiba conservadora foi maioria – 54% acham que a cidade deveria parar de crescer para as pessoas viverem bem. Por outro lado, 41% acham que não é preciso reduzir o ritmo de crescimento para preservar a qualidade de vida.
Mas, nem tudo é perfeito para as pessoas que participaram da pesquisa. Se pudessem mudar alguma coisa em Curitiba, 23% aumentariam a segurança. E a estimativa não é boa, segundo a pesquisa 71,14% dos entrevistados acreditam que a violência vai aumentar nos próximos dez anos.

Já para 14% dos curitibanos a saúde precisa melhorar. Neste aspecto a perspectiva é otimista, 40% consideram que a saúde pública vai melhorar na próxima década.

Quando se fala em trânsito, 8,8% querem que o tráfego fique menos estressante. Das 700 pessoas que responderam à pesquisa, 79,14% acham que o trânsito vai piorar nso próxmos anos. Uma das soluções, apontadas por 83% das pessoas, seria andar mais de ônibus.
Os curitibanos também estão pessimistas em relação à pobreza, sendo que 46,43% avaliam que os índices devem piorar.


14 comentários

  1. Marcus V. Braga Alves
    sábado, 30 de março de 2013 – 12:15 hs

    Somente 8,8% querem que o tráfego fique menos estressante? Se o trânsito piorar, vai parar de vez.

    Uma das soluções realmente seria andar mais de ônibus. Mas para isso precisariam investir pesado no transporte público.

    Há 14 anos atrás eu ia de ônibus para o trabalho. Hoje isso seria um desafio devido aos ônibus lotados.

  2. Canelas
    sábado, 30 de março de 2013 – 16:34 hs

    Estou na faixa dos 54% apesar de não me considerar conservador. Pra resolver o que vem por ai no trânsito, além de andar mais de ônibus, adotar a sugestão do Lubomir Ficinski de a cidade implantar um sistema de bondes, bonde moderno, menos barulhento, e mais barato e menos traumático de implantar que o metro.

  3. Rose
    sábado, 30 de março de 2013 – 17:50 hs

    Quem conhece outras cidades percebe o quanto Curitiba é organizada. Poderia ser melhor se tivessemos uma Prefeitura mais atuante. Tem bairros centrais sem calçamento, com buracos isso é triste. Também existe um certo preconceito quanto ao curitibano/a. Dizem que é um povo frio que não cumprimenta. Isso é uma grande mentira. Trabalhei em ambientes com pessoas de várias cidades e estados e os únicos que diziam “bom dia” ou “boa tarde”, ou “até amahã” eram os 3 curitibanos/as que também trabalhavam lá. Sem falar que as pessoas de fora que moram aqui só querem chuva. Faz um dia de sol e um não curitibano diz que precisa chover. E depois dizem que nosso clima é chovoso. Tem muito sol e calor aqui! Também os preços do imóveis estão impossíveis para o povo daqui poder morar na cidade. São valores acima de 4 mil o metro quadrado e imóveis comuns e não projetados para uma cidade de clima frio como aqui. Muito caro!! Estão expulsando os curitibanaos/as de Curitiba.

  4. Parreiras Rodrigues
    sábado, 30 de março de 2013 – 17:54 hs

    Enquanto isso, capcioso, o blogueiro Esmael Morais estampa as fotos de Beto Richa, do pastor Feliciano e do ministro Joaquim Barbosa. Diz que seriam os judas mais malhados, hoje, sábado de aleluia.

    Bem, o costume, a tradição de malhar o Judas, foi pro espaço. Mas mesmo assim, os comentaristas não foram na onda do dono do blogue. Petistas de alto coturno foram bem lembrados.

    Dá cada furo, o Esmael…

  5. Joel Sobrinho
    sábado, 30 de março de 2013 – 19:32 hs

    Interessante como a imprensa digo a RPC,que tem o monopólio da comunicação nesta Cidade,pois agora a Cidade é maravilhosa e em três mêses acabaram os problemas na Saúde incluindo a falta de Médicos, mesmo sem contratar um vivente,Transporte Coletivo,Trânsito e só continuam batendo na segurança,pois a mesma passou a ser responsabilidade exclusiva do Estado.Isto é uma pouca vergonha.

  6. Maria fuxiqueira CWBmacumbeira
    sábado, 30 de março de 2013 – 20:30 hs

    CURITIBA cidade modelo intrigante,de um povo as vezes carancudo,fechados,tentando aceitar o crescimento rápido ,do Pierogui dos poloneses com Vodka,do pinho,do leite quente ,do topete,dos preconceituoso e ignorantes,assim e CURITIBA ou você ama ou odeia ,como dizia uma jornalista carioca ela diz: os curitibanos são as putas virgens do Brasil,ja um famoso jornalista paulista disse: meu Deus CURITIBA e uma cidade para depressivos e bipolares,e assim vai continuando sendo esta cidade modelo,parabéns CURITIBA ,e bom e ruim viver aqui.

  7. esquecido
    sábado, 30 de março de 2013 – 23:00 hs

    ehhh. curioso. há seis meses a cidade estava uma bosta. trocaram até o prefeito, por outra bosta.
    curitiba é legal. o curitibano é que é um bosta

  8. Curitiba: triste e mesquiinha
    domingo, 31 de março de 2013 – 12:34 hs

    Curitiba é um lugar horroroso de pessoas tristes, arrogantes e prepotentes. O que precisa mudar é o perfil do Curitibano que transforma a cidade num lugar horrível.

  9. aldemir flores
    domingo, 31 de março de 2013 – 17:21 hs

    Capital, bem como o estado, é realmente um lugar ótimo para se viver. ” TE AMO MEU PARANÁ”.

  10. Ze Carlos
    domingo, 16 de junho de 2013 – 23:10 hs

    Moro em Maringá e aqui o transito está ficando terrível. Já está ruim, mas está piorando cada vez mais. Por isso vejam que, muito embora eu more em uma cidade do interior, eu não estou livre de um transito horrível. Além de que, os aluguéis aqui são caríssimos.

  11. Ronaldo Pereira
    terça-feira, 25 de março de 2014 – 14:01 hs

    Amo minha cidade, a charmosa Curitiba, e quando estamos fora damos valor mais ainda principalmente quando moremos fora como eu, Estou a 8 anos no interior do estado do Rio e não vendo a hora de voltar para a terra das capivaras e dos Pinheirais.

  12. Ronaldo Pereira
    terça-feira, 25 de março de 2014 – 14:05 hs

    Amo minha cidade, a charmosa Curitiba, e quando estamos fora damos valor mais ainda principalmente quando moramos fora como eu, Estou a 8 anos no interior do estado do Rio e não vendo a hora de voltar para a terra das capivaras e dos Pinheirais.

  13. Milena Costa
    sábado, 7 de novembro de 2015 – 14:18 hs

    Moro aqui em Curitiba e ODEIO esta cidade

  14. André Souza
    sexta-feira, 25 de outubro de 2019 – 7:50 hs

    Curitiba é uma cidade ok, mas provinciana, rascista e xenófoba, com um povo que se acha a última coca-cola do deserto, mas não passa, na melhor das hipóteses, de uma Guaraná Jesus.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*