Os números e os fatos | Fábio Campana

Os números e os fatos

Da Miriam Leitão, O Globo:

A economia brasileira está numa certa encrenca. O Banco Central admite que a inflação está alta e se acomodando num patamar mais elevado, mas demonstra ter limitações para fazer seu trabalho. Os juros foram politizados e a presidente está em campanha para a reeleição. O BNDES tem errado, persistido no erro e mesmo assim está convencido de que está certo.

A ata do Copom tem um parágrafo surrealista. O BC admite que a inflação está espalhada e resistente. Que a dinâmica é desfavorável, que o fenômeno pode não ser temporário e que a inflação pode se acomodar em patamar mais alto. Dito isso, a conclusão só pode ser elevação de juros, a ferramenta que se tem para lutar contra o problema. Mas ele conclui que a política monetária deve ser usada com cautela.

Em outro momento da ata o BC diz que trabalha com a hipótese de R$ 155,9 bilhões de superávit primário este ano e de 3,1% do PIB no ano que vem. Nesse ponto mostra um espantoso alheamento da realidade. Como todos viram, a Fazenda mudou tanto a fórmula das contas públicas que os indicadores perderam parte da consistência e, além disso, está dando sucessivos sinais de que o superávit primário será reduzido.

O próprio BC fez uma mudança de termômetro desconcertante. Quem for, daqui a alguns anos, ler as atas para alguma tese acadêmica ou à procura de uma série estatística, ficará confuso. Na ata de janeiro, está escrito que a inadimplência total tinha recuado de 5,9% para 5,8% e o calote das pessoas físicas tinha aumentado de 7,8% para 7,9%. Na ata seguinte, de março, milagrosamente a taxa geral ficou estável em 3,7% e a de pessoa física ficou estável em 5,5%.

Como assim a inadimplência caiu tanto de uma reunião para outra? Simples. O termômetro foi alterado. E por uma mera nota publicada pelo BC mudaram-se os critérios. O BC passou a misturar crédito livre, que envolve as operações comuns de mercado, com crédito direcionado, subsidiado pela Caixa, principalmente para financiamento imobiliário e crédito rural. Fez a inadimplência da pessoa física cair de 7,9% para 5,5%. Assim fica fácil.


20 comentários

  1. Sergio R.
    domingo, 17 de março de 2013 – 21:58 hs

    Logo vamos acordar argentinos com tanta manipulação de índices. Ou, apertem os cintos que o governo sumiu… Ou, é um pássaro, um avião? Não, só a inflação de roupinha vermelha.

  2. Silvajr
    domingo, 17 de março de 2013 – 22:49 hs

    A tentativa da imprensa brasileira de trazer o desalento ao povo brasileiro não é só patética, mas é, principalmente, uma traição ao Brasil. Escondida pela liberdade de imprensa, pela qual ela não moveu uma palha sequer, nos traz diuturnamente o desânimo e tenta por todos os meio acabar com a nossa autoestima. Essa gente ao longo dos séculos defendeu a escravidão e hoje defende um país para bem poucos, onde mais uma vez não somos considerados.

    A imprensa brasileira formou uma quadrilha onde esconde todas as falcatruas e malfeitos da oposição, da qual se tornou aliada e chefe. Quando foi lançado o livro A Privataria Tucana a mídia escondeu porque falava de Serra e sua quadrilha, mas destinou meses para cobertura do Mensalão do PT, demonstrando inequivocamente sua parcialidade e sua sede de voltar ao poder perdido para os governos de Lula e Dilma. Agora se preparam para atacar a Copa das Confederações e a Copa 2014 de Futebol. Fiquem certos que farão sabotagens e que cada evento terá reportagens negativas e tudo será debitado na conta da presidenta Dilma. Há uma grande esperança dessas forças retrógadas e escravagistas em vencer as eleições de 2014 por intermédio de acidentes nos estádios, podem colocar bombas para destruir arquibancadas e sabotar a rede de energia. Todo cuidado é pouco com esses nazistas.

  3. Deutsch
    domingo, 17 de março de 2013 – 23:17 hs

    Silva jr é o cara…imbecil, ignorante, totalmente parcial, cego e lunático.

  4. Carlos Popper
    domingo, 17 de março de 2013 – 23:36 hs

    Patético é o comentário do Sr. Silva. É de dar dó o desvario.

  5. valdir bassai
    domingo, 17 de março de 2013 – 23:54 hs

    O silvajr deve estar mamando nas tetas do governo para defender tanto essa corja.
    Melhor programa feito no Brasil nos ultimos tempos foi as privatizações, essa mesma que os mensaleiros petistas e seus apoiadores tanto criticaram e ainda criticam que a poste dilma esta fazendo, privatizando, aeroportos, portos, rodovias, apenas mudam o nome para concessão.

    silvajr aplicou seu fgts na petrobras? se aplicou ja sabe quanto perdeu? Sabe como está a situação da mina de ouro?

  6. sergio silvestre
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 0:09 hs

    Pelo teor do comentario,quem escreve com linguajar mal educado e voce alemão.O SilvaJR ao menos escreve só verdades.

  7. Kaio Orikazawa
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 6:59 hs

    Lendo o comentário do SiljaJr percebo que este é o exemplo mal-acabado do que esses manipuladores acreditam. Contam uma mentira tantas vezes até que eles próprios passem a acreditar nela. São os Goebbels do PT. Se houvesse toda essa teoria da conspiração envolvendo imprensa, empresariado e todos os demais conspiradores, o Lula nunca teria sido eleito. E ponto final.

  8. luiz
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 8:33 hs

    Ultimamente está difícil ler notícias , tem radical prá todo lado!
    Um aponta os nazista extraterrestres e já aparece um deutschland verbalizando, tudo e todos na adrenalina.
    Percebo que a grande queixa dos donos da mídia é o risco do governo implementar um projeto semelhante ao da Argentina, que diga-se de passagem foi aprovado pela ONU como razoável.
    Lá o Clarin conduzia as massas, sem novelas e sem BBB, aqui tem essa diferença. Difícil não concordar que os meios de comunicação no Brasil, prezam pela destruição da nossa cultura, vender cerveja, carro, endividamento nos bancos, etc e tal. Raros são os elogios, contra a hipnose coletiva do consumismo.
    A família brasileira tem que aceitar todo o tipo de abuso e é claro eles sabem que os coitados não tem opção, assistam porcarias ou desliguem…

  9. Do Interior....
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 9:01 hs

    O mal que acomete o povo brasileiro é o ocorre com o amigo do PT acima, o Sr. Silva Jr. Ou este cara é um lunático ou é pago para inserir seus pseudo comentários nos blogs.

    Ocorre que, no Brasil, não se fala mais no certo e no errado. Fala-se somente em “nós” e “eles”, “antes” e “depois”.

    Digo que cada governo fez coisas boas e ruins. O ruim deste governo que está aí reside na mentira, na falsidade e manipulação dos índices, igualzinho nossa vizinha argentina.

    O pessoal do PT ( não é nem da esquerda ) é muito bom em manipulação das massas, fazendo acreditar, falsamente, que é a pessoa e o partido do PT que prestam. O resto que é contra não!.

    Vi estes dias um documentário na TV sobre a vida de Hitler e é impressionante como a forma e as táticas de manipulação de pessoas que ele utilizou são parecidas com as do Lulla. Até acho que Lulla o imitou.

    A questão deste documentário é: como, Hitler, um lunático, arrebatou tanta gente para apoiá-lo na sua loucura, matando milhões de judeus e achar que estava fazendo o certo?

    A resposta está no poder de persuação. Hitler, dizia uma coisa e fazia outra, fazendo todos que o apoiavam pensar que estava certo. Isso porque a população (a grande massa) desconhecia a realidade porque era cega, acreditava no seu lider. Hitler era um grande lider, mas era um lunático e levrou muitos a seguir sua loucura.

    Então, caro Silva Jr. vc quer fazer parte desta história, como ocorreu no nazismo?

  10. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 9:15 hs

    SilvaJr já está achando culpados em ações terroristas futuras esquecendo-se que esse governo dele ai, é que é constituido de baderneiros, pois o movimento armado que existiu durante os anos de arbítrio tinha como objetivo maior, a implantação de uma nova Cuba no Brasil.
    Que culpa tem a Imprensa de levantar dúvidas, discussões a respeito do assassinato do Celso Daniel, da república pallociana de Ribeirão Preto, do mensalão, do caso Rose, dos gatunos que frequentam a sala, as ante-salas e os porões do Palácio do Planalto, de divulgar os índices que mostram as posições – vergonhosas, do Brasil, nas áreas da Saúde, da Educação, da Segurança, a maquiação de números e tantas badernagens outras?

  11. Antonio carlos
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 9:24 hs

    Deutsch, imbecil alemão tem prerrogativas em país de colonizado.
    Fala aí gênio !!!
    A articulista começa o texto dizendo que a nossa economia está numa certa encrenca. Fico pensando o que ela avalia das economias européias e americana.
    Ainda nem que aqui não é tanto!

  12. OCIMAR
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 9:31 hs

    DEPOIS QUE OS CORRÚ–PT–OS INVENTARAM A LAVAGEM CEREBRAL,COMEÇOU A APARECER AS SALETES OS SILVAJ E OUTROS COITADOS VÍTIMAS DA IGNORÂNCIA petista.

  13. Blauton
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 9:51 hs

    Dilma Chama o FHC pra te ensinar a controlar a inflaçao!!

  14. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 11:21 hs

    Caraio: Começar a semana com esse comentário do SilvaJr é de pelar o pescoço da gralha.

    E tem gente ai em riba que se dignou a respondê-lo.

    O mesmo que brigar com bêbado.

    Ou então, lembrando o que li:
    Discutir com lulopetista é o mesmo que jogar xadrez com um pombo. Ele esparrama as pedras, caga em cima do tabuleiro e sai arrulhando como quem ganhou a parada.

  15. Antonio Carlos
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 15:06 hs

    Parreiras Rodrigues vc deve estar certo,juntamente com uma meia dúzia de baba ovos que escrevem aqui.
    Só esqueceu de combinar com os 91% que aprovam o governo da Dilma.
    Aquele que vêem que estão melhores do que durante a gestão dos santos e probos do DEM e do PSDB.(Serdio Mota,mendonça de barros ,PHC,FHC,Demóstenes,ACM e outras cositas más.)

  16. Aline
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 16:36 hs

    É isto mesmo Parreira rodrigue, eles são CEGOS pela PAIXÃO.
    DEUS que nos livre destes IMBECIS.

  17. Deutsch
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 20:52 hs

    Me c@guei de tanto rir com os comentários de alguns idiotas. O time da turma aumenta; tem silva jr, antonio carlos, silvestri. Tudo em minúscula MESMO.
    Ah sim, tem tambem a campeã: salete.

  18. Silvajr
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 20:58 hs

    Incrível como os reacionários atacam a liberdade de expressão e pensamento com comentários violentos e preconceituosos. É a velha direita que ainda gostaria de voltar ao escravagismo e impor sua vontade, entendo que falta argumentação a essa gente e não resta outra alternativa a não ser tecer comentáriosmraivosos. Ainda bem que essa gente não elege mais ninguém, ficam barbos porque não conseguem mais fazer a cabeças de seus empregados, suas domésticas, suas diaristas, seus lavadores de carros, etc. Dá pena dessa gente arrogante.

  19. Silvajr
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 21:00 hs

    Brasil já é o segundo maior mercado de cartões do mundo

    O Brasil é o segundo maior mercado de cartões de crédito e débito do mundo em número de transações, só perdendo para os EUA, segundo estudo internacional da consultoria Capgemini.
    Com 20 bilhões de transações registradas em 2010, o país supera as 13,1 bilhões de operações somadas de todos os demais BRICs –Rússia, Índia e China. É maior individualmente do que potências eletrônicas como França, Reino Unido e Alemanha, que tiveram pouco mais de 16 bilhões de operações.
    Para Paulo Marcelo, vice-presidente da Capgemini, a relevância do Brasil nos pagamentos eletrônicos decorre da bancarização e do crescimento rápido do PIB nos últimos anos.
    “O Brasil já pode ser considerado um país maduro em termos de pagamentos eletrônicos, diferentemente de Rússia e China, onde a disseminação dos cartões é mais recente e que crescem em ritmo acima de 30% ao ano”, disse.
    No Brasil, o crescimento dos pagamentos eletrônicos foi de 8,9% em 2010, enquanto no mundo como um todo o ritmo foi de 7,1%. Nos EUA, a expansão foi de 3,4% e na Europa, de 4,9%.
    CELULARES
    Marcelo aposta que o próximo passo serão os pagamentos pelos celulares.
    No entanto, apenas 2,1% dos usuários de celulares usavam o aparelho para pagamentos em 2010, especialmente no Japão, onde a “carteira eletrônica” chegou 35 milhões de pessoas.
    “Com mais de um celular por habitante, o Brasil deverá se destacar também nesse meio de pagamento”, disse.
    Editoria de Arte/Folhapress

  20. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 21:31 hs

    Antonio Carlos: Ninguém está comentando resultados de eleições futuras.

    O casal de pelados da praça XIX de XII sabe que o petê é franco-favorito nas eleições de 2014 e quem, sabe, nas de 2018, de 2022.

    Lula, candidato, demonizava o Fome Zero, o Bolsa Família, o Vale Gás, as privatizações. O petê, contra o Plano Real, o Proer, a Lei de Responsabilidade Fiscal.

    E foram estes instrumentos que ele herdou, rebatizou e usa para cativar os 91 por cento, ditos por você.

    Você citou uns tucanos – sou pevê, adianto – suspeitos ou declaradamente envolvidos em maracutaias. A proporção, meu caro, é de cinco por um, para cada malaco tucano/dem sei lá o que mais, cinco do partido que se segura nas práticas sociais antes condenadas, nas cotas, no arreganhamento do crédito e no incentivo ao consumo.

    Quanto à comPeTência, tudo nos conformes, né? Educação, Saúde, Segurança, Infraestrutura e excelentes amizades com países onde a Dita Dura persiste, aliás, o que se pretende aqui, com a implantação em andamento, do Estado Totalitário.

    Eu, hein?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*